Home
  Nossa História
  Livraria
  Escolar
  Escritório
  Artesanato
  Fornecedores




Outros Fatos
Históricos

O PALADINO
O legado de um ideal continua - Revista Profissão Regional (Março/Abril/2014)
Saiba mais clicando na opção Nossa História no menu acima


  Atas EFC 1931/1972

  O Combate
Boletim EFC/1949


  Livro - 1926
Cinquentenário
De Estrela


  Informe Ecológico

  Selo comemorativo 90 anos - O Paladino

  Album dos Campeões
E.F.C. - 1950





ATAS ESTRELA F. C. - 1931/1972


ESTRELA FUTEBOL CLUBE
FRAGMENTOS DA SUA HISTÓRIA

ATAS (1931 – 1972)




NOTAS EXPLICATIVAS:

A reorganização destas Atas, que no seu conjunto somam 155, segue na ordem cronológica do original, em nosso poder.
É um fiel relato, ressalvada algumas lacunas existentes como nomes, palavras, datas, que não foram identificadas ou compreendidas em função da letra (escrita manual) dos diversos Secretários e Dirigentes que passaram pelo Clube.
Sempre cuidando em manter o texto original, e para não adivinhar algumas palavras ou citações, optamos em deixar em branco alguns espaços no texto revitalizado. Ficam os originais para futuras pesquisas e as devidas identificações.
Muito mais poderíamos historiar sobre o Estrela F.C. se, documentos, troféus, fotos, não tivessem sido extraviados, esquecidos ou negligenciados no decorrer destes anos.
Este precioso acervo que estamos digitalizando, tem a finalidade de torná-lo mais acessível a todos os interessados, bem como preservá-lo e difundir esta micro história, contribuindo assim com a identidade cultural e esportiva de nossa terra.

Estrela, setembro de 2010.

Luiz Roque Schwertner




Digitalizado por: Suzara Cardoso
Reescrito por: Milton Tenn-Pass









ATA Nº 01 - FUNDAÇÃO DO ESTRELLA FOOT-BALL CLUB


Aos dezesseis dias do mês de novembro do ano de 1931, reunido um grupo de entusiastas em número de 38, todos inclusos nas assinaturas abaixo, no Bar Elite, nesta Villa de Estrella, foi resolvido a fundação de uma Sociedade para o cultivo do Sport Bretão.
Sendo convidado para presidir a reunião, o esforçado desportista, Sr. Ary Brack, deu este por aberta a mesma.
Tendo em seguida posto em votação, o nome que seria dado ao Club, tendo sido escolhido por maioria de votos, o de Estrella F.B.C.
A seguir foi proposto pelo mesmo senhor, a aclamação da Diretoria seguinte, cujos nomes foram ovacionados com uma calorosa salva de palmas:
PRESIDENTE: Pedro L. Morschbäcker
VICE-PRESIDENTE: José Massing
1º TESOUREIRO: Oscar Noll
2º TESOUREIRO: Otto Stürmer
1º SECRETÁRIO: Aristarco Brasil
2º SECRETÁRIO: José Gravina
CAPITÃO GERAL: Osmar Mallmann
1º ORADOR: Waldemar Jaeger
2º ORADOR: Ary Brack
1º GUARDA-ESPORTE: Aloysio Schwertner
2º GUARDA-ESPORTE: Ervino Schneider
PORTA ESTANDARTE: Alcides Schwanbach........
A Diretoria assim foi eleita pelo prazo de um ano, cujo mandato termina em 15 de novembro de 1932.
Independente desta Diretoria, foi nomeada uma Comissão Elaboradora dos Estatutos, que foi constituída dos seguintes cavalheiros: Arthur Buckmann, Romualdo Schardong, Licerio Barcelos, Ary Back, Aristarco Brasil, José Massing e Odilon Porto. Quanto a Comissão de Contas dos senhores: Arthur Buckmann, Romualdo Schardong e Rodolfo M. Rath.
Tendo em seguida resolvido em registro mais o seguinte:
CORES: Por proposta do Sr. Rodolfo M. Rath e aceito, foi resolvido para ficarem a cargo do presidente, a escolha das cores do Clube, de acordo com os fardamentos que o mesmo escolheria em sua próxima ida a Porto Alegre.
CAMPO: Os jogadores do Estrella F.B.C jogavam no campo de propriedade do Sr. Albino Leonhard, situado no Bairro Oriental, nesta Villa de acordo com a proposta desse proprietário, o Clube pagaria adiantamento de 20$000 mensais de aluguel.
SÓCIOS: De acordo com a Resolução Geral de todos os presentes, serão considerados Sócios Fundadores todos os que firmam a presente, ficando a mesma em aberto até o fim do corrente ano. Todos os demais que se inscreverem, após esta data, perderão o direito ao título de Fundadores.
JOIAS PARA SÓCIOS FUNDADORES: Ficou resolvido mais que os Sócios Fundadores contribuirão com a importância de 10$000, no ato da assinatura da proposta. Os demais contribuirão com a joia de 15$000.
MENSALIDADES: Será cobrada a razão de 2$000 ficando isentos dessa mensalidade, os jogadores escalados nos 1ºs e 2ºs quadros, uma vez que o Club conte com mais de 100 associados.
PROPOSTAS DE NOVOS SÓCIOS: As propostas deverão vir acompanhadas da importância da joia, sendo aceitação resolvida em sessão da Diretoria.
SESSÕES: Realizará o Estrella Foot Ball Club duas sessões a mais de Assembleia Geral Ordinária, sendo dia e local, previamente indicado pela Diretoria.
Funcionará essa Assembléia com a presença de 30 associados e em caso de segunda convocação com qualquer número.
Nada mais havendo ser deliberada, deu o Sr. Presidente por encerrada a Sessão.
Eu, Aristarco Brasil, 1º Secretário, lavrei a presente Ata que vale por todas as assinaturas.

Aristarco Brasil - 1º Secretário























ATA Nº 02 - SESSÃO DE ASSEMBLEIA GERAL


Aos cinco dias do mês de setembro do ano de mil novecentos e trinta e dois, reuniu-se em Sessão de Assembleia Geral, os sócios do Estrella Foot Ball Club, às 20 horas em uma sala do Café Elite de proprietário do Sr. Max Bentz .
Foi aberta a sessão, pelo Presidente, Sr. Pedro Morschbächer, o qual usando da palavra, explicou os motivos da reunião, passando em seguida a palavra ao Sócio Ary Brack, que este tinha diversas propostas de novos sócios que são os seguintes: Pedro Lakus..........., Alberto Dexheimer, Bruno Schwertner, Anselmo Ohweiler, Waldemar Jaeger, Alberto Pschichhoolz, Fritz Droll, Alberto Schardong, José Manuel Porto, Emilio F.Stein, Augusto A. Sulzbach, Alberto Ribeiro Pontes, Octacílio Pires da Rosa, Fridold Eidelwein, Fritz Rakowsky, Miguel Ruschel, Roberto Stangler, Ivo Mallmann, Jacy......... Ribeiro, Trajano de Castro, Felipe Simon, que postas em votação, foram todos aceitos por unanimidade de votos.
Em seguida foi resolvido que todo aquele que contribuir em uma das listas, que estamos angariando donativos para a construção de um campo, com uma importância superior a 200$000, poderá ser considerado sócio, ficando isento da jóia.
Com administração do Sr. Presidente foi consultada a Diretoria, digo, a Assembléia Geral, a Diretoria devia continuar com o campo do Sr. Albino Leonhard, a fim dos sócios poderem continuar seus treinos, ficando resolvido por todos os presentes, ficando provisoriamente alugado aquele campo, até ficar pronto o novo campo.
Logo após, o Sr. Presidente começou a por em votação a nova Diretoria que irá reger os destinos do Estrella F.B.C, durante um ano, que ficou assim constituída:
PRESIDENTE: Ary Back
VICE-PRESIDENTE: Pedro Mörschbacker
SECRETÁRIO: José Manuel Porto
TESOUREIRO: Edgar Müller
CAPITÃO GERAL: Odilon Porto
GUARDA-ESPORTE: Adelino Enger
CONSELHO FISCAL: Carlos Gauer
Waldemar Jaeger
Rodolfo M. Rath
VOCAIS: Willy Müller
Alfredo Mayer
José Gravina
Max Bentz
Orestes Paganelli
Euclides Azambuja.
Em seguida foi aclamado por unanimidade de votos, para orador da Sociedade, o Sr. Antonio Cardoso, tendo este aceito.
Nada mais havendo a tratar, deu o Sr. Presidente por encerrada a sessão, convidando os presentes para o engrandecimento do Club. Eu, Aristarco Brasil, 1º Secretário, escrevi e com os demais presentes.
Ary Brack
Pedro Mörschbacker
Odilon Porto
Euclides Azambuja
José Gravina
Alfredo Mayer
................................................
Willy Müller
Orestes Paganelli
..........................................
Antônio Cardoso
Max Bentz.














ATA Nº 03 - DA SESSÃO DA DIRETORIA DO
ESTRELLA FOOT-BALL CLUB


Aos dezenove dias do mês de setembro de mil novecentos e trinta e dois, às vinte horas, numa das salas do Café “Elite”, nesta Vila, reuniu-se a Diretoria do Estrella Foot-Ball Club, a fim de tratar de assuntos que seriam de economia interna do Club. Aberta a sessão pelo respectivo Presidente, Sr. Ary Brack, por este foi explicado os fins desta reunião e submetido à apreciação dos presentes um croqui do campo de desporto, hora em construção, seguida de ampla e detalhada exposição sobre o mesmo. Ato contínuo, o Sr. Presidente leu a cópia do ofício então dirigido ao “Esporte Clube Guarani”, de Venâncio Aires, em resposta ao que este havia enviado ao “Estrella Foot-Ball Club”, manifestando o desejo de não alterar as nossas relações esportivas, apesar mesmo das ocorrências ali verificadas, quando foi ter um torneio entre esses dois clubes. Nessa resposta o “Estrella”, houve por bem aceitar as explicações do “Guarani”, após ligeiras referências em torno do caso, que feriu de cheio em virtude de um manifesto d
esses em também manter inalteráveis as nossas relações desportivas com aquele clube.
Leu ainda o Sr. Presidente um ofício que o Clube deveria enviar ao Sr. Prefeito do Município, segurando que a Prefeitura concordasse nivelar o terreno do Clube, assendado a fim de que nele se construísse a praça desportiva de que necessita o “Estrella Foot-Ball Club”. Ambos esses documentos mereceram a aprovação dos demais membros de diretoria ali presentes e que são, além do seu Presidente, os seguintes : Pedro Mörschbäcker, Edgar Müller, Willy Müller, Carlito Gauer, Odilon Porto, Antonio Cardoso, Adelino Enger, Max Bentz, Valdemar Jaeger e José Manuel Porto. Em seguida, foram lidas e, por unanimidade aprovadas, as propostas para sócios contendo os seguintes nomes: Emílio Tietzmann, Francisco Ruschel, Edemar J. Thiesen, Antonio Hartmann, Gustavo Hortz, José Schwertner, Osmar V. Barcelos. Em virtude da necessidade que tem o Sr. Presidente de se retirar alguns dias desta Villa, designou ele, com aprovação dos presentes, uma comissão composta dos Srs. Carlito Gauer, Odilon Porto e Max Bentz para, enquanto
durar a sua ausência, dirigir e fiscalizar as obras do campo, hora em andamento. Esses membros, aceitaram a incumbência e prometeram se esforçar. Nada mais havendo a se tratar, eu, José Manoel Porto, por deliberação do Sr. Presidente, lavrei a presente Ata, que com o mesmo assino.

Ary P.Brack José Manoel Porto
Presidente Secretário






















ATA Nº 04 - DA SESSÃO DA DIRETORIA DO
ESTRELLA FOOT-BALL CLUB


Aos cinco dias do mês de dezembro de mil novecentos e trinta e dois, numa das salas do Café “Elite” reuniu-se a Diretoria do Estrella Foot-Ball Club, sob a presidência do Sr. Ary Brack e com a presença dos seguintes membros: Pedro Mörschbäcker, Carlos Gauer, Valdemar Jaeger, Edgar Müller, Orestes Paganelli, Alfredo Mayer, Rudi Rath, Max Bentz e José Gravina. Aberta a sessão pelo Sr. Presidente, foram ventilados diversos assuntos que interessam a sociedade e que se resumem nas seguintes pautas:
1º) Firmar-se duas vezes por semana, isto é, domingos e quartas-feiras, sobre deliberação em contrário, quando tratar-se de assuntos de suma importância, no momento, como casos de match, etc, que poderão alterar ocasionalmente a presente resolução.
2º) A instituição de um livro ponto para regular o comparecimento dos jogadores em campo nas ocasiões de treinos aos quais não poderão faltar até três, durante o mês. Os jogadores que infringirem as ocupações deste item, ficam sujeitos ao pagamento da mensalidade correspondente ao mês que cometeram a falta. Os elementos do que trata o presente item, deverão ser registrados em livro separado, obedecendo, assim, a respectiva classificação. A Diretoria resolveu incumbir os sócios Pedro Mörschbäcker e Alfredo Mayer para servirem de apontadores, dada a boa vontade, dedicação e zelo que sempre colocaram ao nosso Clube.
3º) Conceder isenção de pagamento da jóia, por serviços prestados, ao cobrador das importantes subscritas em benefício do campo de desportos.
4º) Ofício do “Sport Club Corvense”, convidando a comparecer em nosso campo para a realização de uma partida amistosa, no próximo dia 11 do corrente (domingo), e bem como excursionar em Arroio do Meio, dia 18, com o mesmo objetivo.
5º) Aceitar-se como sócios, os seguintes nomes, que foram apresentados pelo Sr. Presidente e que assinaram as propostas respectivas: Antonio F. Werlang, Leopoldo Seibel, João Antonio Porto e Armindo E. Gerhardt.
6º) Aceitar a proposta do Sr. Alberto Person, para o fornecimento de tela de arame à razão de 3$000 o metro, a fim de se cercar uma parte do campo.
Todos esses assuntos foram resolvidos com a aprovação da Diretoria. Em seguida, o Sr. Presidente propôs que se registrasse em Ata a magnífica impressão deixada em nossos meios esportivos pelo “Encantado Foot-Ball Club” quando foi da sua última visita à nossa Villa, as quais nos causam sempre intenso júbilo, uma visita de cavalheirismo e perfeita educação esportiva. Essa proposta foi aprovada por vibrantes salva de palmas. Após, tratou-se de diversos assuntos referentes as obras do campo.
O Sr. Presidente encerrou a sessão e mandou que se lavrasse a presente Ata, feita por mim, José Manuel Porto, Secretário do Estrella Foot-Ball Club.


José Manuel Porto
Secretário














ATA Nº 05 - DA SESSÃO DE DIRETORIA DO ESTRELLA FOOT-BALL CLUB


A primeiro de março do ano de mil novecentos e trinta e três, numa das salas do Café “Elite”, reuniu-se a Diretoria do Estrella Foot Ball Club, sob a presidência do Sr. Ary P.Brack e com a presença dos seguintes membros: Odilon Porto, Rudi Rath, Euclides Azambuja, Pedro Mörschbäcker. Aberta a sessão pelo Sr. Presidente, foi por este explicado os fins desta reunião, que se resumem nos seguintes pontos, todos aprovados pelos membros presentes:
1º) Fixar em 02 de abril próximo futuro, a data de inauguração do novo campo, realizando uma partida de futebol à tarde e basquete à noite, na cancha da Sociedade Ginástica local.
2º) Convidar o Sport Club Americano da cidade de Santa Cruz para a partida de futebol acima, com as suas equipes, oferecendo-lhes 200$000 em dinheiro e mais as despesas de hospedagem aqui.
3º) Convidar a turma do Basket do Club Sportivo Lajeadense, de Lajeado, para em nosso benefício, jogar à noite, com a turma da Sociedade Ginástica local.
4º) Publicar no “O Paladino” o programa e convite para essa festa, assim que estiver firmada a vinda do quadro de Santa Cruz, ou outro, na falta deste. Nessa ocasião, confeccionar também programas completos e difundí-los nas localidades vizinhas.
5º) Autorizar o Sr. Presidente a adquirir um terno de camisetas de algodão mercerizado (artigo bom), sendo 12 nas cores azul e branco em listas verticais e estreitas, e uma para goal; bem assim como uma bola estrangeira, de preferência “Olímpia” ou “Olimpic”.
6º) Executar em 02 de abril próximo, em linhas gerais o seguinte programa: a) Recepção no passo da Villa às missões visitantes; b) Às 14 horas, realização do jogo secundário e às 16 horas, do jogo principal; c) Às 20.30 horas partida de basquete com 1ºs e 2ºs quadros; d) Com início pela manhã, disputas de prêmios, por cartões, em jogos de bolão, com 2 canchas, tenda com frios, etc. etc. (sendo modificáveis esses particulares, atendendo às conveniências);
7º) Cobrar as entradas a razão de 2$000.
8º) Transferir o cargo de guarda de esporte do diretor Adelino Enger, para o diretor Alfredo Mayer, a qual será coadivado pelo diretor Orestes Paganelli.
9º) Foi proposto pelo Sr. Presidente que se registrasse em Ata, o nobre gesto do Sr. Mathias Ruschel Sobrinho, o qual abriu mão de seus direitos, quanto a exploração da copa, em nosso favor, obtendo assim, o Clube, um estimável meio de renda para o dia da festa.
Nada mais havendo sido deliberado, deu o Sr. Presidente por encerrada a Sessão, e mandou que se lavrasse a presente Ata.
Aprovada em Sessão de Diretoria de 07 de março de 1933.


Ary Brack
Presidente

....................
Secretário













ATA Nº 06 - DA SESSÃO DE DIRETORIA DO
ESTRELLA FOOT-BALL CLUB


Aos sete dias do mês de março do ano de mil novecentos e trinta e três, às vinte e uma horas, numa das salas do Café “Elite”, nesta Villa, reuniu-se a Diretoria do Estrella Foot-Ball Club, sob a presidência do Sr. Ary Brack, com a presença dos seguintes membros: Euclydes Azambuja, Waldemar Jaeger, Alfredo Mayer, Orestes Paganelli, Max Bentz e José Gravina. Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, foram tratados diversos assuntos de interesse do Club e que se resumem nos seguintes pontos:
OFÍCIOS: Foi tomado conhecimento dos ofícios que nos foram dirigidos pelo Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense de Porto Alegre e do Sport Club Juventude, de Caxias, comunicando a posse de suas diretorias para os destinos sociais de 1933.
SÓCIOS: Foram lidas e unanimentes aprovadas as novas propostas para sócios, contendo os seguintes nomes: Albano Vier, Ermim Jacobs, Guilherme Siepmann, Ervino Schneider e Arno Müssnich.
CONSTRUÇÃO: Por proposta do Sr. Presidente foi resolvido a construção de um chalet roupeiro, no campo, bem assim como o fornecimento de material para a construção de grades guarnecedores das vidraças, do moinho do Sr. Ruschel Irmão.
VICE-PRESIDENTE: Tomado conhecimento do ofício do Sr. Pedro Möerschbäcker, pedindo a sua demissão deste Clube, por motivo de transferência de residência, foi resolvido não lhe conceder a demissão, mas sim considerá-lo sócio licenciado por tempo indeterminado. Para exercer as funções de Vice-Presidente foi proposto o Sr. Max Bentz. Essa proposta foi aprovada por vibrante salva de palmas.
DIRETORIA: Ficou acertado fazer parte integrante da Diretoria deste Clube, o Sr. Antonio Cardoso, sócio mais votado em Assembléia Geral.
CAPITÃO: Durante o impedimento do Capitão Geral, se encarregará do treinamento dos quadros, o Diretor Waldemar Jaeger.
MATCH: Acordando ao convite do Sport Club Rio Branco, será jogada no dia 19/03/1933, uma partida amistosa em Arroio Augusta.
Todos esses assuntos foram resolvidos com a aprovação dos membros presentes.
Nada mais havendo ser deliberado, deu o Sr. Presidente por encerrada a Sessão, mandando que se lavrasse a presente Ata.
Aprovada por unanimidade em Sessão Ordinária de Diretoria à 27 de março de 1933.


Ary Brack
Presidente

.....................
p/Secretário















ATA Nº 07 - SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA DIRETORIA


Aos trinta dias do mês de março de mil novecentos e trinta e três, por convocação do Sr. Presidente, reuniu-se em Sessão Extraordinária, no andar térreo da Sociedade Ginástica local, a Diretoria do Estrella Foot-Ball Club, com a presença dos Diretores Ary P. Brack, Max Bentz, Alfredo Mayer, Orestes Paganelli, Waldemar Jaeger, para tomarem conhecimento de um ato de indisciplina e desrespeito as resoluções desta Diretoria praticada pelo sócio Sr. Otto Stürmer. Após esplanada e discutida foi por unanimidade tomada a resolução de eliminar o dito sócio de seu rol social, após consulta e consequente homologação dos demais diretores não presentes. Sem voto em contrário, deliberou, posteriormente, a Diretoria eliminar dito sócio, para o que lhe foi dirigido um ofício como segue: - Em vista de sua atitude já muito reparada por ocasião de nossa partida contra o “Corvo” e que por camaradagem foi relevada, repetida ontem com seu gesto de indisciplina e desrespeito aos atos desta Diretoria, resolveu a mesma em S
essão Extraordinária eliminá-lo de seu quadro social vedando-lhe para todos os efeitos, a entrada em seu campo de esportes.
Nada mais havendo a tratar, deu o Sr. Presidente por encerrada a presente Sessão Extraordinária desta Diretoria, em 13/03/1933.

Pelo Secretário: José Manuel Porto.
Odilon Porto

Presidente: Ary P. Brack

Aprovada em 21 de março de 1933.













ATA Nº 08 - SESSÃO ORDINÁRIA DE DIRETORIA EM
21 DE MARÇO DE 1933.


Às vinte e uma horas, na sala do Café “Elite”, presentes os Srs. Ary Brack, José Gravina, Odilon Porto, Orestes Paganelli, Alfredo Mayer, Max Bentz, Waldemar Jaeger e Carlos W.Müller, foi pelo Sr. Presidente declarada aberta a presente Sessão, passando-se em seguida a ordem do dia, após aprovada a Ata anterior.
1) Foi deliberado ser resolvido na próxima Sessão à realizar-se a três de abril próximo vindouro, a participação ou não do “Estrella Foot-Ball Club”, no torneio instituído e promovido pelo Club Sportivo Lajeadense.
2) Deliberar a Diretoria dirigir convites especiais aos Srs. Augusto F.Markus, Prefeito Municipal, Helmuth Fett, Edmundo A.Steir e André M.Mallmann, membros do Conselho Consultivo, Eugenio Ruschel, Sub-Prefeito e Otto Schneider, Capataz Municipal, pelos relevantes serviços prestados ao Estrella Foot-Ball Club, na construção do seu campo. Dirigir mais convites aos Srs. Tte.......... da Rosa Brasil, Delegado de Polícia e Major Luiz Guedes da Fontoura, Juiz Distrital deste Forum para a festa de inauguração do novo campo à realizar-se em 02 de abril entrante.
3) Para melhor desempenho ficam distribuídos os encargos para a Festa Inaugural de 02/04, na seguinte ordem:
a) BILHETERIA: Edgar Müller, Tesoureiro, auxiliado pelo cobrador R. Spalding.
b) COPA: Max Bentz, Diretor, com poderes para escolher seus auxiliares.
c) CANCHAS DE BOLÃO: Carlos Gauer, Willy Müller e Waldemar Jaeger, Diretores.
d) METRALHA: Alfredo Mayer, Diretor
e) COMISSÃO DE ORDEM: Orestes Paganelli, Emelydes Azambuja, Adelino Enger, Odilon Porto e José Manuel Porto.
f) DIREÇÃO GERAL: Ary P. Brack.
4) Por indicação do Sr. Presidente foram nomeados os Sr. Alfredo Mayer e Orestes Paganelli, auxiliados pelo cobrador, Sr. Raul Spalding, foram nomeados para a direção e fiscalização da Bilheteria e Portões para a partida de Baskete, à realizar-se em 01 de abril, entre os quadros do Club Sportivo Lajeadense e Sociedade Ginástica local.
5) Agradeceu ao atencioso convite do Sport Club Concórdia de Roca Sales, convidando esta Diretoria para a Festa Campestre que realizará a 26 do corrente.
Nada mais havendo a tratar encerrou, o Presidente, a Sessão da qual lavrou a presente Ata.

Pelo Secretário : José Manuel Porto
Odilon Porto.

Presidente : Ary P. Brack














ATA Nº 09 - SESSÃO ORDINÁRIA DE DIRETORIA.


Aos três dias do mês de abril de mil novecentos e trinta e três, presentes os Srs. Ary P.Brack, Odilon Porto, Carlos Gauer, Edgar Müller, Antonio Cardoso, José Gravina, Max Bentz, Euclydes Azambuja e Carlos W.Müller, deu o Sr. Presidente por aberta a presente Sessão.
Lida pelo Sr. Secretário, a Ata da Sessão anterior, foi a mesma aprovada por unanimidade, passando-se a seguir a ordem do dia.
TORNEIO EM LAJEADO: Ficou deliberado de que o Estrella Foot-Ball Club, concorra ao dito torneio, dando ciência dessa resolução ao Club Sportivo Lajeadense, por ofício, que terá o nº 21.
PRESTAÇÃO DE CONTAS: Pelo Sr. Tesoureiro, foi apresentado à Diretoria, sua prestação de contas, sobre o movimento verificado na festa inaugural efetivada em data de ontem, verificando-se apreciável saldo para os cofres sociais, e que após examinados foram aprovados.
Nada mais havendo a tratar, foi pelo Sr. Presidente, encerrada a Sessão a qual lavrou a presente Ata, que depois de sua lida, foi por todos aprovada, pelos secretários José Manuel Porto e Odilon Porto.


Ary P. Brack – Presidente.















ATA Nº 10 - DA SESSÃO DE DIRETORIA DO ESTRELLA FOOT-BALL CLUB.

Aos vinte e quatro dias do mês de abril de mil novecentos e trinta e três, numa das salas do Café “Elite”, reuniu-se a Diretoria do Estrella Foot-Ball Club, sob a presidência do Sr. Ary Brack e com a presença dos seguintes membros : Max Bentz, Edgar Müller, José Gravina, Carlos Gauer e Odilon Porto. Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, apresentado um telegrama do Americano Foot-Ball Club, de Santa Cruz, nos seguintes termos: “Convidamos dois quadros co-irmão partida aqui, dia 23, mesmas condições nossa ida.” Após discussão, ficou deliberado, respondêssemos nos seguintes termos: “Lamentamos impossibilidade ida corrente mês, devido torneio Lajeado e outros fatores, avisamos antecedência, quando condições ir”. Foi também tomado conhecimento do telegrama do “Conde D’Eu”, de Garibaldi, convidando para uma partida amistosa, tendo sido respondido, nestes termos: “Impossível, comprometidos 23 Lajeado, após Santa Cruz. Seguirá carta.” De acordo com os dizeres do telegrama acima, dirigiu-se uma carta, ao referido
Club, na qual propomos jogar 2 partidas, uma lá e outra cá, ou vice-versa, sendo que o visitado contribuiria para com o visitante com 500$000 ou 350$000, para dois ou um quadro respectivamente. Em seguida, foram lidas e novamente aprovadas as propostas para novos sócios, contendo os seguintes nomes: Ernestino L. Lautert, Alvicio Fauth, Felisberto Moraes, Luiz I. Müssnich, Alfonso Ruschel, Rubem Lauer, Gomercildo dos Santos Rocha, Henrique Schmidt, Carlos Adão Diefenthaler, Reinaldo Schwanbach, Darcy Azeredo, Lauro José Heisler, Gentil G. Mariante, Arnildo Schon Horst.
Nada mais havendo a tratar, deu o Sr. Presidente por encerrada a Sessão, e mandou que se lavrasse a presente Ata.

Pelo Secretário – José Manuel Porto.
ATA Nº 11 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos três dias do mês de junho de mil novecentos e trinta e três, presentes os membros da Diretoria, Srs. Ary Pedro Brack, Edgar Müller, Odilon Porto, José Gravina, Alfredo Maya e Orestes Paganelli.
O Sr. Presidente declarou aberta a Sessão e explicou aos presentes, os fins da sua convocação, submetendo diversos assuntos à apreciação dos presentes, sendo resolvido o seguinte:
1) Admissão dos sócios anteriormente proposto: Adelino Zimmermann, ............................, Namur Neri e Mario Schwertner.
2) Que se oficializasse ao Encantado Foot-Ball Club e ao Concórdia de Roca Sales, convidando-os para disputarem em nosso campo, respectivamente, nos dias 18 e 04 do corrente com o Estrella Foot-Ball Club, duas partidas amistosas.
3) Que se conceda licença, digo, que se concedesse licenciado o sócio Luiz Zimmermann Filho, por haver transferido sua residência para outro município, conforme o mencionou.
4) Aceitar-se a renúncia do atual Capitão-Geral dos quadros, Sr. Odilon Porto, pelos motivos apresentados e investir-se dessas funções o Sr. Licerio Barcelos. Essas resoluções foram tomadas por unanimidade dos membros presentes.
Nada mais havendo a se tratar, o Sr. Presidente declarou encerrados os trabalhos e mandou que se lavrasse a presente Ata.
Eu, José Manuel Porto, Secretário, a escrevo e assino.

José Manuel Porto
Secretário












ATA Nº 12 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos treze dias do mês de junho de mil novecentos e trinta e três, na sala das Sessões do Estrella Foot-Ball Club, presentes os membros da Diretoria, Ary Pedro Brack, Antonio Cardoso, Rudi Rath, Alfredo Mayer, Licerio Barcelos, Odilon Porto, Valdemar Jaeger e José Manuel Porto. O Sr. Ary Brack, presidente do Clube, deu início aos trabalhos, submetendo ao julgamento dos presentes, um projeto dos Estatutos da Liga de Foot-Ball Alto Taquari, em vias de organização. Lido que foi esse trabalho, pelo Sr. Presidente, os membros presentes da Diretoria, ofereceram as seguintes sugestões: Cap.3º - Art. 14 – Ler ao Conselho Deliberativo da Liga, não fizesse parte nenhum dos membros da sua Diretoria, principalmente o seu presidente. Art. 16 – Com motivo plenamente justificado, o Clube não deve ser o responsável pelo não comparecimento de seu representante a três sessões do Conselho Deliberativo. Art. 13 – Os representantes dos Clubes respectivos, ao Conselho Deliberativo, devem ser elementos das localidades, não po
dendo delegar poderes a colegas de outros clubes com assunto no Conselho. Cap. 7 – Art. 53 – Os juízes devem ser escalados pela Diretoria da Liga e não pelo Presidente, exclusivamente. Cap.10º - Art. 72 – Isenção de qualquer responsabilidade, quando o desacato ao fiscal se verificar fora do exercício de suas funções, ou seja, do campo. (Ao Art. 76 – Idem). Art. 73 – A função do Fiscal não deve recair na pessoa do Presidente, como também na de qualquer membro da Diretoria. Cap. 13 – Art. 98 – A Sede da Liga deve ser estabelecida por uma fórmula mais conciliadora e menos ditatorial. Art. 104 – A reforma dos Estatutos poderá ser feita só em sessão, para isso realizada, a maioria dos representantes dos Clubes, assim se pronunciar.
Foi ainda sugerido que se devia listar o número de juízes e bem como estabelecer um estágio para a inscrição de jogadores. Na presente Sessão, foi ainda resolvido o seguinte:
1º) Que se não deve coinsitir na pretendida oficialização da partida de domingo com o Encantado Foot-Ball Club, por isso que o convite foi dirigido para uma disputa amistosa.
2º) Que o Presidente se encarregasse da janta de domingo aos membros da Missão do Encantado, resolvendo como melhor entendesse e bem como da impressão dos programas esportivos, até mil.
3º) Que deveria auxiliar a Igreja local com apenas 20% da renda bruta da partida de domingo com o Encantado; em vista de um pedido feito do Presidente do Club, Sr. Ary Brack.
4º) Aprovação da classificação dos nossos associados conforme trabalho também do nosso presidente.
5º) Leu os preços nas entradas para match futuros, fosse ou 2$000 e 1$000 mil reis.
6º) Leu se propusesse à Liga, a uniformidade de preços ou entradas para partidas oficiais, esclarecendo também quais as entradas grátis.
Foram aceitos, na presente sessão, os seguintes sócios: Leopoldo Edgar Sulzbach, João Valter Sebastiani e Heinz Mullius. A Diretoria resolveu delegar plenos poderes aos Srs. Ary Pedro Brack e Odilon Porto, para representarem o Estrella Foot-Ball Club, na reunião a realizar-se em Lajeado a relação final e assinatura dos Estatutos da Liga, com direito a aprovar, reprovar ou apresentar as emendas que julgarem necessárias.
Nada mais havendo a se tratar, o Sr. Presidente encerrou a Sessão e mandou que se lavrasse a presente Ata, o que foi feito por mim, Secretário do Club.

José Manuel Porto
Secretário.













ATA Nº 13 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos quatro dias do mês de agosto de mil novecentos e trinta e três, na sala das Sessões do Estrella Foot-Ball Club, às oito horas, reuniu-se a sua Diretoria composta dos seguintes membros, constituindo maioria: Ary Pedro Brack, Max Bentz, Waldemar Jaeger, Rudi Rath, Euclides Azambuja, Odilon Porto, Edgar Müller e José Manuel Porto.
Aberta a Sessão, pelo Presidente, Sr. Ary Brack, por este foi dito que os fins da Sessão que ali os congregavam, era, não só a propositura aos novos sócios, como, principalmente, para tratar-se da reconsideração ou parte das penas impostas ao então sócio Otto Stürmer, eliminado do quadro conforme ofício da Diretoria, de quatorze de março de mil novecentos e trinta e dois. Ficou resolvido por unanimidade que o mesmo poderia ingressar, se quisesse mandar proposta como sócio do Estrella Foot-Ball Club, e bem como não mais lhe impedir a entrada em nosso campo ou desporto, cuja pena também lhe havia sido aplicada nessa sessão. Em seguida foram lidas as propostas de novos sócios, constando os seguintes: Fritz................, Mario Horn, Clementi A. Ruschel, Nelson Castro, Osvaldo Leipelt, Pedro Schneider, ............Ruschel, Getúlio Azambuja e Nelson Krieger.
Foram todos aceitos por unanimidade de votos dos presentes.
Como nada mais havendo a se tratar, o Sr. Presidente declarou encerrada a Sessão e mandou que se lavrasse a presente Ata, o que foi feito por mim, José Manuel Porto, Secretário do Club.


José Manuel Porto
Secretário.















ATA Nº 14 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos treze dias do mês de março de mil novecentos e trinta e quatro, no Café Elite, na sala destinada às Sessões do Estrella Foot-Ball Club, às vinte horas, reuniu-se a Diretoria deste Club, sob a Presidência do Sr. Ary Pedro Brack, a fim de tratar de assuntos de interesse da sociedade que se achavam pendentes de solução. Declarada aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, em for mesmo legal para seu funcionamento, expôs os fins da mesma e passam a submeter à apreciação dos demais membros, os seguintes assuntos:
1) Um projeto de Estatutos para onde deverá reger os destinos da Sociedade; a Diretoria ou aprova e as apresentará à Assembléia Geral do dia quinze .............. para discussão ou aprovação final.
2) Apresentação do nome do Cel. Augusto Frederico Markus, atual Prefeito do município para Presidente Honorário do Clube em vista dos seus relevantes serviços ao mesmo; foi aprovado por unanimidade.
3)Apresentar à seguinte chapa à eleição da Diretoria: Ari Pedro Brack, Edgar Müller, Homero Martins Ribeiro, Euclides Azambuja, Pedro Mörschbäcker, Calvino Reis, Licerio Barcelos, Carlos Gauer, Bertoldo Gaussmann, Odilon Porto, Romualdo Schardong, Max Lauer, Antonio Cardoso, Altino Vieira e Valdemar Jaeger.
4) Em seguida foram lidas as seguintes propostas para novos sócios do Club: Adelino Zimmermann, proposto pelo Sr. Max Bentz, Mario Schwertner, proposto pelo e mesmo e mais ................., Osmar Pereira, propostos pelo Sr. Pedro Mörschbäcker. Esses novos sócios, em missão ou............., foram unanimente aceitos.
O Sr. Presidente leu em seguida um ofício do Sr. Ito Snel, solicitando exoneração do nosso quadro de sócios, por haver transferido sua residência para outra Vila, e fazendo ao mesmo tempo, uma doação de cincoenta mil reis ao Clube. A Diretoria, após lamentar profundamente o afastamento de seu digno sócio e prestimoso esportista, que seus bons serviços prestados ao Clube, resolveu assiná-la, pelas circunstâncias que vinha precedida.
Foram presentes à reunião, os seguintes membros: Ary Pedro Brack, Edegar Müller, Odilon Porto, Euclides Azambuja, Carlos Gauer, Pedro Mörschbäcker, Rudolfo Maria Rath e José Manuel Porto.
Nada mais havendo a se tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a presente Sessão e mandou que se lavrasse esta Ata, o que foi feito por mim, José Manuel Porto, Secretário.


José Manuel Porto
Secretário


















01. Ari Pedro Brack
02. Getúlio B. Azambuja
03. Pedro Mörschbäcker
04. Rudolfo Maria Rath
05. Edgar Müller
06. .................
07. Carlos Gauer
08. Oscar Noll
09. Osmal Mallmann
10. José Calvino Reis
11. Jacob P. Nietervitz
12. .................
13. Arnildo Noll
14. Aristarco Brasil
15. A.Carlos Arnt
16. .................
17. ..........Mario Porto
18. ...............
19. .............Ademar Kist
20. Germano Mallmann
21. Armando Gemmer
22. Euclides B. Azambuja
23. Odilon Porto
24. Manuel J. Fonseca
25. Elias Abech
26. Max Bentz
27. Luiz I. Müssnich
28. ................













ATA Nº 15 - DA SESSÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA.

Aos 15 dias do mês de março de 1934 (mil novecentos e trinta e quatro), reuniram-se em Sessão da Assembleia Geral Ordinária, os sócios do Estrella Foot-Ball Club, em uma sala do Café “Elite” de propriedade do Sr. Max Bentz. Em terceira convocação, às 22 horas e 15, foi pelo Sr. Presidente aberta a Sessão, que funcionou com um número de 28 sócios. O Sr. Presidente mandou que se procedesse a leitura da Ata anterior, e que foi feito por mim, Getúlio Azambuja, servindo de Secretário, a qual foi aprovada pelos presentes.
Tomando a palavra, o Sr. Presidente procedeu a leitura do Balancete de muita despesa da Sociedade, relativo ao período da gestão finda, o qual apresentou um movimento 14:931$000, acusando um saldo de dinheiro, que passa para a atual Diretoria, na importância de 271$500, cujo balancete foi aprovado pela Assembléia.
Às 22 horas e 35 minutos, foi lido pelo Sr. Presidente, proposta dos Estatutos do Estrella Foot-Ball Club, cuja leitura só terminou às 22 horas e 55 minutos, dado o grande teor do mesmo. Após, o Sr. Presidente, dirigindo-se a Assembléia, pediu que todo aquele que tivesse objeções a fazer sobre o proposta ao referido Estatuto, podia em tornando-se para serem levados em consideração os seus pontos de vista, e posto em votação. Não havendo objeções, foram aprovados por unanimidade pela Assembléia, os Estatutos aludidos, que serão fielmente transcritos em livro competente.
Às 23 horas, foram postos em votação os nomes dos Srs. Sócios, que formarão a Diretoria a ser eleita pela Assembléia. Feita a apuração, ficou assim eleita em escrutínio a seguinte Diretoria:
PRESIDENTE: Ary P. Brack (reeleito)
VICE-PRESIDENTE: José Calvino Reis
SECRETÁRIO: Getúlio Azambuja
TESOUREIRO: Edegar Müller (reeleito)
CAPITÃO GERAL: Licelio Barcelos (reeleito)
GUARDA-ESPORTE: Pedro Mörschbäcker
COMISSÃO TÉCNICA: Romualdo Schardong
Euclides Azambuja
Odilon Porto
CONSELHEIROS: Max Lauer
Antonio Cardoso
Altino Vieira
Waldemar Jaeger
Bertoldo Gaussmann
Carlos Gauer
SUPLENTES: 1º - Homero Ribeiro
2º - Manuel G. da Fonseca
O Sr. Presidente cientificou a Assembleia, que foi proposta da Diretoria, tinha a oportunidade para a devida aprovação os nomes do Cel. Augusto Frederico Markus, para Presidente Honorário e do Sr. Otto Schneider, para sócio honorário, explicando a razão porque o fazia. Foi aceito pela Assembleia, por unanimidade essa proposta, mandando o Sr. Presidente, fazer as devidas comunicações.
O Sr. Presidente tomando a palavra, disse aos presentes, num belo improviso, mais ou menos o seguinte: “Que quando assumiu a presidência, tinha prometido ao Estrella Foot-Ball Club, um campo e Estatutos, pois hoje, com grande satisfação podia dizer que sua promessa estava comprida, com a conquista destes dois empreendimentos”.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão, mandando lavrar a presente Ata, que foi feita por mim e assinada por todos os presentes, como mandam os Estatutos, hora aprovados.


Getúlio Azambuja
Secretário.












ATA Nº 16 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos quatorze dias do mês de maio de mil novecentos e trinta e quatro, numa das dependências da Casa Comercial, de propriedade do Sr. Ary Pedro Brack, realizou-se a reunião da Diretoria do Estrella Foot-Ball Club, para tratar dos seguintes assuntos: Campeonato do corrente ano. Foi resolvido oficializar a Liga de foot-ball do Alto Taquari, enviando a relação dos jogadores para as devidas inscrições a fim de poder o Estrella Foot-Ball Club, tomar parte no campeonato do corrente ano, o que foi feito.
DEMISSÕES: Pediram demissões os sócios: Sr. Bruno Closs, por ter transferido residência.
ADMISSÕES: Foram admitidos como sócios do Estrella Foot-Ball Club, os seguintes senhores: Oscar Mayenhoper, Jorge Bopp, Luiz Mallmann.
Foram presentes à reunião os seguintes sócios: Ary Pedro Brack, José Calvino Reis, Waldemar Jaeger, Euclides Azambuja, Carlos Gauer, Bertholdo Gaussmann e Getúlio Azambuja.
Nada mais havendo a tratar-se, o Sr. Presidente, deu por encerrada a Sessão, mandando lavrar esta Ata, que foi feita por mim e assinado.

Getúlio B. de Azambuja
Secretário













ATA Nº 17 - SESSÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA.


Realizada no dia 14 de março de 1935, às 21 horas e 35 minutos e que estiveram presentes 26 sócios como foram as assinaturas seguintes:
Getúlio Azambuja - Secretário
1. Ary Pedro Brack
2. Getúlio Brito de Azambuja
3. José Calvino Reis
4. Edgar Müller
5. Bertholdo Gaussmann
6. Ottomar ..............
7. Pedro Mörschbäcker
8. Mario Porto
9. Lauro Schäfer
10. .......................
11. Carlos Agercido Lima
12. Pontes...........
13. Carlos Arnt
14. Jacob Niehterwirtz
15. Friedolin Bücker
16. Anildo .........
17. Daniel Groenendal
18. Euclides B.Azambuja
19. Willimar Schneider
20. Max Lauer
21. ..............
22. Armindo Feistauer
23. Armando Gemmer
24. Ivo Fava
25. Arthur Maric
26. Rudolfo M. Rath
Aos 14 dias do mês de março de 1935, reuniram-se em Sessão de Assembleia Geral Ordinária, os sócios do Estrella Foot-Ball Club, em uma sala do Bar de propriedade do Sr. Max Lauer, gentilmente cedida.
Às 21h 35 min, foi pelo Sr. Presidente , declarada aberta a sessão. Funcionando, a mesma, com um número de 26 sócios.
O Sr. Presidente, mandou que se fornecesse a leitura da Ata anterior, o que foi feito por mim, sendo aprovada pelos presentes, em todo o seu conteúdo.
Às 22 horas, o Sr. Presidente, tomando a palavra, disse que ia por em votação os nomes dos Srs. Sócios que formarão a Diretoria do Estrella Foot-Ball Club, e que regerá os seus destinos, no período de 1935 /1936, o qual ficou assim constituído:
PRESIDENTE: Bertholdo Gaussmann
VICE-PRESIDENTE: Fridolino Bücker
SECRETÁRIO: Alfredo Mayer
TESOUREIRO: Helio Mayer
GUARDA-ESPORTE: Edgar Müller
COMISSÃO TÉCNICA: Eu,Getulio Azambuja
Rudi Maria Rath
Alfredo Arenhard
CAPITÃO GERAL: Eugenio .............
CONSELHO: Carlos Gauer
Carlos A. Arent
Benno Leonhardt
Raul Spalding
Eugenio Kasper
João Alfredo Schauemberg
Por proposta do Sr. José Calvino Reis, nosso digno Vice-Presidente, e aprovado pela Assembléia, o Sr. Presidente mandou que fizesse constar na presente Ata, o movimento esportivo do mesmo período e que segue: O Estrella Foot-Ball Club, jogou ao todo 13 partidas amistosas, sendo 5 partidas fora daqui e 8 partidas em seu campo de desporto.
Independente destes jogos, houveram outros, como o de casados X solteiros.
O Estrella Foot-Ball Club, marcou os seguintes pontos totais: Nos primeiros quadros 39 x 29 gols; nos segundos quadros, 33 x 15 gols.
Nos primeiros quadros, houveram 6 vitórias, 3 empates, 3 partidas perdidas e uma que não terminou.
Nos segundos quadros houveram 6 vitórias, 1 empate e duas partidas perdidas.
Os jogos foram os seguintes:
1ºs 2ºs
Em 13.05.1934 Com A.do Meio 4x2 e 2x2 Em A.do Meio
Em 20.05.1934 Com A.do Meio = e 6x1 Em Estrela
Em 23.05.1934 Com Prata 5x3 e = Em Estrela
Em 10.06.1934 Com B.Gonçalves 0x0 e = Em B.Gonçalves
Em 19.06.1934 Com Viajantes S.Cruz 4x1 e = Em Estrela
Em 24.06.1934 Com Americano 5x2 e 4x1 Em Estrela
Em 07.07.1934 Com Mussum 1x1 e 4x1 Em Estrela
Em 22.07.1934 Com Roca Sales 2x2 e 1x2 Em Estrela
Em 29.07.1934 Com B.Retiro 3x0 e 2x1 Em B.Retiro
Em 19.08.1934 Com B.Retiro 4x6 e 4x1 Em Estrela
Em 26.08.1934 Com S.Clara 6x1 e 5x0 Em Estrela
Em 02.09.1934 Com S. Cruz 2x6 e 5x6 Em S. Cruz
Em 04.11.1934 Com Roca Sales 3x5 e = Em Roca Sales
Também por proposta do nosso sócio Sr. José Calvino Reis, a Assembleia aprovou com a Ata, digo, com voto de louvor ao Presidente, Sr. Ary P.Brack, pelos serviços prestados, e que ora deixa de nortear os destinos do Estrella Foot-Ball Club.
Nada mais havendo a tratar-se, o Sr. Presidente deu por encerrada esta Sessão de Assembleia, mandando lavrar-se a presente Ata, que foi feita por mim e assinada por todos os presentes como manda os Estatutos, em vigor.

Getúlio Azambuja
Secretário












ATA Nº 18 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos dezenove dias do mês de março de mil novecentos e trinta e cinco, em uma das salas do Bar Central, de propriedade do Sr. Max Lauer, reunidos os membros da Diretoria, Srs. Bertholdo Gaussmann, Fridolino Bücker, Alfredo Arenhardt, Edgar Müller, Alfredo Fauth e Hélio Mayer.
O Presidente, Sr. Bertholdo Gaussmann, declarou aberta a Sessão para levar ao conhecimento dos presentes os brios da convocação, submetendo então à apreciação dos presentes, diversos exemplos, sendo resolvido o seguinte:
Primeiro: Que o Secretário do Clube oficiasse com o Clube com os quais mantemos relações esportivas, dando conhecimento da posse da nova Diretoria eleita pela Assembléia de 14 de março.
Segundo: Que até nova deliberação a Diretoria deverá reunir-se, uma vez por semana, ficando a juízo do Sr. Presidente, dia e local.
Terceiro: Que domingo, 24 do corrente mês, às 10 horas, terá lugar a abertura da temporada do corrente ano, sendo que as 12 horas será oferecido aos jogadores, um suculento churrasco, para o qual todos deverão ser convidados.
Quarto: Que oportunamente o Clube ofereceria a todos os sociais um pic-nic.
Quinto: Que provisoriamente os treinos oficiais seriam às 4ªs-feiras, às 19 horas e aos domingos às 15 ½ horas.
Nada mais havendo a ser resolvido, o Sr. Presidente encerrou a Sessão e mandou que se lavrasse a presente Ata, o que foi feito por mim, Tesoureiro do Clube, servindo de Secretário.

Hélio Mayer
Tesoureiro












ATA Nº 19 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos vinte e sete dias do mês de março de mil novecentos e trinta e cinco, na barbearia de propriedade do Sr. Edgar Müller, reunidos os membros da Diretoria, Srs. Bertholdo Gaussmann, Fridolino Bücker, Hélio Mayer, Edgar Müller, Antonio Carlos Arnt, Eugenio A. Fauth, Beno Lenhard e Alfredo Mayer, o presidente, Sr. Bertholdo Gaussmann, declarou aberta a Sessão e determinou que se lesse a Ata anterior, o que foi feito por mim, Secretário, tendo sido aprovada por unanimidade. Em seguida, foram entregues três propostas de novos sócios e que são os seguintes: Carlos de Azevedo Lima e Arsenio Schneider, propostas pelo nosso sócio e tesoureiro, Helio Mayer, no quadro de sócios ativos e Olivio Bertoldo da Silva, proposto pelo nosso consócio e membro do Conselho Fiscal, Antonio Carlos Arnt, no quadro de sócios passivo. Foram todos aceitos por unanimidade. Recebemos do Futebol Club Americano e Futebol Clube de Santa Cruz, a comunicação da eleição e posse da nova Diretoria daqueles clubes, que deverão reger os de
stinos dos mesmos, no exercício de 1935, conforme ofícios devidamente arquivados. A seguir o Sr. Presidente exibiu um ofício do Esporte Clube Fortes e Livres, da vizinha localidade de Mussum, convidando-nos para concorrermos no torneio “Initium” a realizar-se naquela localidade em disputa da Taça “Boemia Pilz”, em 14 do corrente. Depois de discutido o assunto, foi ele aceito por todos, tendo o Sr. Presidente determinado que se oficiasse aquele clube pedindo que nos inscrevesse no dito torneio, que será disputado somente pelos primeiros quadros.
Telefonicamente fomos convidados pelo Clube Esportivo Lajeadense, para uma partida amistosa entre os segundos quadros de ambos os Clubes, a realizar-se em 07 do corrente, cujo convite foi aceito . Ficou também resolvido contratar um zelador para conservar o nosso campo, com o ordenado mensal de 30$000, tendo este encargo recorrido sobre a pessoa do Sr. Eugenio Zimmermann.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a sessão e mandou que se lavrasse a presente Ata a que foi feito por mim, Secretário do Clube.


Carlos Alfredo Mayer
Secretário




















ATA Nº 20 - REUNIÃO DA DIRETORIA

Aos 10 dias do mês de abril de mil novecentos e trinta e cinco, na Barbearia de propriedade do Sr. Edgar Müeller, reunindo os membros da Diretoria, Srs. Bertoldo Gaussmann, Fridolino Bucker, Hélio Mayer, João Alfredo Schauemberg, Alfredo Arenhardt, Eugenio A. Fauth, Antonio Carlos Arnt, Edgar Müller, Raul S.Spalding e Alfredo Mayer. O Presidente, Sr. Bertoldo Gaussmann, declarou aberta a Sessão e determinou que se procedesse a leitura da Ata anterior, o que foi feita por mim, Secretário do Clube, com a qual todos concordaram.
Conforme consta na Ata anterior, o nosso segundo quadro excursionou a 07 do corrente, domingo, à vizinha Villa de Lajeado, para disputar uma partida amistosa com o quadro de igual categoria do Clube daquela Villa. Apesar dos poucos treinos levados à efeito na presente temporada, a galharda rapaziada do segundo quadro, organizado pelo esforçado e competente Capitão, soube conquistar os louros para o seu clube, trazendo, pela primeira partida jogada nesta temporada, a vitória, com um escore de 5 a 0.
Verificando as Atas anteriores, deparou-se um engano ocorrido na Ata de Assembléia Geral Ordinária, de 14 de março do corrente ano, fim do exercício da Diretoria anterior, na parte que diz respeito às partidas jogadas no ano passado, pois que os jogos com o Clube de Bom Retiro foram estes:
Em 29 de julho de 1934, em Bom Retiro – 4 x 6 a favor do Bom Retiro e 4 x 1, a nosso favor, resultados dos 1ºs e 2ºs quadros, respectivamente. Em 26 de agosto do mesmo ano, em Estrela, 3 x 0 e 2 x 1, a nosso favor, resultado também dos 1ºs e 2ºs quadros, respectivamente.
Proposta pelo nosso consócio e membro da Diretoria, Sr. Raul S. Spalding, foi aceito como sócio passivo o Sr. Gerhard Rauk.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente declarou encerrada a Sessão.
Eu, Alfredo Mayer, Secretário do Clube, lavrei a presente Ata, que vai ser por mim assinada.


Alfredo Mayer
Secretário





















ATA Nº 21 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos vinte e quatro dias do mês de abril de mil novecentos e trinta e quatro, na Barbearia de propriedade do Sr. Edgar Müller, reunidos os membros de Diretoria, Srs. Bertoldo Gaussmann, Alfredo Arenhardt, Hélio Mayer, Beno Lenhard, Alfredo Fauth, Antonio Carlos Arnt, Edgar Müller e C.A.Mayer, o Presidente Sr. Bertoldo Gaussmann, declarou aberta a Sessão, e declarou aos presentes os fins da sua convocação, submetendo diversos assuntos à apreciação dos presentes, tendo ficado resolvido o seguinte:
Elevar de 2$000 para 2$500 e de 1$000 para 1$500 as entradas por ocasião de partidas.
Convidar o Esporte Clube Fortes e Livres de Mussum, para disputar uma partida amistosa em nosso campo, em 5 de maio próximo vindouro, sem contribuição, pois esta visita seria em retribuição, a que faremos em 28 do corrente, àquele Clube.
Convidar o Concórdia Futebol Clube para jogar aqui uma partida amistosa com a contribuição de 80$000 para o custeio das despesas com a excursão, contando que por ocasião da retribuição dessa visita, que seja paga a mesma importância.
Convidar igualmente o Clube Esportivo Lajeadense, para disputar uma partida em nosso campo, em 16 de junho, data em que terão início os tradicionais kerbs, sem contribuição, por isto que, por ocasião da retribuição, iremos também por nossa conta.
Mandar colocar bancos na parte lateral direita do campo; tratar sobre a compra da copa, de propriedade do Sr. Matias Ruschel, explorado pelo mesmo, em nosso campo desportivo.
Em 22 do corrente, segunda-feira, tivemos o prazer de fazer enfrentarem-se o nosso primeiro quadro e do América Futebol Clube, campeão da cidade de Rio Pardo. Deixamos aqui consignado que, não obstante ter sido a primeira partida jogada nesta temporada, e tendo como adversário um quadro que se tornou campeão de uma localidade longinona, o nosso onze soube colocar-se no ponto desejado, conquistando a vitória pelo escore de 4 a 3.
No dia 21, também deste mês, excursionou à Lajeado, a fim de disputar uma partida amistosa, o nosso 2º quadro com o de igual categoria daquela localidade, tendo sido derrotado pelo escore de 4 a 3.
No dia imediato, o 2º quadro de Lajeado retribuiu-nos a visita tendo os contendores empatado por 1 a 1.
Foram aceitos para o quadro de sócios passivos, os seguintes : Afonso Scheibler, Henrique Dreher, João Francisco Marder e Wilmuth E. Engelmann, proposto respectivamente pelos membros da Diretoria, Srs. Fridolino Bücker (2), Raul O. Spalding e Edgar Müller.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente declarou encerrada a Sessão. Eu, C.A.Mayer, Secretário do Clube, lavrei a presente Ata, que vai por mim assinada e com o visto do Presidente.


C.A.Mayer
Secretário
















ATA Nº 22 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos nove dias do mês de maio de mil novecentos e trinta e cinco, no Salão da Barbearia de propriedade do Sr. Edgar Müller, reuniu-se a Diretoria do Estrela Futebol Clube.
Aberta a Sessão pelo Presidente, Sr. Bertoldo Gaussmann, este convidou a mim, A.Carlos Arnt, para secretariá-la, visto ter sido notada a ausência do Sr. Secretário.
ADMISSÕES: Para fazerem parte do rol de sócios do Estrela Futebol Clube, foram aceitos por unanimidade os Srs. Waldemar Dexheimer, Alberto Pschichholz e Dr. Antonio L.de Viana.
OFÍCIOS: Foram lidos dois ofícios, sendo um do Esporte Clube Aimoré de Bom Retiro, no qual nos comunicam a eleição e posse da Diretoria que regerá os destinos daquele Clube no período de 1935 e outro do Esporte Clube Fortes e Livres de Mussum, aceitando o nosso convite para a disputa de uma partida amistosa em 05/05/1935.
OFICIAÇÕES: Ficou a Secretaria encarregada de oficiar aos sócios que se acharem em atraso com o pagamento das mensalidades, pedindo o reembolso das importâncias relativas até dia 30 do corrente.
Como nada mais tivesse sido deliberado, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão. Eu, Carlos Arnt, servindo de Secretário, lavrei a presente Ata e a assino.


A.Carlos Arnt
Servindo de Secretário.












ATA Nº 23 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos vinte e três dias do mês de maio de mil novecentos e trinta e cinco, na residência do Sr. Hélio Mayer, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.B.C, composta dos seguintes membros: Bertoldo Gaussmann, Fridolino Bücker, A. Fauth, J.A.Schauemberg, E. Müller, B.Lenhard, A.C.Arnt, Hélio Mayer e C.A.Mayer.
Precisamente às 21,30 horas, o Sr. Presidente declarou aberta a Sessão. Foram lidas as duas Atas anteriores, as quais foram aprovadas por unanimidade (de votos).
NOVOS SÓCIOS: Foram aceitos os seguintes: Dr. Antonio Tucze, Guido Lakus, Arnaldo E. Ruschel, propostos pelo consócio Raul Spalding, José A.Schwertner, por Hélio Mayer e Joaquim Morais, por A.C.Arnt.
OFÍCIO: Recebemos um do Grêmio Esportivo Flamengo, comunicando-nos a eleição e posse de sua Diretoria.
JOGO: Em 12 do corrente, jogamos com o Esporte Clube Fortes e Livres, de Mussum, em nosso campo desportivo. O resultado desse jogo foi o seguinte: 1º quadro – 2 x 1 – a favor de Mussum; 2º quadro, 3 x 1, a nosso favor.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão. Eu, C.A.Mayer, lavrei a presente Ata, que vai por mim assinada.


C.A.Mayer
Secretário










ATA Nº 24 - REUNIÃO DE DIRETORIA


Aos trinta e um dias do mês de maio de mil novecentos e trinta e cinco, no Bar Central de propriedade do Sr. Max Lauer, reuniu-se a Diretoria do Estrella Foot-Ball Club.
Aberta a Sessão pelo presidente, Sr. Bertoldo Gaussmann, este convidou a mim, Raul O.Spalding, para secretariá-la visto ter sido notado a falta ou olhos, a ausência do Secretário, Sr. C.A.Mayer.
DEMISSÕES: Foi lido o pedido de demissão do Sr. Floriano A. Mentges que mudou residência para Porto Alegre.
OFÍCIOS: Foi lido o oficio mandado pelo Clube Esportivo Lajeadense, no qual nos comunicou, aceitar a partida a ser jogada por ocasião dos kerbs, mas com uma contra proposta que aqui trouxessem a consulta, 1º deste oficio que consta o seguinte: “A divisão da renda líquida em ambas as partidas, atendendo-se que o nosso Clube terá algumas despesas para melhor comparecer ao encontro proposto.” Esta proposta, no entanto, foi refer toda por esta Diretoria e ficou resolvido por esta mesma, mandar em resposta ao Clube Esportivo Lajeadense, a prevalência do nosso primeiro oficio, sendo essa resolução aceita por todos os presentes, menos do Sr. Hélio Mayer, que achou melhor, fazer uma nova proposta, de oferecer um auxílio de 200$000 para a vinda do mesmo.
PRESENÇAS: Compareceram a esta Sessão os seguintes membros da Diretoria: Bertholdo Gaussmann, Hélio Mayer, Edgar Müller, Alfredo Fauth, Benno Lenhardt, Alfredo Schauemberg e Raul O. Spalding.
Como nada mais tivesse sido deliberado o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão. Eu, Raul Spalding, servindo de Secretário, lavrei a presente Ata e a assino.

Raul O. Spalding - Servindo de Secretário












ATA Nº 25 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos sete dias do mês de junho de mil novecentos e trinta e cinco, na Barbearia “Müller”, de propriedade do Sr. Edgar Müller, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C, constituída dos seguintes membros: Bertholdo Gaussmann, H.Mayer, B.Lenhard, R.S.Spalding, Alfredo Fauth, Alfredo Schauemberg, A.Carlos Arnt, F.Bücker, Edgar Müller e Carlos Alfredo Mayer. Aberta a Sessão pelo presidente, Sr. Bertholdo Gaussmann, este pediu que se procedesse a leitura da Ata anterior, o que foi feito e a qual foi aprovada por unanimidade.
NOVOS SÓCIOS: Foi aceito, por unanimidade, para o quadro de sócios passivo, o Sr. Erich Costa, proposto pelo Sr. Raul Spalding, membro de Diretoria.
DEMISSÕES: Foi lido o oficio do Sr. Valter Ruschel, no qual este nos pede a sua demissão, por ter transferido sua residência para Porto Alegre.
OFÍCIOS: Foi lido o ofício que nos dirigiu o C.E.Lajeadense, data de 5 de junho, no qual acusa o recebimento de um telegrama anterior e concorda com as sugestões feitas naquele nosso despacho.
Nada mais havendo a tratar, o Presidente deu por encerrada a Sessão. Eu, C.A.Mayer, lavrei a presente Ata, que vai por mim assinada.


C.A.Mayer
Secretário.











ATA Nº 26 - REUNIÃO DE DIRETORIA


Aos 21 dias do mês de junho de mil novecentos e trinta e cinco, no Bar Central, de propriedade do Sr. Max Lauer, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C., composta dos seguintes membros: Bertoldo Gaussmann, Fridolino Bücker, Beno Lenhard, Raul Spalding, Hélio Mayer, Antonio Carlos Arnt, E.Alfredo Fauth e Carlos Alfredo Mayer. Precisamente às 20.30 horas, o Sr. Presidente declarou aberta a Sessão e pediu que se procedesse a leitura da Ata anterior, o que foi feito por mim, Secretário do Clube, no fim assinado e a qual foi aprovada por unanimidade.
Como essa reunião fora convocada para tratar, exclusivamente das nossas negociações com Lajeado, de partidas a serem jogadas aqui e naquela localidade, o Sr. Presidente pediu que se procedesse a leitura da correspondência trocada sobre o assunto, posto o que, entrou ele em discussão. Foram trocadas diversas opiniões para uma solução satisfatória sobre o caso. Depois de longamente debatido, resolveu-se pô-lo em votação. Essa votação era para decidir se a primeira partida devia ser jogada aqui, conforme propusemos àquele co-irmão, ou se devia ser jogada naquela localidade, a 30 do corrente, conforme ofício daquele Clube, em nosso poder. A primeira partida fora tratada para ser jogada aqui, em 16 deste mês, data em que iniciavam-se os tradicionais “kerbs”, mas devido ao mau tempo, não foi possível realizá-la. Nenhum compromisso fora assumido com relação a partida a ser jogada naquela localidade, a não ser a retribuição que iríamos fazer aquele Clube, em data previamente assentada. Distribuídas e re
colhidas as cédulas que se achavam em poder dos membros de Diretoria já relacionados nesta Ata, apurou-se o seguinte: seis votos para a primeira partida ser jogada aqui e dois destes para ser jogada em Lajeado. Venceu, portanto, a maioria, por 6 votos contra 2. Ficou resolvido, nesta mesma reunião, que o Sr. Presidente providenciasse na realização de um encontro amistoso, com qualquer um Clube das localidades vizinhas, aqui ou fora daqui.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão. Eu, abaixo assinado, Secretário do Clube, lavrei a presente Ata, que vai assinada por mim.


C.A. Mayer
Secretário.

























ATA Nº 27 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos nove dias do mês de julho de mil novecentos e trinta e cinco, em uma das salas do Café Central, de propriedade do Sr. Max Lauer, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C., composta dos seguintes membros: Bertoldo Gaussmann, E.Alfredo Fauth, Fridolino Bucker, Beno Lenhard, Antonio Carlos Mayer, Raul Spalding, Carlos Alfredo Mayer e quase ao encerrar-se a Sessão, compareceu o Sr. Edgar Müller. Vendo que o número de sócios que compõe a Diretoria era suficiente para o funcionamento da Sessão, o Sr. Presidente declarou aberta e pediu que se procedesse a leitura da Ata anterior, o que foi feito por mim, Secretário do Clube, no fim assinado, a qual foi aprovada por todos. Ato continuo, o Sr. Presidente exibiu um ofício, no qual pede a sua demissão do rol de sócios deste Clube, o Sr. Arno Mussnich, por ter transferido sua residência para Porto Alegre. A seguir foi dado ciência aos presentes da proposta feita pelo Clube Esportivo Lajeadense, da vizinha Vila, que lhe dá o nome, de partidas a serem disputadas amis
tosamente e que é o seguinte: A primeira partida deverá realizar-se no próximo domingo, 14 do corrente, em nosso campo desportivo ou no de Lajeado. Pela primeira partida, o Clube visitado deverá entrar com a importância de 400$ e na retribuição, ao Clube visitante deverá ser para a importância de 300$000. Com esta proposta concordaram todos, com exceção do Sr. Raul Spalding que era de parecer de não se aceitar partidas com aquele Clube. Ficou resolvido, então, jogar-se a primeira partida naquela localidade.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão. Eu, no fim assinado, lavrei a presente Ata.

C.A.Mayer
Secretário.










ATA Nº 28 - REUNIÃO DE DIRETORIA


Aos vinte e seis dias do mês de agosto de mil novecentos e trinta e cinco, em uma das salas do Café Central, de propriedade do Sr. Max Lauer, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C, representada pelos membros seguintes: Bertoldo Gaussmann, Fridolino Bücker, Hélio Mayer, Antonio Carlos Arnt, Raul Spanding, Eugenio Alfredo Fauth e Carlos Alfredo Mayer.
Declarada aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, este determinou que se procedesse a leitura da Ata anterior, o que foi feito por mim, Secretário do Clube e a qual foi aprovada por unanimidade.
Foram lidas e concedidas com verdadeiro pesar, as demissões dos nossos prezados consócios, Srs. Edmar F.Thiesen e Leopoldo Saibel, solicitadas conforme ofícios de 4 e 5 deste mês, respectivamente. Foi aceito para o rol dos sócios passivos, o Sr. Dinarte Vasconcelos, proposto pelo nosso Presidente, conforme proposta de 5 deste mês.
A seguir o Sr. Presidente declarou que o fim desta convocação eram para resolver sobre as partidas a serem disputadas, pois que, depois de termos sido vencidos pelo Clube Aimoré da vizinha localidade de Bom Retiro, muitos foram os convites e propostas que recebemos de Clubes dos arredores deste município. Estava se resolvendo aceitar a proposta do C.Esp.Lajeadense, quando o Presidente foi chamado ao telefone. Interrompeu-se, então, a Sessão por alguns minutos. De volta do chamado, declarou ter o Cidade F.C. da cidade de Taquari, nos feito a proposta de realizar um encontro com o nosso Clube, em nosso campo, sendo que esta foi aceita com grande satisfação. Ficou resolvido, então, deixar-se para mais tarde, a partida a ser disputada com o Clube Esportivo Lajeadense, aqui. Dada a pressa apresentada por alguns membros da Diretoria e como nada mais houvesse para ser resolvido, o Sr. Presidente declarou encerrada a Sessão.
Eu, C.A.Mayer, Secretário do Clube, lavrei a presente Ata, que vai por mim assinada.

C.A.Mayer
Secretário
























SESSÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA, realizada no dia 26 de janeiro de 1936 e que estiveram presentes 22 sócios como provam as assinaturas seguintes:
• Antonio Carlos Arnt
• Olidio Bertoldo da Silva
• Pedro Mörschbäcker
• Anildo Wolf
• Daniel Gronendall
• Ervino Horn
• Bertoldo Gaussmann
• Helio Mayer
• Ary P. Brack
• Lauro Horn
• Marino Ruschel
• Oscar Noll
• Lauro Käfer
• Raul Spalding
• ..............
• ..............
• Eduardo Hessel
• Edvino Persson
• Mario Horn
• W.Schneider
• ................
• ................
• Heitor Kist
• Ito Schwanbach
• Nelson Castro













ATA Nº 29 - ASSEMBLEIA GERAL

Aos vinte e seis dias do mês de janeiro do ano de mil novecentos e trinta e seis, em uma das salas do Baar Central, desta Vila e de propriedade do Sr. Max Lauer, reuniram-se em Sessão de Assembleia Geral Ordinária, os sócios do Estrela Futebol Clube.
Aberta a Sessão às 10 horas e meia, pelo presidente, Sr. Bertoldo Gaussmann, o mesmo convidou a mim, A.Carlos Arnt, para secretariá-la em virtude de ter sido notada a ausência do Secretário, Sr. Carlos A. Mayer.
Em seguida foi procedida a eleição da Diretoria que deverá guiar os destinos do Estrela Futebol Clube, durante período do corrente ano, a qual ficou assim constituída:
PRESIDENTE: Bertoldo Gaussmann (reeleito)
VICE-PRESIDENTE: Carlos Alfredo Mayer
SECRETÁRIO: João Porto
TESOUREIRO: A.Carlos Arnt
CAPITÃO : Pedro Mörschbäcker
GUARDA SPORT: Max Lauer
COMISSÃO TÉCNICA: Daniel Gronendall
Hélio Mayer
Ary Pedro Brack
VOGAIS: Ervino Horn
Mario Horn
Jacó Nieterwitzke
Oscar Noll
Raul Spalding
Alfredo Lenhardt
A prestação de contas foi feita e encontrada na mais completa exatidão.
Pelo Sr. Hélio Mayer, até então Tesoureiro, foi entregue ao eleito, o saldo constante do livro caixa, isto é, 74.800 (setenta e quatro mil e oitocentos reis).
Nada mais havendo a tratar-se e devido adiantado da hora, o Sr. Presidente deu por finalizada a Sessão e ordenou que fosse lavrada a presente Ata, a qual foi feita e assinada por mim, A.C.Arnt, servindo de Secretário.


A.C.Arnt
Servindo de Secretário


























ATA Nº 30 - SESSÃO DE DIRETORIA


Aos seis dias do mês de março de mil novecentos e trinta e seis, no Baar Central, reuniram-se em Sessão Ordinária os membros da Diretoria do Estrela Futebol Clube.
Às vinte e uma horas, o Sr. Bertholdo Gaussmann, presidente, declarou aberta a Sessão, com a presença dos seguintes membros: Hélio Mayer, Daniel Gronendall, A.C.Arnt, Jacob Nichtewitz, Pedro Mörschbäcker, Raul Spalding e Max Lauer, determinando que se procedesse a leitura da Ata da última Assembléia Geral, o que foi feito, sendo a mesma aprovada .
ABERTURA DA TEMPORADA:
A seguir tratou-se da data que se deveria abrir a temporada futebolística do corrente ano, ficando assentada a sua realização à oito (8) do corrente, em cuja ocasião o Estrela Futebol Clube prestará uma justa homenagem aos seus abnegados defensores.
OFÍCIOS RECEBIDOS:
Do nosso digno consócio, Sr. Carlos Alfredo Mayer, solicitando por motivos superiores, a sua demissão do cargo de Vice-Presidente do Estrela F.C. A Diretoria, após externar o seu pesar em perder tão valioso e dedicado desportista, concedeu a demissão, atendendo às justas ponderações do requerente.
Do Grêmio Futebol Porto-Alegrense, comunicando a eleição de sua nova Diretoria e do Conselho Deliberativo, para o exercício de mil novecentos e trinta e seis.
PREENCHIMENTO DE VAGAS:
Tendo vagado o cargo de Vice-Presidente do Clube, a Diretoria atendeu duas disposições estatutárias. Convidou o incansável consócio Sr. Hélio Mayer, para ocupá-lo, tendo o mesmo se recusado a princípio. Cedendo finalmente, ante a justa exposição do Sr. Presidente e a unanimidade da sua escolha.
Vagando, finalmente o cargo que ocupava este associado na Comissão Técnica, entendeu a Diretoria preenche-lo imediatamente, escolhendo entre os vogais; recaiu na pessoa do Sr. Raul Spalding, não somente por sua competência, como também pelos relevantes serviços prestados ao Estrela F.Clube.
Nada mais havendo a tratar-se, às vinte e três horas, aproximadamente, o Sr. Presidente declarou encerrada a Sessão, determinando que se lavrasse a presente Ata, o que foi feito por mim, João Antonio Porto, Secretário, que a escrevi e assino.


João A. Porto
Secretário.























ATA Nº 31 - SESSÃO DE DIRETORIA

Aos dezoito dias do mês de maio de mil novecentos e trinta e seis, em uma das salas do Bar Central, reuniu-se a Diretoria do Estrela Futebol Clube sob a presidência do Sr. Bertoldo Gaussmann e com a presença dos membros seguintes: Helio Mayer, Jacob Niechterwitz, Pedro Mörschbäcker, Raul Spalding, Max Lauer, Ervino Horn, Oscar Noll, Mario Horn, Ary Brack e Daniel Gronendal.
Declarando aberta a Sessão, o Sr. Presidente declarou os fins desta e mandou proceder a leitura da Ata anterior. O que foi feito. Em seguida, deu ciência a Diretoria do conteúdo.
TELEGRAMA:
Passado em seu nome, ao Presidente do Cruzeiro F.Clube de Taquari, a fim de que este excursionasse a esta Vila, para disputar com o nosso quadro social , recebendo uma ajuda de custas de duzentos mil reis, iniciativa que teve o apoio unânime da Diretoria.
OFÍCIOS:
# Foram recebidos do Esporte C.Americano, comunicando a eleição de sua nova Diretoria e do Conselho Deliberativo, para o exercício de 1936, bem como a transformação do Clube em entidade universitária, mediante acordo firmado com a Federação dos Estudantes Universitários de Porto Alegre.
# Do America F.B.C de Rio Pardo, comunicando a eleição e posse da nova Diretoria.
# Da Sociedade Turn-Verein local, no mesmo sentido.
# Do Sr. Rudolfo Maria Rath, datado de 17 de março último, pedindo seis meses de Licença, sem motivo justificado. O pedido foi negado unanimente.
# Da Exma.Sra. Ottilia F.dos Santos e do Sr. Getulio Azambuja, ambos por transferência de residência para outros municípios, solicitando demissão. A Diretoria pesarosamente aprovou os pedidos.
A seguir, os membros da Diretoria mantiveram-se em animada palestra, fazendo sugestões no sentido de dar mais eficiência aos nossos quadros oficiais, bem como tomar interesse cada vez mais, na ordem moral, social e econômica do Estrela Futebol Clube.
A seguir, o Sr. Presidente agradeceu o comparecimento de todos e declara encerrada a Sessão. E, para que tudo conste, eu João Antonio Porto, Secretário, lavrei a presente Ata e assino.


João Antonio Porto
Secretário.






















ATA Nº 32 - SESSÃO DA DIRETORIA

Aos vinte e um dias do mês de julho do ano de mil novecentos e trinta e seis, em uma das salas do Baar “Central”, reuniu-se a Diretoria do Estrela Futebol Clube, com a presença dos seguintes membros: Bertoldo Gaussmann, Hélio Mayer, Carlos Arnt, Pedro Mörschbäcker, Max Lauer, Daniel Gronnendald, Oscar Noll, Ervino Horn e quase ao encerrar-se a Sessão, compareceu o Sr. Ary Brack.
Aberta a Sessão, não foi procedida a leitura da Ata anterior, em virtude de achar-se ausente o Secretário em cujo poder estava o Livro de Atas. Então o Sr. Presidente, incumbiu a mim, A.Carlos, de secretariá-la.
OFÍCIOS RECEBIDOS: Foi lido e deferido o pedido de demissão do Sr. Raul G.Spalding de sócio e do cargo que vinha ocupando na Diretoria por motivos de sua transferência de residência para Porto Alegre. Também por motivos de transferência, pediu demissão de sócio, o Sr. Carlos Alfredo Mayer.
PREENCHIMENTO DE VAGAS: Em substituição do Sr. Pedro Mörschbäcker, que passou a figurar como um membro da Comissão Técnica, foi escolhido unanimente aceito para ocupar o cargo de Capitão Geral, o Sr. Benno Mauermann com a exoneração do Sr. Raul Spalding, foi designado o Sr. Beno Lenhard para integrar o número de vogais.
Logo após tocou-se no objetivo principal da Sessão que era resolver as condições sobre duas partidas a serem jogadas com o E.C.Lajeadense, o qual propôs o seguinte: Jogar uma das partidas em seu campo no dia 02 de agosto por ocasião dos tradicionais kerbs naquela Vila. Para a outra em nosso gramado, foi nos concedida a alternativa sobre se jogar antes ou depois do dia atrasado para a ser disputada lá. A renda bruta, em ambas as partidas seria dividida em partes iguais, cabendo uma a cada clube. Esta proposta teve bom acolhimento por parte de todos, não ficando, porém, definitivamente designado o dia para a disputa da partida a ser jogada em nosso gramado.
NOVOS SÓCIOS: Por proposta do Sr. Bertoldo Gaussmann foi aceito por unanimidade como sócio contribuinte, o Sr. Silvio Peixoto.
OFICIAÇÕES: Foi resolvido que a Secretaria oficiasse aos sócios que se acharem com o pagamento das mensalidades em atraso, dando-lhes o prazo de trinta dias para integral liquidação, sob pena de serem demitidos.
Nada mais tendo sido deliberado, o Sr. Presidente deu por finalizada a Sessão e ordenou que fosse lavrada a presente Ata, o que foi feito por mim, A.Carlos Arnt, servindo de Secretário.


A.Carlos Arnt
Servindo de Secretário.


















ATA Nº 33

Aos vinte e cinco dias do mês de agosto de mil novecentos e trinta e seis, em uma sala do Baar Central, reuniu-se a Diretoria do Estrella Foot-Ball Club, com a presença de Bertoldo Gaussmann, Hélio Mayer, Max Lauer, Carlos Arnt, Oscar Noll, Daniel Gronendall, Benno Mauermann, Ervino Horn e Mario Horn.
Aberta a Sessão, foi lida a Ata da Sessão anterior, a qual foi aprovada por todos. Em virtude da ausência do Sr. Secretário, o Sr. Presidente designou-se para servir de Secretário.
OFFICIOS: Foi lido e deferido o officio de demissão do Sr. Antonio R. de O. Vianna.
LAJEADO: A seguir leu-se o officio do prefeito de Lajeado, datado de 23/agosto/1936, relativo à Taça denominada 25 de julho. Após acalorados debates, ficou o officio aceito e mandado à secretaria officiar à Prefeitura de Lajeado, agradecendo o fim nobre visando na disputa da Taça. Foi igualmente lido o officio do Esportivo Lajeadense, datado de 31/1/36, relativo à Taça dos quadros secundários. Quanto à data das partidas, ficou a critério do Sr. Presidente e do Capitão Geral.
EXCURSÕES: Ficou assentado o domingo próximo, para excursionar a Taquary, jogando com o Cidade F.C. Aceitou-se a proposta do Instituto Porto Alegre para uma partida a realizar-se em 07 de setembro vindouro.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente deu por finalizada a Sessão e ordenou que fosse lavrada a presente Ata, o que foi feito por mim, Mario Horn, servindo de Secretário.


Mario Horn
Servindo de Secretário.











ATA Nº 34



Em vinte de outubro de mil novecentos e trinta e seis, reuniu-se em Sessão, na sede, restaurante Max Lauer, a Diretoria do Estrella Foot-Ball Club, com a presença de Helio Mayer, Daniel Gronnendall, A.Carlos Arnt, Benno Lenhard, Benno Mauermann, Ervino Horn, Max Lauer e Mário Horn.
Aberta a Sessão pelo Sr. Vice-Presidente, nomeou-me, em virtude da ausência do Secretário, para que secretariasse a Sessão.
Não foi lida a Ata da Sessão anterior, por o Livro de Atas estar em mãos do Sr. Secretário.
PRESIDÊNCIA: A seguir foi lido o oficio do até então Presidente, Sr. Bertoldo Gaussmann, solicitando, em caráter irrevogável, demissão do cargo. Ficou, com exceção do voto do Sr. Hélio Mayer, aceita a dita renúncia e ordenando à Secretaria dar deferimento.
Por proposta dos presentes, ficou deliberado que o Vice-Presidente, S. Hélio Mayer, assumisse a presidência até a próxima Assembléia Geral, ocupando a Vice-Presidência.
SECRETARIA: Foi lido o oficio de exoneração do Sr. João A. Porto. Após longos debates, por maioria dos presentes, foi tomado conhecimento do dito oficio e ordenado à secretaria dar deferimento. Foi aclamado para servir de Secretário, até a próxima Sessão de Assembléia Geral, o Sr. Mario Horn.
OFFICIOS: Foram lidos e deferido os ofícios dos Srs. Jacob Nieterwiez e Henrique Schmidt, encerrando-se este do rol social e aqueles de suplente da Diretoria.
SANATORIO BELEM: Em vista da situação financeira, não lisonjeira, resolveram os presentes devolver os bilhetes da tômbola em benefício do Sanatório Belém, à procedência dos mesmos e se expusessem as razões.
Nada mais havendo a tratar, o Vice-Presidente, no exercício da Presidência, deu por encerrada a sessão e mandou que eu, servindo de Secretário, lavrasse a presente Ata, que eu fiz e assino.

Mario Horn
Servindo de Secretário.






















ATA Nº 35

Aos vinte e oito dias do mês de outubro do ano de mil novecentos e trinta e seis, na sala do Restaurante Max Lauer, reuniu-se em Sessão a Diretoria do Estrella Foot-Ball Club, com a presença dos Srs. Helio Mayer, Daniel Gronnendall, Max Lauer, A.Carlos Arnt, Benno Lenhard, Benno Mauermann e Mario Horn.
Aberta a Sessão pelo Vice-Presidente, em exercício da Presidência, foi lida a Ata da Sessão anterior a qual foi aprovada por todos.
LAJEADO: passando ao assunto da Sessão foi lido o programa, de 26/10/36, do Esportivo Lajeadense, do seguinte teor: Nota Esportiva inserta no Paladino, atribuir desonestidade juiz nitidez Victoria obtida Esportivo Lajeadense frente valoroso quadro Estrella. Hipótese esse co-irmão emprestar solidariedade referida, pedimos responder desafio novo encontro mesmos adversários, campo neutro, juiz capital do estado, onze medalhas, consta vencido e mais condições a entender. Após diversas ponderações foi mandado à Secretaria expedir a resposta, no seguinte texto: Aceitamos partida proposta 26/10 uma vez disputada a última taça. Prefeitura Municipal Estrella no nosso gramado.
ASSEMBLEIA GERAL: Marcou-se para o mês de dezembro ou janeiro a convocação da Assembleia Geral Diretoria.
Nada mais havendo a tratar, Sr. Vice-Presidente, no exercício da Presidência, deu por terminada a Sessão e mandou que eu, Mario Horn, Secretário Interino, lavrasse a presente Ata, que a fiz e assinei.


Mario Horn
Secretário Interino.













ATA Nº 36 - ASSEMBLEIA GERAL


Compareceram à Sessão da Assembleia Geral Ordinária, realizada em 14 de fevereiro do ano de 1937:
• Hélio Mayer
• Mario Horn
• Carlos Arnt
• Bertoldo Gaussmann
• ................Dexheimer
• Eugenio Alfredo Fauth
• Jorge....................
• Lino Schwertner
• Guido Schwertner
• Anselmo W.Hartmann
• ......................
• Pedro Ribeiro da Silva
• Carlos de Azevedo Lima
• .....................
Às 8 e meia, do dia 14 de fevereiro do ano de mil novecentos e trinta e sete, reuniu-se, em Sessão a Diretoria do Estrella Foot-Ball Club, comparecendo os Srs. Hélio Mayer, Mario Horn, A.Carlos Arnt, Max Lauer, Ervino Horn e Benno Lenhard.
Aberta a Sessão pelo Sr. Vice-Presidente, no exercício da Presidência, foi lida e aprovada a Ata da Sessão anterior.
NOVOS SÓCIOS: Por proposta do Sr. Hélio Mayer, foi aceito por unanimidade de votos, como sócio contribuinte, o Sr. José Luiz Massing.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Vice-Presidente, no exercício da Presidência, deu por encerrada a reunião e mandou lavrar a presente Ata, a qual fiz e assino.
Mario Horn – Secretário Interino







ASSEMBLEIA GERAL

Às 10 e meia, do dia 14 de fevereiro do ano de mil novecentos e trinta e sete, em uma das salas do Baar Central, reuniram-se em Sessão de Assembleia Geral, Diretoria e os sócios do Estrella Foot-Ball Club.
Aberta a Sessão pelo Sr. Hélio Mayer, no exercício da Presidência, o mesmo mandou ler a Ata da Assembléia anterior, a que foi aprovada por todos.
A seguir procedeu-se a eleição da Diretoria que guiará os destinos do Estrella Foot-Ball Club, durante o corrente ano, ficando assim constituída:
PRESIDENTE: José Luiz Massing
VICE-PRESIDENTE: Bertoldo Gaussmann
1º SECRETÁRIO: Hélio Mayer
2º SECRETÁRIO: Darcy .................
1º TESOUREIRO: Edgar Müller
2º TESOUREIRO: Daniel Gronnendall
CAPITÃO GERAL: Alfredo Fauth
GUARDA-SPORT: A. Carlos Arnt
COMISSÃO TÉCNICA: Max Lauer
Ary Brack
C.Alberto............
VOGAES: Eugenio Kasper
Alfredo Arenhard
Fridolino Bücker e ...................
A prestação de contas foi feita e encontrada exata.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Vice-Presidente, no exercício da Presidência, deu por encerrada a reunião e ordenou que fosse lavrada a presente Ata e que foi feita por mim, Mario Horn, Secretário Interino.

Mario Horn
Secretário Interino.











ATA Nº 37 - REUNIÃO DA DIRETORIA

Aos dezessete dias do mês de fevereiro de mil novecentos e trinta e sete, por convocação do Sr. Presidente, reuniu-se no Restaurante Central, a Diretoria do Estrella Futebol Club, com a presença dos Srs. José Luiz Massing, Bertoldo Gaussmann, Eugenio Kasper, Carlos Arnt, Alberto Pichichholz, Fridolino Bücker e José Carlos Sehn, sendo que este último e o Sr. Bertoldo Gaussmann, momentos após o Sr. Presidente ter declarado aberta a Sessão é que compareceram.
OFÍCIOS RECEBIDOS: Foi lido e deferido o pedido de demissão do sócio, Sr. Armindo Gerhardt.
REMODELAÇÃO DO CAMPO: Constatado por alguns membros da Diretoria, o péssimo estado do campo, foi o Sr. Presidente autorizado a mandar remodelar o que for necessário. Em vista da situação financeira não lisonjeira do Clube, o Sr. Fridolino Bücker, concedeu um empréstimo de 100$000, para auxiliar a dita remodelação. Este empréstimo por proposta do Sr. Bücker, o Clube liquidaria assim que lhe fosse possível.
ABERTURA DA TEMPORADA: Ficou resolvido que a abertura da temporada seria festejada no primeiro domingo do mês de março próximo, devendo os festejos terem lugar no Recreio Turn Verein, onde será oferecido um suculento churrasco aos sócios e suas exmas. famílias, bem como aos jogadores do clube.
Não havendo outros assuntos a serem solucionados, o Sr. Presidente declarou encerrada a reunião e mandou lavrar a presente Ata, que foi feito por mim.


Hélio Mayer
1º Secretário.













ATA Nº 38 - ASSEMBLEIA GERAL

Aos dezessete dias do mês de fevereiro do ano de mil novecentos e trinta e oito, reuniram-se, em Sessão de Assembleia Geral Ordinária, em uma das dependências do Bar “Central” de propriedade do Sr. Octacílio Pires da Rosa, os sócios do Estrela Futebol Clube.
Como o Presidente, Sr. José Luiz Massing, não pode comparecer, em virtude de se achar enfermo, o mesmo pediu verbalmente ao Vice-Presidente, Sr. Bertoldo Gaussmann, para substituí-lo.
O Presidente da Sessão, depois de declará-la aberta, designou a mim, Carlos Arnt, para secretariá-la, em virtude de não ter comparecido o Secretário, Sr. Hélio Mayer.
A seguir tratou-se de se proceder a eleição da Diretoria que deverá guiar os destinos do Estrela Futebol Clube, durante o ano de 1938, que apurada a votação, ficou assim constituída:
PRESIDENTE: Bertoldo Gaussmann
VICE-PRESIDENTE: Aloísio Schwertner
1º SECRETÁRIO: A.Carlos Arnt
2º SECRETÁRIO: Willy C. Fröhlich
1º TESOUREIRO: Marino Ruschel
2º TESOUREIRO: Lauro F. Ruschel
ORADOR: Rudi Maria Rath
DIRETOR TÉCNICO: Ito Schwanbach
COMISSÃO FISCAL: Edgar Müller
Arnildo Noll
Oscar Noll
VOGAIS: Alfredo Fauth
Antonio Hartmann
Heitor Kirst
Após empossada a nova Diretoria, o Presidente eleito, Sr. Bertoldo Gaussmann proferiu um curto e belo improviso, dizendo que não pouparia esforços para o engrandecimento do Estrela Futebol Clube e, que para isso, contava com a colaboração dos demais companheiros de Direção.
Depois de ter o Sr. Gaussmann obsequiado os presentes com uma mesa de bebidas, e como ninguém mais quisesse fazer uso da palavra, o mesmo declarou encerrada a Sessão e mandou que se lavrasse a presente, o que foi feito por mim.

A.Carlos Arnt
Servindo de Secretário.


ADITAMENTO:
Na Ata supra deixou de figurar o nome do Sr. Waldomiro Weber, que foi eleito GUARDA-SPORT. Com o presente aditamento fica, pois, sanado esse lapso.


A.Carlos Arnt
Servindo de Secretário.















ATA Nº 39 - SESSÃO DA DIRETORIA

Aos doze dias do mês de abril do ano de mil novecentos e trinta e oito, em uma das dependências do Bar Central de propriedade do Sr. Otacílio Pires da Rosa, reuniu-se em Sessão Extraordinária, a Diretoria do Estrela Futebol Club, comparecendo os seguintes membros: Bertoldo Gaussmann, A. Carlos Arnt, Rudolfo Maria Rath, Lauro F.Ruschel, Heitor Kirst, Antonio Hartmann, Oscar Noll, Arnildo Noll, Ito Schwanbach e Waldomiro Weber.
Declarada aberta a Sessão pelo Presidente, Sr. Bertoldo Gaussmann, foram abordados os seguintes tópicos:
RENOVAÇÃO DO CONTRATO DO CAMPO: Como estivesse vencido, já há algum tempo, o contrato de aluguel do terreno, onde o Estrela Futebol Clube mantém seu campo de desportos, contrato este firmado entre esta Sociedade e o Sr. Mathias Ruschel Sob., o presidente convidou o referido senhor a comparecer na presente Sessão, a fim de entrar em entendimento com o mesmo e ficar de vez solucionado o assunto. O Sr. Presidente expondo as dificuldades financeiras com que o Clube vem atravessando e visando restringir o quanto possível as despesas fixas mensais, solicitou ao Sr. Ruschel, fosse reduzido o preço de aluguel, ao mesmo tempo que propunha elevar o preço do mesmo de 60$000 para 70$000, uma vez que ficasse o Clube com o direito de explorar a copa. O Sr. Ruschel, recusou a conceder a redução pedida e optou pela cessão da copa, ficando porém, em 75$000 o preço de aluguel.
Em vista disso o Sr. Presidente consultou então os demais membros da Diretoria, se seria mais conveniente renovar o contrato na mesma base do anterior, ou ficar com a exploração da copa, pagando o preço do aluguel pretendido pelo Sr. Ruschel. Todos opinaram para renovação do contrato nas mesmas condições estipuladas no anterior, o que ficou definitivamente assentado.
ABERTURA DA TEMPORADA: Ficou resolvido fosse aberta festivamente a temporada do corrente ano, devendo ser oferecido um pic-nic aos Srs. Sócios, no campo da Sociedade Ginástica local, tendo sido escolhido o dia 01º de maio p.vindouro. Para tratar da organização dessa festa, a Diretoria, conforme ficou combinado, se reunirá oportunamente. Nessa ocasião serão nomeadas diversas comissões auxiliares.
Nada mais havendo a tratar-se, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão da qual foi lavrada a presente Ata, o que foi feito por mim.

A.Carlos Arnt
Secretário.






















ATA Nº 40 - REUNIÃO DA DIRETORIA

Aos doze dias do mês de maio de mil novecentos e trinta e oito, em Sessão Extraordinária, reuniu-se a Diretoria do Estrela Futebol Clube, em uma das salas do Bar Central, tendo comparecido os seguintes membros: Daniel Schwanbach, digo, Groenendall, Aloísio Schwertner, Oscar Noll, Heitor Kirst, Waldomiro Weber, Ito Schwanbach e A.Carlos Arnt.
Como o Presidente, Sr. Bertoldo Gaussmann não estivesse presente, a Sessão foi presidida pelo Vice-Presidente, Sr. Aloísio Schwertner que, depois de constatar havia número legal, declarou-a aberta e mandou que fosse procedida a leitura da Ata anterior, que ficou aprovada.
Em seguida, tomou-se conhecimento do conteúdo de um telegrama endereçado pelo Esporte Clube Bento Gonçalves da cidade do mesmo nome, ao Estrela Futebol Clube, do seguinte teor: “Podemos excursionar aí este mês, pagando 450$000 correndo tudo por nossa conta”.
Como o fim único da Sessão era resolver algo sobre a proposta contida no telegrama acima transcrito, foi unânime a opinião de que a mesma fosse aceita, tendo sido designado o dia 29 do corrente mês para a vinda daquele Clube a esta localidade.
Como nada mais havendo para ser tratado, foi encerrada a Sessão e da qual ficou lavrada a presente Ata, que vai assinada por mim.

A .Carlos Arnt
Secretário










ATA Nº 41 - REUNIÃO DA DIRETORIA

Aos vinte e sete dias do mês de maio de mil novecentos e trinta e oito, reuniu-se a Diretoria do Estrela Futebol Clube, em Sessão Extraordinária, estando presentes os seguintes membros: Bertoldo Gaussmann, Aloísio Schwertner, Alfredo Fauth, A.Carlos Arnt, Antonio Hartmann, Heitor Kirst, Daniel Groenendall, Oscar Noll e Arnildo Noll.
Havendo número legal, o Sr. Presidente declarou aberta a Sessão e mandou que fosse procedida a leitura da Ata anterior, que ficou aprovada.
Na presente Sessão ficou resolvido o seguinte:
• Que fosse respondido um oficio ao Clube Esportivo Bento Gonçalves, aceitando a sua proposta para excursionar dia 12 de junho p.vindouro aqui.
• Que fosse oficiado ao Grêmio Esportivo São Jerônimo, da cidade do mesmo nome, convidando-o para disputar uma partida amistosa entre os primeiros e segundos quadros em nosso gramado no dia 5 de junho p.vindouro, propondo pagar-lhe a importância de 350$000, sendo que retribuiremos a visita em igualdade de condições.
• Que fosse oficiado ao Esporte Clube Americano de Porto Alegre, convidando-o e pedindo-lhe que fizesse uma proposta para jogar aqui, uma partida amistosa, no dia 19 de junho próximo, por ocasião dos festejos dos tradicionais Kerbs.
• Que fosse também oficiado ao E.Clube Guarani e ao Esporte Clube Brasil, ambos de Minas de São Jerônimo, convidando-os para jogos amistosos em nosso campo desportivo, em 26/06/38 e 03/07/38, respectivamente, oferecendo a cada um a importância de 400$000, comprometendo-nos a retribuir a visita nas mesmas condições.
• E, por último, que se fizesse a eleição de uma madrinha do Clube.
O Sr. Presidente, como nada mais houvesse para ser tratado, deu por finda a Sessão e mandou fosse procedida a lavragem da presente Ata, o que foi feito por mim.


A. Carlos Arnt
Secretário.























ATA Nº 42 - REUNIÃO DA DIRETORIA

Aos doze dias do mês de julho do ano de mil novecentos e trinta e oito, reuniu-se em Sessão Extraordinária, a Diretoria do Estrela Futebol Clube, tendo comparecido os seguintes membros: Bertoldo Gaussmann, Oscar Noll, Carlos Arnt, Anildo Noll, Alfredo Fauth, Ito Schwanbach, Waldomiro Weber e Aloísio Schwertner.
Declarada aberta a Sessão, o Sr. Presidente mandou fosse procedida a leitura da Ata anterior, que ficou aprovada. Também foram lidos diversos ofícios recebidos de outros clubes, em resposta aos que lhes havíamos dirigido anteriormente e um do Esporte Clube Americano de Porto Alegre, no qual nos foi comunicado a eleição e posse de sua nova Diretoria.
Após, o Sr. Presidente cientificou aos presentes de que, conforme combinara verbalmente com os dirigentes do Esporte Clube Fortes e Livres de Mussum, ficou assentada que este, no dia 24 do corrente, faria a retribuição da visita que lhe fizemos em 02 do corrente mês.
Ficou resolvido que se oficiasse ao Esporte Clube Botafogo, de Guaporé, aceitando a sua proposta para jogarmos em seu campo no dia 17 do corrente e que neste mesmo oficio convidássemos o referido Clube para retribuir a nossa visita, nas mesmas condições e designando o dia 31/07/1938.
Ficou ainda resolvido que se oficiasse ao Esporte Clube Guarani de Minas de São Jerônimo, respondendo a contra –proposta feita pelo mesmo às condições que lhe havíamos estabelecido para excursionar aqui, apresentando-lhe uma nova proposta; consistiu de a mesma irmos jogar em seu campo, mediante o pagamento da importância de 400$000, a qual lhe havíamos oferecido para a sua vinda aqui com os primeiros e segundos quadros.
Por proposta do Sr. Aloysio Schwertner, Sr. Presidente, foi criado e filiado ao Estrela Futebol Clube, dois guachos juvenis, cuja integrar direção com Sr. Aloysio Schwertner comprometendo-se a assumir.
Como nada houvesse para ser deliberado, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão e mandou fosse lavrada a presente Ata, o que foi feito por mim.


A.Carlos Arnt
1º Secretário





















ATA Nº 43 - ASSEMBLEIA GERAL

Aos quatro dias do mês de março do ano de mil novecentos e trinta e nove, reuniram-se, em Sessão de Assembleia Geral Ordinária, em uma das dependências do Bar Central de propriedade do Sr. Otacílio da Rosa, os sócios do Estrela Futebol Clube.
Aberta a Sessão pelo Presidente, Sr. Bertoldo Gaussmann e obedecendo a Ordem do dia, foi feita a prestação de contas, pelo mesmo Sr. Bertoldo Gaussmann que exigiu intensamente do tesoureiro. O Sr. Gaussmann fez a disposição da Assembléia para fim de verificação (os livros recebimento) e deixa a todos os comprovantes de recebimentos e pagamentos. Ninguém porém julgou necessário fazer-se um exame minucioso.
A uma irregularidade que existiu, foi logo exposta pelo Sr. Gaussmann, instituído o mesmo em achar-se o Sr. Oscar Noll devedor do Clube da quantia de 420$600 proveniente do seu recebimento da renda aprovada com a votação para madrinha.
A seguir tratou-se de se proceder a eleição da Diretoria que deverá guiar os destinos do Estrela Futebol Clube, durante o ano de 1939 que, aprovada a votação, ficou assim constituída:
PRESIDENTE: Aloysio Schwertner
VICE-PRESIDENTE: Daniel Groenendall
1º SECRETÁRIO: A.Carlos Arnt
2º SECRETÁRIO: Ito Schwanbach
1º TESOUREIRO: Otto Steyer
2º TESOUREIRO: Armando Gemmer
ORADOR: Rudy Maria Rath
DIRETOR TÉCNICO: João Porto
Para 2º Secretário o Sr. João Porto obteve 5 votos, Heitor Kirst e Osvaldo Krestzmann, 1 voto cada. Para 2º Tesoureiro, o Sr. Heitor Kirst obteve 5 votos, Eugenio Matte 2, Osvaldo Krestzmann e Waldomiro Weber (1). Dois cada um, um voto.
Para Diretor Técnico o Sr. Heitor Kirst obteve 5 votos.
Como ninguém quisera fazer uso da palavra o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão, declarando que a posse da nova diretoria será feita oportunamente em virtude de não achar-se presente o Sr. Presidente.


Ito Schwanbach
2º Secretário.























ATA Nº 44 - REUNIÃO DE DIRETORIA

Aos 8 dias do mês de maio de mil novecentos e trinta e nove, em uma das salas do Café Central de propriedade do Sr. Otacílio da Rosa, reuniram-se a nova e velha Diretorias do Estrela Futebol Clube; os seguintes sócios do Estrela F.B.C: Bertoldo Gaussmann, Otto Steyer, A.Pschchholz, Anselmo Hartmann, Miro Weber e Alfredo Mallmann.
Aberta a Sessão pelo Ex-Presidente do Estrela F.B.C, Sr. Bertoldo Gaussmann, pediu se proceder a leitura da Ata anterior, e que foi feito por mim, Ito Schwanbach, servindo de Secretário, na ausência do Secretário A.Carlos Arnt, cujo conteúdo da mesma não ficou aprovada, diante de um oficio que o Sr. Bertoldo Gaussmann exibiu na qual o Sr. Aloysio Schwertner, eleito Presidente na ultima Assembléia Geral, pede demissão irrevogável do cargo de Presidente do E.F.C., na data de 04 de março de 1939, como também o Secretário do Clube, Sr. Antonio C.Arnt, também pediu demissão, devido transferência para Alfredo Chaves, juntamente com o Vice-Presidente Daniel Groenendall que também transferiu residência à Poço das Antas, município de Montenegro.
Diante destas circunstâncias acima expostas, o Sr. Bertoldo Gaussmann propôs a Sessão que em ultimo recurso ele voltava a presidência, junto com os demais companheiros ainda em evidência.
A Sessão resolveu a conferir o mandato por mais um ano.
Os seguintes sócios, o melhor, a Diretoria antiga, ficam assim constituída:
PRESIDENTE: Bertoldo Gaussmann
VICE-PRESIDENTE: Aloysio Schwertner
SECRETÁRIO: Ito Schwanbach, na vaga do Sr. Antonio
C. Arnt.
TESOUREIRO: Otto Steyer, na vaga deixada pelo
Sr. Marino Ruschel
ORADOR: Rudy M.Rath
Anselmo Hartmann
CAPITÃO: Waldomiro Weber
Não havendo outros assuntos a tratar, damos por encerrada a presente sessão e para os fins legais, o Sr. Bertoldo Gaussmann, aproveitando a oportunidade pôs a presente Ata em aprovação geral e como resultado foi aprovada por unanimidade de votos, eu Ito Schwanbach eleito e nomeado Secretário, escrevi e assino.


Ito Schwanbach
Secretário.






















ATA Nº 45 - REUNIÃO DE DIRETORIA

Aos vinte e três dias do mês de outubro de mil novecentos e trinta e nove, em uma das dependências da oficina do “O Paladino”, nesta cidade de Estrela, reuniu-se em Sessão Ordinária o Estrela Futebol Clube.
Aberta a Sessão pelo Sr. Bertoldo Gaussmann, foi lida e aprovada a ata da Sessão anterior, após o que o mesmo Sr. Presidente, apresentou por escrito o pedido de demissão do cargo que ocupava, sendo o mesmo aceito pelos demais membros da Diretoria. Assumiu, então a Presidência, o Sr. Aloysio Schwertner, Vice-Presidente, que por não haver outro assunto a tratar, deu por encerrada a Sessão.


Ito Schwanbach
Secretário

















ATA Nº 46 - ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

Aos oito dias do mês de março de mil novecentos e quarenta, em uma das salas do Bar Central, desta cidade e de propriedade do Sr. Tolentino P.da Silva, reuniram-se em Sessão Assembleia Geral Ordinária, os sócios do Estrela Futebol Clube.
Aberta a Sessão pelo Presidente, Sr. Alysio Schwertner, pediu que se procedesse a leitura da Ata anterior, e que feito, sendo a mesma aprovada.
A prestação foi feita e encontrada na mais completa exatidão.
Em seguida foi procedida a eleição da Diretoria que deverá guiar os destinos do Estrela Futebol Clube, durante o período do corrente ano, a qual ficou assim constituída:
PRESIDENTE: Aloysio Schwertner
VICE-PRESIDENTE: Erny Sauer
SECRETÁRIO: Ito Schwanbach
VICE-SECRETÁRIO: Mario Porto
TESOUREIRO: Otto Stayer
VICE-TESOUREIRO: Ademar Horn
CAPITÃO GERAL: Eugenio Fauth
GUARDA SPORTE: Waldomiro Weber
ORADOR: Rudy M.Rath
Nada mais havendo a tratar-se e devido ao adiantado da hora, o presidente deu por finalizada a Sessão e ordenou que fosse lavrada a presente Ata, a qual foi feito e assinada por mim.


Ito Schwambach
Secretário









ATA Nº 47 - REUNIÃO DA DIRETORIA



Ao primeiro dia do mês de abril do ano de mil novecentos e quarenta, em uma das dependências do Bar Central de propriedade do Sr. Tolentino P. da Silva, reuniram-se em Sessão da Diretoria do Estrela Futebol Clube, com a presença dos seguintes membros: Aloysio Schwertner, Erny Sauer, Ademar Horn, Otto Steyer, Ito Schwanbach e Miro Weber.
Declarado aberta a Sessão pelo Presidente, Sr. Aloysio Schwertner, este determinou que se procedesse a leitura da Ata anterior, o que foi feito por mim, Secretário do Clube, o qual foi aprovado por unanimidade.
A seguir, tratou-se da data em que se deverá abrir a temporada futebolística do corrente ano, ficando assentada a sua realização no dia sete do corrente, em cuja ocasião o Estrela F.B. Clube prestará uma justa homenagem aos seus abnegados defensores.
Foi nos apresentado um oficio ao qual o Grêmio Futebol Porto Alegrense, comunicou a eleição de sua nova Diretoria e do Conselho Deliberativo, para o exercício de mil novecentos e quarenta.
NOVOS SÓCIOS: Foram aceitos por unanimidade para o quadro de sócios os seguintes: João Maria Barreto, Oscar E.Chaves, Aray Ramos, Vicentino P.da Silva, Dr. Lauro R.Müller, Lorenço Mayer da Silva, Edgar Gonçalves, Newton F.Pedroso, Namur Nestor Nery, Salvador LaPorta, Arthur F. Preusler e Kurt Schroeder.
REMODELAÇÕES DO CAMPO: Constatado pelos membros da Diretoria, o péssimo estado do campo, foi o Sr. Presidente autorizado a mandar remodelar o que for necessário.
Nada mais havendo a tratar-se, o Sr. Presidente declarou encerrada a Sessão, determinou que se lavrasse a presente Ata, o que foi feito por mim, Ito Schwanbach, Secretário, que escrevi e assino.

Ito Schwanbach
Secretário






















ATA Nº 48 - SESSÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

Aos doze dias do mês de fevereiro de um mil novecentos e quarenta e um, em uma das salas do Bar “Elite”, reuniram-se, com a presença de número regulamentar, os sócios do Estrela Futebol Clube, em Sessão de Assembleia Geral Ordinária.
Aberta a Sessão pelo Presidente, Sr. Aloysio Schwertner, passou-se a ordem do dia, que constou do seguinte:
PRESTAÇÃO DE CONTAS: Pelo tesoureiro do nosso Clube, Sr. Ademar O. Horn, foi apresentado o movimento da Tesouraria, relativo ao tempo de seu mandato, tendo o mesmo sido aprovado por unanimidade.
ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA: Tratou-se a seguir, da eleição da nova Diretoria, a qual, aprovada a votação ficou assim constituída: Srs. Willimar Schneider, Presidente. Alberto Tschihholtz, Vice-Presidente. C.Bruno Schwanbach, 1º Secretário. Danilo Diel, 2º Dito. Stanislau Müssnich, 1º Tesoureiro. Lauro Ruschel, 2º Dito. Aloísio Schwertner, Diretor Técnico. Adroaldo Fischer, Guarda-Esporte.
VOTO DE LOUVOR: Por proposta do sócio, Sr. Willimar Schneider, fica consignado na presente Ata, um voto de louvor ao presidente, Sr. Aloísio Schwertner, pelos relevantes serviços prestados, abnegadamente, ao Estrela Futebol Clube, voto-de-louvor esse, extensivo ao Vice-Presidente, Sr. Erni Sauer, pela sua constante cooperação ao Sr. Presidente.
Nada mais havendo a ser tratado, a assembléia, digo, a Sessão foi encerrada pelo Sr. Presidente , lavrando-se da mesma, esta Ata.

...............................................










ATA Nº 49 - REUNIÃO DE DIRETORIA

A 25 (vinte e cinco) de março de 1941, reuniu-se, com a presença de seis membros, cujos nomes constam do respectivo Livro “Ponto”, a Diretoria do Estrela Futebol Clube, em uma das dependências do Bar Elite.
Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, passou-se ao expediente, que constam do seguinte:
ABERTURA DA TEMPORADA: Ficou resolvido que a abertura da temporada do corrente ano se realizasse na manhã do sai 30 de março, efetuando-se um ensaio e, após, será oferecido um churrasco, regado a chope, aos jogadores e membros da Diretoria.
Resolveu-se, outrossim, encarregar-se o Sr. Carlos Diel da feitura do referido churrasco, que deveria ser para 30 pessoas.
LIVRO PONTO: Resolveu-se a instituição, a partir da presente sessão, inclusive, do Livro Ponto, no qual assinarão as pessoas presentes às sessões em geral levadas a efeito pelo nosso Clube.
ADMISSÕES: Por unanimidade, foram aceitos os seguintes novos sócios: Antenor de Oliveira, Renato Mallmann, Lauro Dexheimer e Ademar Mallmann.
DEMISSÕES: A pedido, concedeu-se a demissão do sócio, Sr. Osvaldo M. Kretzmann.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão pelo Sr. Presidente, que ordenou-se lavrasse dela, a presente Ata, que assino em conjunto com o Sr. Presidente.

Willimar Schneider Bruno Schwanbach
Presidente Secretário











ATA Nº 50 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos nove dias do mês de maio de um mil novecentos e quarenta e um, em uma das salas do Bar “Elite”, reuniu-se, em Sessão Ordinária, a Diretoria do Estrela Futebol Clube, estando presentes 6 membros, cujos nomes constam do respectivo Livro “Ponto”.
Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, este mandou que se procedesse a leitura da Ata da Sessão anterior, a qual foi aprovada.
A seguir, passou-se ao expediente, que constam do seguinte:
OFÍCIOS:
Resolvemos quatro, sendo um do Corintiaus Sport Club, de S. Cruz, um do Vasco Foot-Ball Club, da mesma cidade, um do Club Sportivo Lajeadense, de Lajeado, pelos quais nos comunicam eleição da nova Diretoria, e um do Atlético Foot-Ball, de Encantado, convidando para jogarmos em seu gramado, no dia 11 do corrente. Todos esses ofícios foram respondidos, conforme cópias arquivadas.
JOGO COM O ATLÉTICO FOO-BALL CLUB DE ENCANTADO:
Tendo o Sr. Diretor Técnico opinado que, em virtude de não estarem devidamente ensaiados os nossos conjuntos (1º e 2º), não se excursionasse a Encantado, ficou resolvido formular uma contra-proposta no sentido de aquele clube vir efetuar uma partida em nosso gramado, no dia 18 do atual.
CAMPO:
Havendo sido arrasado pela enchente, o cercado do nosso campo, resolveu-se que, em vista do elevado custo do material e mão-de-obra necessários para levantar o mesmo de novo, totalmente, fazê-lo, por ora, parcialmente, de acordo com as conveniências, para o que seriam aproveitadas as tábuas que, em tempo amarradas, não foram levadas pelas águas.
Como nada mais houvesse a ser tratado, o Sr. Presidente deu por encerrada a presente Sessão, da qual lavrou-se esta Ata, que assino em conjunto com o Sr. Presidente.

Willimar Schneider B.Schwanbch
Presidente Secretário

























Nº 51 - REUNIÃO DA DIRETORIA


Aos trinta dias do mês de junho de um mil novecentos e quarenta e um, reuniu-se, em Sessão Ordinária, a Diretoria do E.F.C, com a presença de nove, digo, quatro membros, cujos nomes constam no respectivo Livro “Ponto”. Também estiveram presentes os desportistas Srs. João V.Bastos e José R.Acosta.
Dando por aberta a Sessão, o Sr. Presidente ordenou a leitura da Ata da Sessão anterior, que foi aprovada por unanimidade, passando-se, a seguir, ao expediente.
TELEGRAMAS:
Recebemos um, datado de 16/4, convidando para jogarmos (lá) com o Vasco, de Santa Cruz, e outro do Sr. Presidente do Clube de Futebol de Venâncio Aires, comunicando ser impossível aceitar o convite para 29/06.
TAÇA:
Tomado a palavra, o Sr. João V.Bastos disse que o fim de sua presença, era o de comunicar a Diretoria, que em nome da Ipiranga S.A., da qual é Inspetor, resolvera oferecer uma Taça para ser disputada, pelo sistema “melhor-de-três”, entre nosso Clube e o Clube Sportivo Arroio do Meio.
As datas das partidas serão marcadas pelos Clubes disputantes, realizando-se conforme deseja o ofertante – o primeiro jogo no nosso campo, o segundo em Arroio do Maio e para o terceiro, se for necessário, será sorteado um desses dois campos.
PARTIDAS:
A fim de que fiquem registradas, servindo, ao mesmo tempo de elemento para o preenchimento de boletins estatísticos, ficou resolvido que se fizesse constar nas Atas as partidas que o nosso Clube realiza, com menção da data e do local do jogo, adversário e resultado, tanto do 1º como do 2º quadros.
Neste ano efetuamos as seguintes partidas:
Em 11/05, com B.Retiro, em Bom Retiro – 1º, 5 x 1 e 2º, 1 x 1. Em 25/05, com Encantado, n/cidade – 1º, 4 x 3 e 2º, 5 x 1.
Em 01/06 com Encantado, em Encantado – 1º, 1 x 2 e 2º, 2 x 0.
Nada mais havendo a ser tratado, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão, da qual lavrou-se a presente Ata.



Willimar Schneider B.Schwanbach
Presidente 1º Secretário
























ATA Nº 52 - REUNIÃO DA DIRETORIA

Em doze de agosto de um mil novecentos e quarenta e um, reuniu-se, em Sessão Ordinária, a Diretoria do Estrela F.C., com a presença de cinco membros, conforme assinaturas do respectivo Livro “Ponto”.
PARTIDAS: Realizou-se o seguinte: Em 03/08, com Carlos Barbosa, n/cidade – 2 x 2 (não jogaram os 2ºs).
CAMPANHA PARA NOVOS SÓCIOS: Resolveu-se encetar, em breve, uma forte campanha no sentido de ser conseguidos novos sócios para nosso Clube, a fim de aumentar o número existente, que é relativamente baixo.
DECRETO LEI Nº 3199: Relacionando-se este Decreto-Lei, baixado em 14/04/1941, com as atividades de organizações desportivas e consequentemente, com a atividades do nosso Clube, resolveu-se fosse o referido Decreto-Lei convenientemente estudado, para que se cumprisse o que ele dispõe. Desse estudo, incumbiu-se o nosso Presidente, Sr. Willimar Schneider.
Dando por encerrada a presente Sessão, por nada mais haver a tratar, o Sr. Presidente ordenou que dela mesmo se lavrasse esta Ata.

B. Schwanbach
Secretário













ATA Nº 53 – SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DE DIRETORIA

Em vinte e sete de agosto de um mil novecentos e quarenta e um, reuniu-se, em Sessão Extraordinária, a Diretoria do Estrela Futebol Clube, com a presença dos membros, cujos nomes constam do respectivo Livro ponto.
Aberta a Sessão pelo Vice-Presidente do nosso Clube, Sr. Alberto Pichichholz, passou-se ao expediente, que constam os seguintes:
DEMISSÃO DO PRESIDENTE: Em ofício datado de 23/08/1941, o Presidente deste Clube solicitou exoneração do cargo, tendo sido extendido o pedido do Sr. William Schneider, por unanimidade.
PARTIDA COM LAJEADO: Ficou resolvido que 10% da renda que se registrar na partida com Lajeado, a realizar-se em nosso gramado no dia primeiro de setembro p.vindouro, e que será considerada oficial dentro do programa organizado pelo Núcleo Local da Liga de Defesa Nacional para os festejos da Semana da Pátria deste ano, nesta cidade, se destinem ao referido Núcleo.
Nada mais havendo a tratar, lavrou-se da presente Sessão, esta Ata.

B.Schwanbach
Secretário













ATA Nº 54 – SESSÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA


Aos doze dias do mês de março de um mil novecentos e quarenta e dois, em uma das salas do Bar Elite, gentilmente cedida, reuniram-se , com a presença de número regulamentar, os sócios do Estrela F.B.C, em Sessão de Assembleia Geral Ordinária.
Aberta a Sessão pelo Secretário em exercício, este passou a palavra ao consócio, Sr. Aloísio Schwertner, o qual passou o expediente que constam da seguinte ordem:
ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA: Tratou-se, a seguir, da eleição da nova Diretoria, a qual apurada a votação, ficou assim constituída:
PRESIDENTE: Sr. Dr. Francisco F.Alvarez
VICE-PRESIDENTE: Fernando Marques
1º SECRETÁRIO: J.Arsenio Schneider
2º DITO: Célio Brust
1º TESOUREIRO: Lauro Petter
2º DITO: Assino Fiorini
GUARDA-ESPORTE: Adroaldo Fischer
CONSELHO FISCAL: Alfredo Arenhardt
Bertoldo Gaussmann
Beno Lenhard
CONSELHO CONSULTIVO: Dr. José S. Albuquerque
Dr. Telmo E.Snel
Adolfo Ziebell
Ivo Mallmann
J.A.Arthur Buchmann
COMISSÃO TÉCNICA: Aloísio Schwertner
João Valente Bastos.
Em seguida, o presidente da mesa falou sobre diversos assuntos de interesse geral.
INSCRIÇÃO NA FEDERAÇÃO E COMPROMISSO DO JOGADOR: A seguir tomou a palavra o consócio, Sr. João V. Bastos, que esclareceu sobre a inscrição dos jogadores e respectivas exigências, assim também falou sobre o compromisso que tem o jogador inscrito na Liga de Futebol.
Não sendo mais de importante tratado, o presidente da mesa deu por encerrada esta Sessão.
E, para constar, foi lavrada a presente Ata, que vai assinada pelo Secretário e a presença dos demais sócios, consta no Livro Ponto.
João Arsenio Schneider























ATA Nº 55 –ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA


Aos três (3) dias do mês de setembro de 1942, na sala de Sessões do Clube Comercial de Estrela, por convocação do Sr. Presidente, reuniram-se, com a presença de número regulamentar, os sócios do Estrela Futebol Clube, em Sessão de Assembleia Geral Extraordinária. Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, passou-se a tratar do expediente, que constou do seguinte:
DEPARTAMENTO DE PROPAGANDA: Depois até longa explanação do Sr. Presidente sobre a necessidade de criação de um órgão, a semelhança do que vem se registrando nos grandes centros de futebol do país, com a finalidade de propagnar pelo maior desenvolvimento em nosso meio do “esporte das multidões”, foi aprovado, por unanimidade dos presentes, a criação do Departamento de Propaganda do Estrela F.C., com atribuições autônomas, e que ficou assim constituído:
DEPARTAMENTO DE PROPAGANDA:
PRESIDENTE DE HONRA: Dr. Claudio de Toledo Mercio
DIRETOR PRESIDENTE: Dr.Osvaldo Branco Araujo
SECRETÁRIO GERAL: Arnildo Mollmann
TESOUREIRO: Diogo Ferreira
COMISSÃO FINANÇAS: Ernesto Bohrer
Romualdo Schardong
Pedro Müssnich
Armando O. Gemmer
Alberto Pschiehholz
COMISSÃO DOS JOGADORES: Dr.Telmo Snel
Dr. José da S.Albuquerque
Lauro Ruschel
João Antonio Porto
Murilo V.T.dos Reis
COMISSÃO DE FESTAS: Edgar P.R.Rihl
Calvino Reis















ATA Nº 56 – SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DE DIRETORIA

Aos dezenove dias do mês de março de um mil novecentos e quarenta e dois, reuniram-se em Sessão de Assembleia Extraordinária de Diretoria, a fim de ser empossada a nova Diretoria para 1942. Eleita em Sessão de 12 de março corrente, e na qual estiveram presentes os seguintes consócios: Srs. Aloísio Schwertner, Dr. Francisco Flores Alvarez, Dr. José da Silva Albuquerque, Stanislau Müssnich, Célio Brust, Lauro R.Petter, Ito L.Senger, Lino Silvério Schwertner, Nelson Schilling Nery, Teobaldo Guido Schwertner, Adroaldo Fischer.
Em seguida, foi procedido a apresentação dos trabalhos para a posse da nova Diretoria do nosso Clube, que dirigirá os destinos no período de 1942.
Assumiu a presidência o Sr. Aloísio Schwertner, que empossou a seguinte Diretoria:
PRESIDENTE: Dr. Francisco F. Alvarez
VICE-PRESIDENTE: Fernando Marques
1º SECRETÁRIO: J.Arsenio Schneider
2º DITO: Célio Brust
1º TESOUREIRO: Lauro Petter
2º DITO: Assino Fiorini
GUARDA-ESPORTES: Adroaldo Fischer
CONSELHO FISCAL: Alfredo Arenhardt
Beno Lenhardt
Bertoldo Gaussmann
CONSELHO CONSULTIVO: Dr. José da S.Albuquerque
Ivo Mallmann
Dr. Telmo Snel
Adolfo Ziebell
J.A.Arthur Buchmann
COMISSÃO TÉCNICA: Aloisio Schwertner
João Valente Bastos
E, para constar, foi lavrada a presente Ata, que vai assinada pelos presentes:
Aloysio Schwertner Francisco Flores Alvarez
José da Silva Albuquerque Stanislau Müssnich
Célio Brust Lauro Petter
Ito L. Senger Lino S. Schwertner
Nelson S. Nery Thebaldo Guido Schwertner
Adroaldo Jorge Fischer


João Arsenio Schneider
Secretário





















ATA Nº 57 – SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DE DIRETORIA

Aos vinte e quatro dias do mês de março de mil novecentos e quarenta e dois, estiveram reunidos em Sessão Extraordinária de Diretoria, cuja presença consta no “Livro Ponto” e na qual foi tratado dos seguintes assuntos, sendo este expediente aberto pelo nosso atual Presidente.
POSSE DO VICE-PRESIDENTE: Em virtude de ter-se achado ausente, tomou posse nesta Sessão, o Vice-Presidente, Sr. Fernando Marques.
FICHÁRIO: Nesta Sessão foi apresentado um Fichário para Controle dos Sócios . Estando todos de acordo, este foi aprovado.
CAMPANHA PARA NOVOS SÓCIOS: Resolveu-se encetar, em breve, uma forte Campanha no sentido de serem conseguidos novos sócios para nosso Clube, a fim de aumentar o número existente, que é relativamente baixo.
SESSÃO DE DIRETORIA: Outrossim, foi resolvido para que se realizássemos, semanalmente, nas terças-feiras, as Sessões de Diretoria, a fim de poder melhor tratar os assuntos de interesses gerais.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada esta Sessão pelo Sr. Presidente, que ordenou se lavrasse dela a presente Ata, que assino em conjunto com o Presidente.

João Arsenio Schneider
Secretário












ATA Nº 58 – SESSÃO DE DIRETORIA

Aos 30 dias do mês de abril do ano de 1942, presentes os Srs. Francisco Alvarez, Aloísio Schwertner, Bertoldo Gaussmann, J.Arsenio Schneider, Lauro R.Petter, J.Artur Buchmann, João V.Bastos, Stanislau Müssnich, Beno Lenhard, Célio Brust, Adolfo Ziebell, realizou-se uma Sessão Extraordinária de Diretoria do Estrela F.C.
Declarada aberta a Sessão pelo Presidente, foi em seguida empossados os seguintes membros do Conselho Consultivo e Técnico: Srs. Bertoldo Gaussmann, J.Artur Buchmann, Beno Lenhard e João V.Bastos.
LEITURA DO EXPEDIENTE: Em seguida, nosso Secretário procedeu a leitura do expediente das últimas correspondências recebidas.
CONSELHO CONSULTIVO: Conforme ofício em nosso poder, pediu a demissão do cargo de Conselho Consultivo, o Sr. Dr. Telmo E.Snel, o qual por motivos de ocupação, não poder atender o citado cargo. Para substituir e ocupar este cargo vago, foi, na mesma Sessão, eleito o Sr. Dr. Miguel Zacharias, digno Delegado de Polícia desta cidade.
BALANCETE ANUAL: Após foi apresentado pelo Tesoureiro, Sr.Stanislau Müssnich, um Balancete Anual do nosso Clube. Depois de feito a verificação, este foi aprovado.
AUXÍLIO: Tratou-se, também, sobre um auxílio a ser conseguido, destinado a alguns “players”.
Não sendo mais nada de importante tratado, o presidente deu por encerrada esta Sessão, que vai por mim assinada, conjuntamente com o Presidente.

João Arsenio Schneider
Secretário














ATA Nº 59 – SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DE DIRETORIA


Aos 16 dias do mês de julho de 1942, teve lugar uma Sessão Extraordinária, a fim de tratar de assuntos diversos.
Aberta a Sessão pelo Presidente, foram em seguida procedidos os trabalhos, que constaram dos seguintes:
LEITURA DO EXPEDIENTE: O Secretário procedeu a leitura de diversos ofícios, etc.
AUMENTO DAS MENSALIDADES: Devido a difícil situação que estamos passando e as maiores despesas que surgem, a Diretoria resolveu aumentar as mensalidades de 2$000 para 3$000, a fim de melhor chegar à superfície dos compromissos.
SUSPENSÃO TEMPORÁRIA DUM PLAYER: Por motivo de falta de respeito e disciplina para com os superiores, a Diretoria resolveu suspender temporariamente o jogador Pedro Armindo Ruschel (Duda).
RECUSO DO CONVITE DO S.C.S.CRUZ: Por motivo de diversos jogadores acharem-se contundidos, a Diretoria resolveu não aceitar a partida para o próximo dia 19 do corrente, proposta pelo nosso co-irmão Sport Club S.Cruz, o qual insistiu na nossa vinda.
SECRETÁRIO GERAL: Em vista de diversos afazeres do Secretário, o Presidente propôs o consócio Sr. Arnildo Mallmann (paizinho) para exercer o cargo de Secretário Geral, a fim de auxiliar o 1º Secretário no desempenho do seu cargo.
NOVOS SÓCIOS: Foram apresentados mais alguns novos sócios os quais foram aceitos e cujas propostas acham-se em nossos arquivos.
E, não sendo nada mais tratado, o presidente deu por encerrada esta Sessão que vai assinada por mim, conjuntamente com o Presidente e demais membros da Diretoria.

Presidente João A. Schneider

...........................
Aloisio Schwertner
Lauro R.Petter
F.Marques
Aloysio Benno Lenhard
José Arthur Buchmann
Adolfo Ziegel
Ivo Mallmann
























ATA Nº 60 – ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA


Aos três(3) dias do mês de setembro do ano de mil novecentos e quarenta e dois, na sala de Sessões do Clube Comercial de Estrela, por convocação do Sr. Presidente, reuniram-se, com a presença de número regulamentar, os associados do Estrela Futebol Clube, em Sessão de Assembleia Geral Extraordinária.
Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, passou-se a tratar do expediente que constou do seguinte:
DEPARTAMENTO DE PROPAGANDA: Depois de longa explanação de parte do Sr. Presidente, Dr. Francisco F.Alvarez, sobre a necessidade da criação de um órgão, a semelhança do que vem sendo instituído nos grandes Centros Futebolísticos do País, com a finalidade de propagnar pelo maior desenvolvimento em nosso meio do popular “Esporte das Multidões”; foi aprovado, por unanimidade dos presentes, a instituição de um órgão anexo ao Estrela Futebol Clube, para maior difusão do futebol e que tomou a denominação de “Departamento de Propaganda”, com atribuições autônomas e que ficou assim constituído:
• DEPARTAMENTO DE PROPAGANDA:
PRESIDENTE DE HONRA: Dr. Claudio de Toledo Mercio
DIRETOR PRESIDENTE: Dr. Osvaldo Branco Araujo
SECRETÁRIO GERAL: Arnildo Mallmann
TESOUREIRO: Diogo Ferreira
• COMISSÃO DE FINANÇAS:
Ernesto Bohrer
Romualdo Schardong
Pedro Müssnich
Armando O. Gemmer
Alberto Pschichholz
• COMISSÃO DE JOGADORES:
Dr. Telmo Snel
Dr. José da Silva Albuquerque
Lauro Ruschel
João Antonio Porto
Murilo V.T.dos Reis
• COMISSÃO DE FESTAS:
Edgar P.R. Rihl
Calvino Reis
Willy Siepmann
Dr. Ary Nunes
• COMISSÃO DE PROPAGANDA:
Álvaro Leal
Oscal Noll
Florinaldo Gomes
Theodoro A.Bentz
Ilo A. Menezes
Hélio Costa Assis
Lauro Horn
Adelino Engel
Estanislau Müssnich
Graciliano Vargas
Fazendo, ainda, uso da palavra, o Sr. Presidente, apresentou a seguinte proposta, que posta em votação, foi aprovada por todos os presentes:
CONTRIBUIÇÃO DE 1$000: Em face das despesas vultuosas que, quase sempre ocorrem quando da visita de co-irmãos de centros afastados da nossa zona, tais como até Bento Gonçalves, Guaporé, Porto Alegre, etc... a Diretoria do Estrela Futebol Clube foi autorizada a cobrar, a título de auxílio, quando tais despesas somem quantia igual ou superior a 500$000 (quinhentos mil reis), até seus associados a entrada de 1$000 (um mil reis) por pessoa, por cada exibição realizada.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a presente Sessão de Assembleia Geral Extraordinária e mandou que fosse lavrada a respectiva Ata, que vai assinada por mim, Arnildo Mallmann, Secretário Geral do Estrela F.C.
A presença dos demais sócios, acha-se registrada no competente “Livro Ponto”.

Arnildo Mallmann
Secretário

























ATA Nº 61 – SESSÃO DE DIRETORIA

Aos cinco(5) dias do mês de setembro de mil novecentos e quarenta e dois (1942), no Clube Comercial de Estrela, teve lugar uma Sessão Ordinária da Diretoria do Estrela Futebol Clube, a fim de tratar de assuntos diversos.
Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, foram em seguida, procedidos os trabalhos, que constaram dos seguintes:
LEITURA DO EXPEDIENTE: Designado pelo Presidente, o Secretário Geral, procedeu a leitura de diversos ofícios, telegramas, etc.
EMBAIXADA DO FIATECI F.C.: Devendo excursionar domingo próximo a esta cidade, uma representação do FIATECI F.C. de Porto Alegre, para um embate amistoso com o Estrela F.C., foram designados os associados Bertholdo Gaussmann, Lauro Horn, Calvino Reis, Max Lauer, Ilo Menezes, Ivo Mallmann e Oscar Noll para membros da Comissão de Recepção à Embaixada visitante.
PARTIDA COM O ESPORTIVO LAJEADENSE: Nesta ocasião, foi ainda resolvido delegar plenos poderes ao Sr. Presidente, Dr. Francisco F. Alvarez e ao competente e esforçado técnico, Sr. Aloysio Schwertner para, em nome da Diretoria do Estrela Futebol Clube, elaborarem negociações com a Diretoria do nosso co-irmão de Lajeado, “Grêmio Esportivo Lajeadense”, para a realização de uma série de partidas amistosas.
Nada mais de importante havendo à tratar, foi dada por encerrada a Sessão, mandando o Sr. Presidente que se lavrasse a presente Ata que, vai por mim assinada, Arnildo Mallmann, Secretário Geral do Estrela F.C.
A presença dos demais membros, acha-se registrado no competente “Livro Ponto”.

Arnildo Mallmann
Secretário Geral












ATA Nº 62 – SESSÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA


Aos sete (7) dias do mês de março do ano de mil novecentos e quarenta e três (1943), no Clube Comercial de Estrela, gentilmente cedido, teve lugar uma Sessão de Assembleia Geral Ordinária, a fim de tratar de diversos assuntos.
Presentes regular número de associados, conforme consta no Livro Ponto, o Vice-Presidente em exercício, Sr. Fernando Marques, fez a abertura desta Sessão, na qual tratou-se dos seguintes assuntos:
LEITURA DA ATA ANTERIOR: Em primeiro lugar, o Secretário procedeu a leitura da Ata anterior, a qual foi aprovada.
TESOURARIA: Em seguida, o Tesoureiro procedeu a leitura do Balancete do exercício findo, o qual foi aprovado. Outrossim, este leu-nos a relação das contas a pagar e bens do Estrela F.C.
ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA: Por fim, foi feita a eleição da nova Diretoria, para o próximo exercício. Para essa eleição foram apresentadas duas chapas, “ A e B”, a qual depois da eleição por voto secreto, venceu a seguinte:
PRESIDENTE: Bertholdo Gaussmann
VICE-PRESIDENTE: Ivo Mallmann
1º SECRETÁRIO: Antonio Carlos Arnt
2º DITO: Lauro D.Ruschel
1º TESOUREIRO: Lauro F.Ruschel
2º DITO: Ademar L. Hessel
TÉCNICOS: F.Marques
Oscar Noll
GUARDA ESPORTE: Álvaro Paes
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Vice-Presidente, deu por encerrada esta Sessão de Assembleia Geral Ordinária e mandou que fosse lavrada a respectiva Ata, que vai por mim assinada, 1º Secretário do Estrela F.C.

J.Arsenio Schneider –Secretário


























ATA Nº 63 – ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA



Aos doze dias do mês de março de mil novecentos e quarenta e quatro, às dez (10) horas, em um dos salões do Clube Comercial de Estrela, gentilmente cedido, realizou-se uma Sessão de Assembleia Geral Extraordinária, pela convocação do consócio João Arsenio Schneider. Foi aceito número regular de associados, conforme se verifica no Livro Ponto, foi declarada aberta a Sessão, depois do Sr. João A. Schneider explicar os fins da convocação e que o Estrela Foot-Ball Club. encontra-se sem Diretoria, convidou o Sr. Acelino Pauletti, digno Prefeito Municipal, o qual coloca-se no recinto especialmente convidado para presidir os trabalhos. Aceito o convite sob a aclamação da assistência, o Sr. Pauletti assumiu os trabalhos, convidando para secretariar a sessão ao signatário desta; passado depois a tratar da ordem do dia. De conformidade com a convocação, procedeu-se a eleição, com distribuição de cédulas em branco aos presentes. Após a votação, o Sr. Presidente convidou os Srs. Frederico Augusto Markus e Willimar
Schneider para escrutinadores. Feita a apuração, verificaram os escrutinadores os seguintes resultados, que foram proclamados pelo Sr. Presidente :
PRESIDENTE HONORÁRIO: Sr.Arcelino Pauletti
PRESIDENTE EFETIVO: Lauro Horn
VICE-PRESIDENTE: Armando Gemmer
1º SECRETÁRIO: Ademar Horn
2º SECRETÁRIO: Helmuth Henemann
1º TESOUREIRO: João Arsenio Schneider
2º TESOUREIRO: Helio Nery
TÉCNICO: Aloysio Valentin Schwertner
CONSELHO CONSULTIVO: Ivo Mallmann
Stanislau Müssnich
Alberto Pschichholz
Bertoldo Gausmann
Willimar Schneider
Murilo V.Toscano dos Reis
Dr. José Albuquerque da Silva
Beno Lenhard
Armando Ruschel
Dr. Túlio Barbosa Leal
Augusto Frederico Markus
Alberto Dexheimer
Lauro Petter
Guido Schwertner
J.Arthur Buchmann
Oscar Noll
Alvaro Leal
Roberto Rodrigues
Dr. Francisco F.Alvarez
João Antonio Porto
Em seguida, o Sr. Presidente declarou que, em vista de ter estado ocupado, a Diretoria, nomeara uma Comissão composta dos Srs. Augusto Frederico Markus e Willimar Schneider para examinar e dar Parecer a respeito das contas e balancetes da festa anterior.
Após, o Sr. Presidente congratulou-se com a Assembléia, pela acertada escolha da nova Diretoria e manifestou seus votos de prosperidade ao Clube, terminando reforçando seu irrestrito apoio, em tudo que estivesse ao seu alcance, dizendo que não somente como cidadão, como também como Prefeito, colocando-se a disposição dos Srs. Dirigentes do Estrela Foot-Ball Club, solicitando finalmente que lhe propusesse para sócio.
O Sr. Presidente, após últimas palavras mereceram aplausos da assistência, concedeu a palavra a quem da mesma quisesse fazer uso, porém, como ninguém se manifestasse, declarou, por vibrante salva de palmas, encerrada a Sessão.
Do que nada contra, eu Túlio Barbosa Leal, Secretário, lavrei a presente Ata, que vai assinada por mim e pelo Sr. Presidente.
O Secretário Túlio Barbosa Leal
Vale a entre linha eu desta Sessão: Túlio Barbosa Leal
Acelino Pauletti

























ATA Nº 64 – SESSÃO DE DIRETORIA

Aos seis (6) dias de abril de mil novecentos e quarenta e quatro (1944) teve lugar em uma das dependências do Clube Comercial de Estrela, uma Sessão de Diretoria, a fim de tratar diversos assuntos:
Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, foram em seguida procedidos os trabalhos que constaram do seguinte:
DIRETORES DE COPA: A fim de atender nos dias de partida aos serviços da copa instalada em nosso gramado e que nos foi cedida pelo Sr. Mathias Ruschel Sob, resolveu-se nomear os associados deste Clube para os seguintes encargos:
• ENCARREGADOS DAS BEBIDAS: Srs. Alberto Pschichholz e Stanislau Müssnich.
• ENCARREGADOS DA VENDA DE COMESTÍVEIS: Sr. Aquiles Viana Moraes.
Estes encarregados efetuarão as comprar e vendas de todos os “comes” e “bebes”, destinados aquelas Sessões, mediante a apresentação das respectivas notas do movimento registrado.
AQUISIÇÃO DE MATERIAL DESPORTIVO: Em prosseguimento aos trabalhos, o Sr. Presidente propôs a compra de um novo terno de camisetas para o nosso clube, sendo aprovado o de cor branca com uma estrela e as iniciais azuis do nome do Clube. Para essa aquisição resolveu-se percorrer o comércio local, a fim de solicitar auxílios, para o pagamento desta encomenda.
CAMPANHA DE SÓCIOS: Resolveu-se encetar, em breve, uma forte campanha no sentido de serem conseguidos novos sócios para o nosso Clube, a fim de aumentar o número existente, atualmente, que é relativamente baixo.
DELIBERAÇÃO DE UM TORNEIO MUNICIPAL: Sob a aprovação de todos os membros da Diretoria, foi aceito o projeto do Diretor-Técnico do Clube, Sr. Aloysio Schwertner, para a realização de um torneio municipal a ser efetuado em nosso gramado entre os Clubes do interior do nosso município por uma Taça gentilmente oferecida pelo proponente, tendo em seguida o Sr. Presidente a mim notificado para dirigir um ofício aos co-irmãos do nosso município, a fim de expor as finalidades deste torneio, como também para a reunião dos representantes a ser realizada no dia 23 de abril de 1944.
Nada mais tendo sido deliberado, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão e ordenou que fosse lavrada a presente Ata e que foi feita por mim.

Lauro Horn Helmuth Henemann
Presidente 2º Secretário






















ATA Nº 65 - ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA


Aos três dias do mês de março do ano de um mil novecentos e quarenta e cinco, às 9 horas, em uma das dependências do Clube Comercial, desta cidade, gentilmente cedida, realizou-se uma Sessão de Assembleia Geral Extraordinária, convocada pelo Presidente, Sr. Lauro Horn, até então regendo os destinos deste Clube. Presentes número regulamentar de sócios, conforme consta em livro ponto, o Presidente em exercício, declarou por aberta a Sessão, para tratar de vários assuntos, conforme segue:
PRESTAÇÃO DE CONTAS: A pedido do Presidente, o Tesoureiro, Sr. João Arsenio Schneider, leu o Balancete do ativo e passivo, e o movimento em geral do Estrela Futebol Clube, durante o exercício de 1944, pondo em seguida à disposição dos sócios aí presentes.
ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA: Apresentada uma chapa oficial pelo Presidente; pediu a palavra o sócio Sr. Willimar Schneider, então constando como primeiro Tesoureiro (dizendo) disse: Que, devido ao acúmulo de afazeres que ora vinha exercendo, não poderia aceitar o referido cargo, pondo então a critério dos sócios a vaga de Tesoureiro.
Logo após, foi prosseguida a eleição, cabendo a Tesouraria ao Sr. João Arsenio Schneider, reeleito, o qual alegou que, não por falta de interesse para com o Estrela Futebol Clube, recusaria o encargo, mas sim, em virtude de já a três anos consecutivos exercer tal função, pedindo que procedessem nova eleição para o citado cargo e pondo-se a disposição para auxiliar o novo eleito onde fosse necessário. Ficando a direção para o exercício de 1945 assim constituída:
PRESIDENTE: Edmundo Hergemoeller
VICE-PRESIDENTE: Erny Sauer
1º SECRETÁRIO: Célio Brust
2º DITO: Murilo Reis
1º TESOUREIRO: Darcy Kasper
2º DITO: Aloysio Müssnich
TÉCNICO: Heitor Kist
Alfredo Fauth
GUARDA SPORT: Antonio Dornelles
Nada mais havendo a tratar, o Presidente entregou a Direção à nova Diretoria, a qual foi empossada com uma longa salva de palmas.

Lauro Horn
Presidente



















ATA Nº 66 – ASSEMBLEIA GERAL


Aos 4 dias do mês de março de 1946 na sede do Clube, reuniram-se em Sessão de Assembleia Geral, os sócios do estrela Futebol Clube. Foi pelo Sr. Presidente declarada aberta a Sessão, funcionando a mesma com regulamentar número de sócios. O Sr. Presidente mandou que se procedesse a leitura da Ata anterior, a qual foi feito por mim, Secretário, sendo aprovada pelos presentes, em todo o seu conteúdo. A seguir, a pedido do Presidente, foi feita a prestação de contas, tendo sido a mesma aprovada pelos presentes. Prosseguindo os trabalhos, o Sr. Willimar Schneider propôs constasse em Ata, um voto de louvor ao Sr. Presidente, por serviços prestados no ano próximo findo. Em seguida, foi procedida a eleição da Diretoria do Clube, a qual deverá reger os seus destinos, no ano de 1946, que ficou assim constituída:
PRESIDENTE: Erny Sauer
1º VICE-PRESIDENTE: Fridolino Bücker
2º VICE-PRESIDENTE: Heitor Kirst
SECRETÁRIO: José Azambuja
2º SECRETÁRIO: Hélio Nery
TESOUREIRO: J.Arsenio Schneider
2º TESOUREIRO: Erno Mallmann
TÉCNICO: Aquiles Morais
ZELADOR: Frederico G.Seyboth
CONSELHO FISCAL: Osvaldo Arenhardt
Helmuth Mallmann
José Moesch
Willimar Schneider
Nada mais havendo a tratar-se, o Sr. Presidente deu por finalizada a Sessão e ordenou que fosse lavrada a presente Ata, que vai por mim assinada.

Célio Brust -1º Secretário
Edmundo Hergemoeller-Presidente













ATA Nº 67 – ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

Aos sete dias do mês de fevereiro de mil novecentos e quarenta e sete, às 8.30 horas, em um dos salões do Clube Comercial desta cidade, realizou-se uma Sessão de Assembleia Geral Ordinária, sob convocação do 2º Vice-Presidente, Sr. Heitor Kirst, no impedimento, respectivamente, dos Srs. Presidente e Vice-Presidente. Aí presentes, regular número de associados, conforme se verifica no Livro Ponto, foi declarada aberta a Sessão.
PRESTAÇÃO DE CONTAS: Pelo Tesoureiro, Sr. J.Arsenio Schneider, foi apresentado o Balancete da Rreceita e Despesa, relativo ao tempo do seu mandato, o qual, após , foi por unanimidade, aprovado.
APROVAÇÃO DOS ESTATUTOS: Por designação do Sr. 2º Vice-Presidente, o associado Sr. Willimar Schneider, passou a ler os Estatutos do Clube, para submetê-lo a aprovação dos consócios presentes. Foram discutidos diversos tópicos do mesmo, tendo sido feitas diversas alterações sugeridas por unanimidade dos presentes. Assim, ficou assentado as retificações em apreço para, dest’arte, dar redação final aos citados Estatutos.
ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA: Tratou-se, a seguir, da eleição da nova Diretoria, a qual apurada a votação, ficou assim constituída:
PRESIDENTE: Heitor Ivo Kirst
1º VICE-PRESIDENTE: Willimar Schneider
2º VICE-PRESIDENTE: Aloysio Schwertner
SECRETÁRIO: J.Aury de Azeredo
2º SECRETÁRIO: Emilio Kreutz
TESOUREIRO: Arlindo Fischer
2º TESOUREIRO: Ivan Jaeger
TÉCNICO: Aquiles Morais
DIRETOR SOCIAL: Namur Nery
CONSELHO FISCAL: Lotario Musskopf
Erny Sauer
Evaldo Hilgemann
Edmundo Hergemöeller
Osvaldo Arenhardt
VOTO DE LOUVOR: Pelo Presidente eleito, foi proposto um voto de louvor ao Sr. J.Arsenio Schneider, pela eficiente operosidade e grande amor ao Estrela Futebol Clube, demonstrado quando no desempenho das funções de Tesoureiro, na Diretoria passada. Ao mesmo tempo, o Sr. Presidente também propôs que, em virtude da transferência de residência para a cidade de Lajeado, fosse o Sr. J.Arsenio Schneider, considerado por este Clube, como sócio benemérito. Com prolongadas salvas de palmas, foi aceita, pelos presentes, a citada sugestão. Também, por proposta do Sr. Presidente eleito, foi mandado constar em Ata, um voto de louvor ao Sr. Willimar Schneider , 1º Vice-Presidente eleito, por ter o mesmo elaborado e confeccionado os Estatutos, posto, na presente Sessão, em aprovação. Todos os presentes aplaudiram entusiasticamente esta sugestão, reconhecendo, desse modo, o esforço e boa vontade desse grande desportista.
Nada mais havendo a ser tratado, a Sessão foi encerrada pelo Sr. Presidente, lavrando-se da mesma, a presente Ata.

José Azambuja Heitor Ivo Kirst
1º Secretário 2º Vice-Presidente em exercício













ATA Nº 68 – SESSÃO ORDINÁRIA DA DIRETORIA


Aos onze dias do mês de fevereiro do ano de mil novecentos e quarenta e sete, em uma das dependências do Clube Comercial, reuniu-se, em Sessão Ordinária, a Diretoria do Estrela Futebol Clube, estando presentes dez de seus membros, cujos nomes constam do respectivo Livro Ponto. Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, foram, em seguida, procedido os trabalhos, que constaram dos seguintes assuntos:
TESOURARIA: Foi sugerido pelo Sr. Presidente que, em vista do Sr. Arlindo Fischer, 1º Tesoureiro eleito, não ter até a presente data, se pronunciado sobre a aceitação ou não do referido cargo, fosse designado o Sr. Secretário deste Clube, para interceder junto ao referido Tesoureiro, no sentido de que este desportista, não aceitando a incumbência deste encargo, oficiasse a esta Diretoria, comunicando sua resolução. A presente sugestão, após discutida, foi aceita pelos presentes.
SESSÕES DA DIRETORIA: Ficou assentado, por proposta do Sr. Willimar Schneider, 1º Vice-Presidente, que as Sessões Ordinárias da Diretoria, realizar-se-ão dentro dos primeiros dez dias de cada mês.
CONSTRUÇÃO DA NOVA PRAÇA DE DESPORTOS: Para tomarem parte na Comissão que se encarregará de arrecadar donativos, por intermédio do “Livro Ouro”, a ser brevemente confeccionado e, que terá por finalidade a construção da nova Praça de Desportos; ficou resolvido que, além dos componentes desta Diretoria, se incluísse os nomes dos Srs. Augusto F.Markus, Prefeito Municipal, Antonio Cardoso, Coletor Federal; José Moesch, Secretário da Prefeitura; Fridolino Bücker e Armando O. Gemmer, ambos do Comércio local.
MUDANÇA DA SEDE: Em virtude da atual sede desta agremiação não poder, por motivos diversos, continuar instalada nas dependências do Baar de propriedade dos Senhores Dexheimer & Irmãos, resolveu-se, em consequencia, que o Sr. Presidente se encarregará de entabolar conversações com o Sr. Aloysio Eidelwein, arrendatário do Salão Nobre do Edifício do Abrigo Municipal, sobre a possibilidade da transferência da nossa sede para aquele mencionado salão. No caso da concordância por parte do Sr. Aloysio Eidelwein, o Sr.Secretário oficiaria aos Senhores Dexheimer & Irmãos, agradecendo a boa vontade e as atenções sempre demonstradas pela referida firma para com o Estrela Futebol Clube.
GUARDA-ESPORTE: Sob a aprovação de todos os membros da Diretoria, presentes nesta Sessão, foram aceitas as propostas dos Senhores Presidente e Diretor Técnico do Clube, no sentido de que os mesmos se encarregariam de zelar pelo material esportivo adquirido ou a adquirir pelo Clube. Oportunamente, quando assim julgar necessário, resolvido ficou que esta Diretoria designaria uma pessoa com aptidões para ocupar o aludido cargo.
ABERTURA DE TEMPORADA: Depois de longa explanação de parte do Sr. Presidente, ficou devidamente assentado que, somente em caso de força maior, a abertura da temporada do corrente ano, verificar-se-ia no dia dois de março próximo futuro. Nesta ocasião, ficou ainda resolvido, delegar plenos poderes aos Senhores Presidente, Secretário e Diretor Técnico para, em nome da Diretoria do Estrela Futebol Clube, entabolarem negociações com um dos nossos co-irmãos, para a realização de uma partida amistosa ao nosso início de temporada.
LIMPEZA DA PRAÇA DE DESPORTOS: Considerando condições em que se encontra o gramado do Estrela Futebol Clube e, considerando também, os oferecimentos gratuitos dos Senhores J.Aury de Azeredo, 1º Secretário e Aquiles Moraes, Diretor Técnico, ficou resolvido por todos os presentes, que os aludidos membros da Diretoria, com a ajuda de duas pessoas, que seriam contratados pelo Clube, dessem início na limpeza e consertos na atual praça de desporto.
Nada mais havendo a tratar, o Senhor Presidente deu por encerrada a presente Sessão Ordinária de Diretoria, e mandou que fosse lavrada a respectiva Ata, que vai por mim assinada, conjuntamente com o Sr. Presidente.


J.Aury de Azeredo Heitor Ivo Kirst
1º Secretário Presidente


























ATA Nº 69 – SESSÃO ORDINÁRIA DA DIRETORIA


Aos quatro dias do mês de março de mil novecentos e quarenta e sete, no salão nobre do Edifício do Abrigo Municipal, atual sede do Clube, reuniu-se, em Sessão Ordinária, a Diretoria do Estrela Futebol Clube, estando presentes sete de seus membros, cujos nomes constam do respectivo Livro Ponto.
Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, este mandou que se procedesse a leitura da Ata da Sessão anterior, a qual foi aprovada. A seguir, passou-se ao expediente, que constou o seguinte:
DESIGNAÇÃO DE COMISSÃO: Por proposta do Sr. Presidente, foi sugerido que se oficiasse aos Senhores Augusto F.Markus, Prefeito Municipal; Antonio Cardoso, Exator Federal; José Moesch, Secretário da Prefeitura Municipal; Fridolino Bücker e Armando O. Gemmer, do Comércio Local, comunicando suas designações para membros da Comissão que se encarregará de arrecadar contribuições e donativos para a construção da nova Praça de Esportes deste Clube, tudo de conformidade com o deliberado na Sessão anterior.
TESOURARIA: Em substituição ao Sr. Arlindo Fischer, 1º Tesoureiro eleito, que, pelos motivos apresentados em sua carta de 11 do mês próximo passado, dizendo não lhe ser possível desempenhar o aludido encargo, foi designado o Sr. Isidoro Gregory, o qual, nesta Sessão de Diretoria, foi considerado empossado.
EXPEDIENTE RECEBIDO E EXPEDIDO: Designado pelo Sr. Presidente, o Sr. 1º Secretário procedeu a leitura da correspondência recebida e expedida, até esta data, que consta do seguinte: Ofícios recebidos, 7; Fonogramas recebidos, 1; Circulares expedidas, 42; Ofícios expedidos, 20.
REGISTRO DOS ESTATUTOS: A fim de proceder o registro, na Federação Riograndense de Futebol, dos Estatutos do Estrela F.C. e, também, de tratar de outros assuntos de interesse deste Clube, junto àquela entidade, foi designado o Sr. 1º Secretário, J.Aury de Azeredo. Para as despesas de viagem, estadia, etc... ficou resolvido que o Clube o auxiliaria com a importância de Cr$ 150.00.
AQUISIÇÃO DE POLTRONAS: Por proposta do Sr. Presidente que, tendo conhecimento que o Clube Comercial desta cidade, possui cerca de uma centena de poltronas velhas, não as ocupando para nenhuma finalidade, foi discutido sobre a possibilidade deste Clube adquirir estas poltronas, a fim de ocupá-las, futuramente, em cotejos a serem realizados em nosso campo esportivo. Ficou, nesta ocasião, resolvido que numa das próximas reuniões da Diretoria do citado Clube, comparecesse os Srs. Presidentes e 1º Vice-Presidente, a fim de apresentarem propostas para a aquisição das poltronas em referência, que, aliás, é de grande valia para o Estrela Futebol Clube.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão pelo Sr. Presidente, que ordenou que se lavrasse dela a presente Ata, que assino em conjunto com o Sr. Presidente.

J.Aury de Azeredo Heitor Ivo Kirst
1º Secretário Presidente













ATA Nº 70 – ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA


Aos vinte e nove dias do mês de fevereiro do ano de mil novecentos e quarenta e oito, em uma das dependências do Clube Comercial, gentilmente cedida, teve lugar a presente Sessão de Assembleia Geral Ordinária.
Precisamente às 9 horas, o Presidente , Sr. Heitor Ivo Kirst, declarou aberta a Sessão, convidando a mim, Willimar Schneider, para secretariar os trabalhos no que foi atendido.
Inicialmente, o Sr. Presidente esclareceu aos presentes, de que a Ata da última Sessão não podia ser submetida à aprovação, porquanto não havia sido elaborada pelo Secretário, cargo esse, que a muito se achava vago. A seguir, passou-se à ordem do dia.
PRESTAÇÃO DE CONTAS: Pelo Tesoureiro, Sr. Isidoro Gregory, foi apresentado minucioso Balancete, seguindo-se o Sr. Presidente com um Relatório Verbal dos fatos mais importantes ocorridos durante o ano social que acabava de findar.
Os atos e contas da Diretoria, após submetidos à discussão, foram aprovados pela Assembléia.
ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA: Depois de procedida a votação e feita a apuração, constatou-se terem sido eleitos:
PARA PRESIDENTE: Edmundo Hergemöller
PARA I VICE: Armando Gemmer
PARA II VICE: Eugenio Noll
PARA I SECRETÁRIO: Salvo Abech
PARA II SECRETÁRIO: Oscar Closs
PARA I TESOUREIRO: Guido Schwertner
PARA II TESOUREIRO: Aldino Hünemeier
PARA DIRETOR SOCIAL: Namur Nery
PARA I TÉCNICO: Heitor I.Kirst
PARA II TÉCNICO: Aloysio Schwertner
CONSELHO FISCAL: Antonio Cardoso
Bertoldo Gaussmann
Evaldo Hilgemann
Erny Sauer
Willimar Schneider
POSSE: Depois de apurada a votação, o Sr. Presidente proclamou os nomes dos eleitos e declarou-os empossados em seus cargos para o ano social de 1948.
A seguir, fez uso da palavra o Secretário da mesma, dizendo do esforço e abnegação com que se houve o presidente, cujo mandado acabava de findar e do zelo demonstrado pelo ex 1º Secretário, Sr. Aury de Azeredo, ambos no exercício de suas funções, por isso, propunha, que se consignasse nesta Ata, Votos de Louvor pelos relevantes serviços por eles prestados ao Estrela Futebol Clube, esta proposta foi aceita pelos presentes e reafirmada com uma forte salva de palmas.
E, como ninguém mais quisesse fazer uso da palavra, o Sr. Presidente declarou encerrada a presente Sessão de Assembléia Geral Ordinária, da qual lavrei esta Ata que assino.

Willimar Schneider
Servindo de Secretário














ATA Nº 71 – SESSÃO ORDINÁRIA DE DIRETORIA


Aos dezesseis dias do mês de março de mil novecentos e quarenta e oito, em sala do Clube Comercial, gentilmente cedida pelo seu Presidente, reuniu-se em Sessão Ordinária, a Diretoria do E.F.C, estando presente seus membros.
Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, este pediu que se fizesse a leitura da Ata da Sessão anterior, a qual foi aprovada.
Logo a seguir, estava-se no assunto marcado para a Sessão, que se tratava de arrendar um parque, ora em trânsito por esta cidade, para que pudéssemos melhorar o caixa de nossa entidade.
Para este assunto usou a palavra o Sr. Presidente, que fez uma explanação sob as condições da exploração do mesmo.
Esta proposta em votação foi a mesma aprovada.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a presente Sessão pelo Sr. Presidente.


Edmundo Hergemöller Salvo Abech
Presidente Secretário













ATA Nº 72 – SESSÃO ORDINÁRIA DE DIRETORIA


Aos nove dias do mês de abril de mil novecentos e quarenta e oito, na Secretaria do Clube Comercial, gentilmente cedida pelo seu Sr. Presidente, o Sr. Willimar Schneider, reuniu-se em Sessão Ordinária, a Diretoria do Estrela, Futebol Clube, estando presente sete de seus membros, cujos nomes constam no respectivo Livro Ponto. Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, este mandou que se providenciasse a leitura da Ata anterior, a qual foi aprovada. A seguir passou-se ao expediente, que constou do seguinte: “Apuração Geral da festa em benefício dessa entidade no Paiz Park”. Esta apreciação geral foi apresentada pelo Sr. Willimar Schneider, que fez o controle da festa no tocante aos fundos adquiridos nas noites de 29, 31, do mês de março e 2, 3 e 4 do corrente. O lucro apresentado durante estas noites alcançou a cifra de Cr$ 4.623,50 centavos, conforme Balancete. A seguir usou a palavra o Sr. Heitor Kirst, que fez (uso) uma explanação sobre melhoramento no campo, no qual combinou com a aprovação geral.
A terceira e última questão foi só a construção do nosso Estádio, que proposta pelo Sr. Presidente, sugeriu que o mesmo tivesse o nome do ilustre Presidente do Estado, Dr. Walter Jobim.
A sugestão posta em discussão veio encontrar apoio unânime, ficando, portanto, assentado que depois de apresentada a questão, a Comissão do Estádio e a mesma aprovada, denominando-se o mesmo “Estádio Walter Jobim”.
Por fim, ficou assentado o dia 1º de maio para o lançamento da pedra fundamental ao majestoso e imponente “Estádio Walter Jobim”.
Nada mais a tratar, foi a Sessão encerrada.

Edmundo Hergemöller Salvo Abech
Presidente Secretário












ATA Nº 73 – SESSÃO ORDINÁRIA DE DIRETORIA


Aos dois dias do mês de setembro de um mil novecentos e quarenta e oito, a Diretoria do Estrela Futebol Clube, reuniu-se em sua Sede Social, estando presente toda a Diretoria, foi a pedido do Presidente lida a Ata da Sessão anterior, na qual foi aprovada.
A questão abordada nesta Sessão foi sobre a participação de nossa equipe no Campeonato Estadual de Amadores.
O caso em foco depois de trocas de idéias dos membros da Diretoria, foi mandando que tomassem todas as medidas necessárias para a disputa do atual Campeonato.
Sendo só o que constava na ordem do dia, foi a mesma dada por encerrada pelo Sr. Presidente.


Edmundo Hergemöller Salvo Abech
Presidente Secretário
















ATA Nº 74 – SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA DIRETORIA


Aos dezoito dias do mês de outubro de mil novecentos e quarenta e oito, na Sede Social, reuniu-se a Diretoria do Estrela Futebol Clube, para, a pedido do Sr. Presidente.
Depois de lida e aprovada a Ata da Sessão anterior, foi apresentada pelo Sr. Presidente os motivos com que convocava uma Sessão Extraordinária.
A questão apresentada pelo Sr. Presidente foi o caso do desportista Hugo Cezar Carvalho que por ocasião do Campeonato Estadual de Amadores, frente ao co-irmão “Grêmio Esportivo Renner”, sobre o seu péssimo procedimento naquele prélio, fosse para diretoria estudar o caso em foco.
Depois de apreciado o assunto e aprovado, foi deliberado por unanimidade, excluído do nosso quadro social e desportivo, de acordo com o art. 2º das letras A e D dos Estatutos do Estrela Futebol Clube.
Foi então pedido pelo Sr. Presidente, que enviasse um ofício ao Sr. Hugo Carvalho, expondo a resolução da Diretoria e o mesmo soubesse o fato, o seu afastamento pertencente ao Clube, sendo em 48 horas.
Não havendo mais nada a tratar foi a mesma encerrada pelo Sr. Presidente.


Edmundo Hergemöller Salvo Abech
Presidente Secretário












ATA Nº 75 –ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

Aos dezesseis dias do mês de março de mil novecentos e quarenta e nove, em uma das dependências do Abrigo Municipal, gentilmente cedida, teve lugar a presente Sessão de Assembleia Geral Ordinária.
Às 21 horas, o Sr. Presidente Edmundo Hergemöller declarou aberta a Sessão, convidando o Sr. Aloísio Schwertner para fazer parte da mesa e a mim, Lothario Musskopf, para secretariar os trabalhos.
Em primeiro lugar, foi lida a Ata da Sessão anterior que foi aprovada pela Assembléia.
A seguir passou-se a Ordem do dia:
1º ) PRESTAÇÃO DE CONTAS: Pelo Tesoureiro Guido Schwertner procedeu-se a leitura do Balancete da receita e despesa relativo ao ano que findou, acusando um saldo de CR$ 3.728,70.
Esse Balancete foi aprovado pela Assembléia. Por sugestão do sócio Célio Brust, foi proposto um ato de louvor ao Tesoureiro Guido Schwertner que foi aceito por unanimidade.
2º) REVISÃO DO QUADRO SOCIAL: A seguir o Sr. Presidente referiu-se ao sócio Alfredo Pontes, como sendo sócio fundador, se deveria ou não ser aceito como sócio remido o que foi aceito pela Assembléia por unanimidade.
Em seguida foi discutido a questão relativa às jóias. Foram apresentadas duas propostas: 1º- que a jóia fosse aumentada para CR$50,00 e a mensalidade continuasse sendo a mesma. 2º - Que a jóia fosse aumentada somente para CR$ 30,00.
Posto em votação, estes dois projetos, foi aprovado pela maioria dos presentes , o primeiro.
Ficou ainda assentado que sócios juvenis pagariam a mensalidade de CR$ 2,00, cuja idade varia dos 15 aos 18 anos.
3º) ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA: Antes de proceder-se a eleição, o Presidente fez um ligeiro comentário a respeito da mesma. Disse ainda que o Técnico para a presente temporada seria escolhido pelo Presidente a ser eleito. Apresentada a Chapa Oficial pelo Sr. Presidente, iniciou-se a entrega de chapas.
Para fazerem a apuração foram escolhidos o Dr. Tito Pereira, digno Delegado de Polícia e o Sr. Armando Gemmer.
Feito a contagem, constatou-se que haviam dois votos a mais que no livro Ponto. Feita a anulação da mesma, procedeu-se nova eleição. Feita a apuração, verificou-se empate de votos, sendo destes 14 votos Chapa Oficial e 14 votos Chapa não oficial. Surge assim, novo impasse, uma vez que nos Estatutos nada consta a esse respeito. Resolveu-se, então, para nova eleição. Feita a apuração, venceu a Chapa Oficial, que ficou assim constituída.
PARA PRESIDENTE: Nilo Luchese
PARA I VICE: Salvador Abech
PARA II VICE: Alvisio Schwertner
PARA SECRETÁRIO: Ataíde Ferreira
Arlindo Fischer
PARA TESOUREIRO: Lothario Musskopf
Ernani Oppermann
PARA DIRETOR SOCIAL: Namur Nery
CONSELHO FISCAL: Dr. Luiz A.de Figueiredo
Antonio Cardoso
Augusto Markus
SUPLENTES: Helmuth Mallmann
Heitor Ivo Kirst
4º) ELEIÇÃO DA COMISSÃO PRÓ-CONSTRUÇÃO DO ESTÁDIO: O Sr. Edmundo Hergemöller fez ampla explanação a respeito da construção do “Estádio Dr. Walter Jobim”, futura praça de desportos, cuja construção deverá iniciar-se ainda este ano. Por sugestão do associado Ernani Oppermann, foram sugeridos os seguintes nomes para integrarem a respectiva comissão: Armando Gemmer, Willimar Schneider, Salvador Abech e Edmundo Hergemöller., todos do comércio local. Esta sugestão foi aceita por aclamação. Ficou assentado, ainda, que esta comissão terá plenos poderes para levar adiante a construção do Estádio, uma grande aspiração de todos os esportistas estrelenses.
POSSE DA NOVA DIRETORIA E COMISSÃO PRÓ-CONSTRUÇÃO: Pelo Dr. Tito Pereira, foram proclamados os nomes dos eleitos e declarou-se empossados em seus cargos para o ano social de 1949 o que foi feito sob uma prolongada salva de palmas.
Nada mais havendo a tratar o Sr. Alvisio Schwertner deu por encerrada a presente Sessão de Assembleia Geral Ordinária, da qual lavrei esta Ata que assino.


Lothario Leo Musskopf
Servindo de Secretário




















ATA Nº 76 – REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA - 22/8/1949



Achando-se presentes número regulamentar de membros da Diretoria, pelo Sr. Presidente Dr. Nilo Luchese, foi aberta a Sessão.
ASSUNTOS ABORDADOS:
1º - Caso do jogador José Duarte. Ficou resolvido que se consultaria Nova Prata e em caso negativo, isto é, se Nova Prata não quiser ceder o passe deste jogador à Bento Gonçalves, a Diretoria se reuniria para nova deliberação.
2º - Caso do jogador Antonio Pires da Silva. Declarou o Sr.Aquiles Morais que nada tratou com o jogador Antonio; quais as condições em que ele viria jogar em nosso Clube? Ficou por isso assentado que após a partida do dia 28 de agosto, a Diretoria se reunirá juntamente com Aquiles Morais e Antonio Pires da Silva para que este último declara suas pretensões.
3º - O Sr. Salvo Abech propôs que cada jogador recebesse CR$ 300,00 de gratificação. Ficou combinado que se correriam diversas listas para angariar fundos a fim de dar uma gratificação.
4º - Resolveu-se, ainda, que se a Federação inpugnasse o nosso gramado, nós entregaríamos os pontos.
5º - Pediu o Sr. Salvo Abeche que a Diretoria mandasse à Federação um telegrama impugnando o Juiz Paulo Howardt.
Foi resolvido que o Sr. Presidente Dr. Nilo Luchese incumbiria ao Sr. Edmundo Hergemöller para tratar na Federação sobre o caso de Paulo Howardt, levando um ofício de apoio ao Sr. Salvo Abech, declarando contrariamente que a Diretoria do Estrela F.Clube não concorda com a escalação de Paulo Howardt para juiz do Encontro entre Estrela e Lajeado.
Nada mais havendo a tratar o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão que vai devidamente assinada , digo, eu Arlindo José Fischer lavrei a presente Ata, que vai devidamente assinada. Estrela, 22 de agosto de 1949.

Nilo Luchese Ataíde Ferreira
Presidente Secretário

























ATA Nº 77 – REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06/9/1949


Com regulamentar número de membros da Diretoria, foi aberta a Sessão pelo Presidente, Dr. Nilo Luchese.
ASSUNTO ABORDADO:
Caso o Vice-Presidente, Sr. Dr. Salvo Abech, resolveu a Diretoria, de acordo com o artigo 44, dos Estatutos do Estrela Futebol Clube, demitir o Sr. Dr. Salvo Abech, por ter o mesmo, no dia 03 de setembro corrente, bem estar autorizado, digo, sem estar no exercício da Presidência e a revelia do Presidente e de qualquer membro da Diretoria, cometido grave irregularidade, qual seja, transacionado com o passe do jogador João José Duarte, inscrito ao Estrela Futebol Clube, a favor do Grêmio Esportivo, de Bento Gonçalves, e requerido o cancelamento do dito atleta, junto à Federação Riograndense de Futebol, também sem conhecimento do Presidente do Estrela F.C., que é de acordo com o regulamento geral do F.R.G.F (artigo 84), o competente para tal. Resolveu a Diretoria, diante do exposto, aplicar-lhe o referido artigo 44, para harmonia, disciplina esportiva e progresso do Estrela Futebol Clube.
Nada mais havendo para tratar, foi a Sessão encerrada pelo Presidente.


Nilo Luchese Ataíde Ferreira
Presidente Secretário











ATA Nº 78 –SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DE 17/10/1949

Com regulamentar número de membros da Diretoria, foi aberta a Sessão pelo Presidente, para ser tratado o seguinte caso: “Demissão do Sr. Aquiles Moraes”.
Apreciando o ofício enviado pelo Sr. Aquiles Viana de Morais (Baiano), datado de 15 do corrente, no qual o referido Sr. solicitava demissão do cargo de técnico auxiliar, resolveu a Diretoria, por unanimidade, atender o seu pedido, em virtude do descontentamento reinante entre os jogadores. Na mesma data foi emitido um ofício ao Sr. Aquiles Viana de Morais, comunicando-lhe a decisão da Diretoria e agradecendo-lhe os serviços prestados ao Estrela Futebol Clube. Resolveu a Diretoria, como prova de agradecimento, conceder-lhe um ingresso especial para freqüentar o campo do Estrela Futebol Clube, sem qualquer despesa, desta data até fins de 1950.
Nada mais havendo a tratar, foi a Sessão encerrada.


Nilo Luchese Ataíde Ferreira
Presidente Secretário













ATA Nº 79 – SESSÃO ORDINÁRIA DE 24/10/1949

Com número regulamentar de membros, foi realizada Reunião Ordinária, de 24 de outubro, na qual foram tratados os seguintes assuntos:
1º) ATLETA DARCI OLIVEIRA PINTO: Resolveu a Diretoria providenciar em conseguir uma colocação para o referido atleta, após o pronunciamento da Federação Riograndense de Futebol, sobre a situação do referido atleta junto à mesma.
2º) REPRESENTANTE DO ESTRELA JUNTO À F.R.G.F : De comum acordo, os membros da Diretoria resolveu nomear o Sr. Osmar Marques, representante do Estrela Futebol Clube junto à Federação Rio Grandense de Futebol. O referido Sr. trabalhará de acordo com o Sr. Eugenio Senger, antigo representante do Estrela junto a “MATER”.
Ficou deliberado que o sr. Secretário oficiará à Federação, bem como aos respectivos senhores, da decisão da Diretoria.
Nada mais havendo a tratar, foi a Sessão encerrada.


Nilo Luchese Ataíde Ferreira
Presidente Secretário












ATA Nº 80 – SESSÃO ORDINÁRIA DE 31/10/1949

Achando-se presente regulamentar número de membros, foi aberta a Sessão pelo Vice-Presidente, Sr. Aloísio Schwertner, visto o Presidente não ter podido comparecer.
ASSUNTOS ABORDADOS:
1º ) Por unanimidade, a Diretoria resolveu nomear ao Dr. Renato Alves de Oliveira, para defender o Estrela Futebol Clube na questão do jogador João José Duarte, cujo passe foi cedido pelo Vice-Presidente, Salvo Abech, quando era membro desta Diretoria, o qual foi demitido por ter realizado a referida transação, sem estar autorizado para tal. Foi entregue ao Dr. Renato Alves de Oliveira, pelo Tesoureiro, a importância de CR$ 500,00, para as despesas necessárias.
2º ) Tendo recebido um convite do Esporte Clube Avenida, de Santa Cruz do Sul, para excursionar àquela cidade, resolveu a Diretoria não aceitar o compromisso, em virtude da fase de reajuste em que se encontra a equipe . Idêntica decisão tomou a Diretoria sobre um convite do G.E.Niterói, de Porto Alegre, que pretendia jogar nesta cidade.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão.


Aloysio Schwertner Ataíde Ferreira
Vice-Presidente Secretário














ATA Nº 81 –SESSÃO ORDINÁRIA DE 07/11/1949

Aos sete (7) dias do mês de novembro de mil novecentos e quarenta e nove (1949), achando-se presente regulamentar número de membros da Diretoria, foi aberta a Sessão, pelo Sr. Presidente.
ASSUNTOS ABORDADOS:
1º) ATLETA ALMO FLORES (TITO): O referido atleta apresentou duas pretensões, que são as seguintes: “Além de um emprego, pediu luvas no valor de dois mil cruzeiros, para inscrição como não amador. Ficou a Diretoria de aguardar o regresso do Sr. Bertholdo Gaussmann que prometeu emprego para um jogador.
2º) PARTIDA PARA DIA 13/11/1949: Resolveu a Diretoria, em resposta a um fonograma do Taquariense, aceitar a proposta para um jogo aqui e não em Taquari. Em caso de resposta negativa do Taquariense, a Diretoria enviará um fonograma ao Esperança de Novo Hamburgo, convidando-o para uma partida em Estrela, já que o referido Clube está interessado em vir a esta cidade.
3º) OFÍCIO À DELEGACIA DE POLÍCIA: Resolveu a Diretoria enviar um ofício ao Dr. Delegado de Polícia, lastimando a atitude dos soldados da Brigada Militar, durante os jogos nesta cidade.
Nada mais havendo a tratar, foi a Sessão encerrada.


Nilo Luchese Ataíde Ferreira
Presidente Secretário












ATA Nº 82 – SESSÃO ORDINÁRIA DE 14/11/1949

Com regular número de membros da Diretoria, foi aberta a Sessão pelo Sr. Presidente. Logo após passou-se a discutir diversos assuntos de relevantes interesses do Clube.
1º) Em primeiro lugar tratou-se do atleta Tito recentemente vindo de Caxias. Sabe-se que suas pretensões são de dois mil cruzeiros mensais. Ficou resolvido que o referido atleta deverá se dirigir a Agencia Ford com o Sr. Bertoldo Gaussmann.
2º) Em segundo lugar foram tratados diversos assuntos referentes as próximas realizações de partidas com os Clubes co-irmãos. Ficou deliberado que a partida com o Taquariense de Taquari, ficou transferida sine-dia. Não será realizada no próximo domingo devido aos festejos comemorativos do nosso Clube.
A partida com o Avenida de Santa Cruz será enviado ofício para segunda quinzena de dezembro. A próxima partida será realizada amanhã em Arroio do Meio versus o Encantado F.C.. A próxima seguinte será com o Esperança de Novo Hamburgo.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a presente Sessão.


Nilo Luchese Lothario Musskopf
Presidente Secretário













ATA Nº 83 – SESSÃO ORDINÁRIA DE 21/11/1949

Achando-se presente regulamentar número de membros, foi a Sessão iniciada, sendo tratado os seguintes assuntos:
1º) FESTA CAMPESTRE: Resolveu a Diretoria, por unanimidade, organizar para o próximo mês de dezembro, digo, janeiro, uma “Festa Campestre”, a fim de organizar (angariar) fundos para o Estrela Futebol Clube. Foi nomeada uma comissão composta dos senhores: Edmundo Hergemöller, Célio Brust, Namur Nery e Max Lauer, os quais nomearão uma comissão de senhorinhas para trabalhar no serviço de propaganda e angariação de prêmios para serem rifados.
2º) SEGURO PARA OS JOGADORES: O Sr. Osvaldo Arenhardt, da Comissão, apresentou proposta para segurar os jogadores, em caso de acidente. A referida proposta foi aceita por unanimidade. Resolveu também a Diretoria entrar em conversação com o Sr. Edmundo Helgemöller, agente da Companhia Previdência do Sul.
Nada mais havendo a tratar, resolveu a Diretoria, encerrar a Sessão.


Nilo Luchese Ataíde Ferreira
Presidente Secretário













ATA Nº 84 – ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

Aos dezesseis dias do mês de janeiro de mil novecentos e cinquenta, nos salões da Sociedade Ginástica, às 21.30, foi realizada a Assembleia Geral Ordinária, constando da seguinte Ordem do Dia:
1º) PRESTAÇÃO DE CONTAS: Pelo Tesoureiro, Sr. Lothario Musskopf, foi apresentado um Balancete, acusando o caixa um saldo favorável de CR$ 12,70.
2º) ATIVIDADES DO CLUBE: Pelo Sr. Nilo Luchese, Presidente, foi feita uma explanação das atividades do Estrela Futebol Clube, em 1949.
3º) AUMENTO DA MENSALIDADE: O Presidente explicou aos associados presentes, a necessidade do aumento da mensalidade de CR$ 5,00 para CR$ 10,00, solicitando aos que concordassem com esse aumento permanecessem sentados. Foi então, pelo sócio Willimar Schneider, sugerido que fizesse por votação. Feito o quê, registrou-se uma vitória de 29 votos contra 5, a favor do aumento da mensalidade. Logo em seguida, procedeu-se a eleição da Diretoria para 1950. Durante a votação, registrou-se a vitória da chapa oficial, por 31 votos contra 6. Logo após, o Presidente deu posse a nova Diretoria que ficou assim constituída:
PRESIDENTE: Armando O.Gemmer
1º VICE-PRESIDENTE: Bertoldo Gaussmann
2º VICE-PRESIDENTE: Lauro Schnorr
1º SECRETÁRIO: Calvino Reis
2º SECRETÁRIO: José Moesch
1º TESOUREIRO: Ernani Oppermann
2º TESOUREIRO: Raymundo A. Ely
DIRETOR SOCIAL E ESPORTIVO: Osvaldo Arenhart
CONSELHO FISCAL: Antonio Cardoso
Aloysio Schwertner
Nilo Luchese
Antes de ser encerrada a Sessão o sócio Willimar Schneider, também membro da Comissão Pró-Construção do Estádio “Walter Jobim” fez uma explanação do andamento das obras, o que foi recebido pelos associados com estrondosa salva de palmas. Foi também pelo Sr. Willimar Schneider feito um agradecimento ao Prefeito Oscar Leopoldo Kasper pelos inestimáveis auxílios prestados à construção do Estádio.
Nada mais havendo sido tratado, encerrei esta Ata, como Secretário dos Trabalhos.


Ataíde S. Ferreira
Secretário





















ATA Nº 85 – REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA DIRETORIA DO ESTRELA F.C.


Aos vinte e um(21) de janeiro de 1950, reuniu-se, em Sessão Extraordinária, a Diretoria do Estrela Futebol Clube, em regulamentar número de membros da mesma, cujos nomes constam do respectivo Livro ponto. Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, foi feito numa proposta o seguinte:
ABERTURA DA TEMPORADA DO E.F.C. PARA 1950: Discutido o assunto, por resolução da Diretoria, ficou deliberado a abertura da temporada do corrente ano, e marcado o dia 22 de janeiro, domingo, às 8 ½ horas, no campo da baixada; no meio dia será oferecido um churrasco regado a chopp aos jogadores. Para maior difusão deste acontecimento, vai ser dado Nota Oficial à Rádio local.
Nada mais tendo sido deliberado, o Sr. Presidente deu por encerrada a reunião e mandou que fosse lavrada a presente Ata o que foi feita por mim.



Armando O.Gemmer Calvino Reis
Presidente 1º Secretário













ATA Nº 86 – SESSÃO DE DIRETORIA – 23/01/1950


Aos vinte e três dias do mês de janeiro de 1950, na Sede Social, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C., com regulamentar número de Diretores, cujos nomes constam do Livro Ponto. Aberta a Sessão, foi lida a Ata anterior, a qual foi aprovada por todos.
ABERTURA DA TEMPORADA:
Com a presença de todos os titulares e grande número de reservas dos quadros do E.F.C., foi realizado um bom e proveitoso treino e que agradou plenamente a todos, tendo comparecido regular número de associados para assistir o mesmo, apesar do mau tempo que se fazia sentir. Estiveram presentes no prático do jogo, dois novos elementos , Artidor Dutra (Prego) e Novais Matos (Sto.Angelo) e que pretendem defender as cores do Estrela F.C. ntemporada de 1950, ambos agradaram plenamente.

CHURRASCO:
Logo após o ensaio coletivo, foi oferecido aos jogadores, Diretoria e convidados um suculento churrasco regado a chopp e, é preciso se salientar da forma cavalheiresca e no meio de uma sã alegria que tudo correu, com diversos oradores e terminando numa hora de arte, onde foi a figura principal o simpático player Tito”.
POLAR SOC.ANÔNIMA:
Esta Diretoria não podia deixar de consignar em Ata, a simpática atitude do digno gerente da P.S.A, Sr. Arnaldo Diel, em oferecer para o churrasco, um barril de chopp e ficou resolvido oficiar-se ao referido Sr. agradecendo a recusa, digo, o oferecimento do precioso líquido.
TÉCNICOS:
Esteve presente à reunião de Diretoria o Sr. Acácio Luzia e que veio oferecer os seus serviços ao Estrela F.C. Esta Diretoria ficou de estudar o assunto. Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão e ordenou que se fizesse a presente Ata, a qual mandei lavrar.

Armando O.Gemmer Calvino Reis
Presidente Secretário
























ATA Nº 87 – SESSÃO DE DIRETORIA – 30/01/1950

Aos trinta dias do mês de janeiro de mil novecentos e cinqüenta, na Sede Social, reuniu-se a Diretoria do Estrela Futebol Clube, com regulamentar número de Diretores, cujos nomes constam do respectivo Livro Ponto. Aberta a reunião, foi lida a Ata anterior, a qual foi aprovada por todos.
TÉCNICO ACACIO S.LUZIA: Com a presença do referido Sr. Acácio, esta Diretoria resolveu aceitar os serviços do mesmo, sendo suas atribuições de técnico e zelador do campo, percebendo ele, os vencimentos de CR$ 800,00 mensais; enquanto não tiver emprego e com a condição do Clube fornecer casa de moradia, devendo o mesmo assinar um contrato destas condições, oportunamente.
ATLETA ARTIDOR DUTRA: Se achava presente à reunião o atleta à margem referido e suas pretenções mínimas para defender as cores do Estrela são: CR$ 2.000,00 de luvas, um emprego de CR$ 550,00 mensais e pensão. A Diretoria resolveu aceitar esta proposta e que é pelo prazo de um ano, ficando no entanto, a solução definitiva para assinatura das fichas e provável contrato, da resposta dos telegramas passados à Federação Riograndense de Futebol e Esporte Clube Pelotas, sabendo a situação do atleta perante a primeira e quais as exigências mínimas do segundo, pelo passe do referido atleta.
NOMEAÇÃO DE DIVERSAS COMISSÕES: Depois de apurado estudo, ficou resolvido nomear-se as seguintes Comissões: DIRETOR DE INSCRIÇÃO: Salvador Abech, COMISSÃO TÉCNICA: Aloysio Schwertner, Romualdo Schardong e Eugenio Alfredo Fauth; CONSULTOR JURIDICO: Dr. Renato Alves de Oliveira; ORADORES: Rudolfo Maria Rath e Theodoro A. Bentz. CRONISTAS DESPORTIVOS: Emilio Kreutz, Marino Porto e Osvaldo M. Ribeiro; COMISSÃO PRÓ-CONSTRUÇÃO DO ESTÁDIO: Armando O.Gemmer, Willimar Schneider, Salvador Abech e Edmundo Hergemöller; COMISSÃO DA COPA: Bruno P.Zart, Adão Martins da Silva, Luiz Rocha e Romeu Heberle; COMISSÃO DE CAMPO: Rudolfo Wirz, Romeu Wagner, Guido Schwertner, Célio Brust, Fridolino Bücker, Frederico Seibot e Edgar Müller. COMISSÃO DE RECEPÇÃO: Heitor Kirst, Aldino Hünemeier , Arnaldo Ruschel, Lauro Ruschel, Gaspar Fregapani, Ivo Bergesch, João José Horn, Reinaldo Kasper, Ivo Vicente Ruschel e Renhardo M. Forster.
COMISSÃO DE PROPAGANDA: Lauro Horn, Bruno Swoboda, Arcelo Diel, Luiz Bennemann, Rubem Gerhardt, Edgar Vier e Osvaldo Sauer.
Nada mais havendo a se tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão e mandou que se lavrasse a presente Ata, a qual mandei lavrar.


Armando O.Gemmer Calvino Reis
Presidente Secretário

















ATA Nº 88 – SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DE DIRETORIA – 01.02.1950


Aos primeiros dias do mês de fevereiro de mil novecentos e cincoenta, na sede Social reuniu-se extraordinariamente a Diretoria do Estrela Futebol Clube, com a presença dos Senhores: Armando O. Gemmer, Bertoldo Gaussmann, Raimundo A. Ely, Osvaldo Arenhardt e José Calvino Reis. Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, ordenou que fosse lida a Ata anterior, a qual foi aprovada.
TREINO: Ontem, terça-feira, foi realizado um bom treino de conjunto, sob a Direção do Técnico Acácio, tudo correndo normalmente. Compareceu ao mesmo, um novo defensor das nossas cores, trata-se de José Kowalsky, vulgo Polaco, e que bastante agradou.
NOVAIS MATOS, VULGO STO. ANGELO: Esteve presente o atleta marginado e assinou ficha por dois anos de não amador, com luvas de CR$ 1.000,00 e um emprego como patroleiro da Prefeitura local.
POLACO: Também esteve presente o atleta marginado o qual assinou ficha de não amador pelo prazo de dois anos, com luvas de CR$ 1.300,00, sendo que neste ato recebeu CR$ 200,00 e o restante em onze prestações mensais de CR$ 100,00 cada uma, conseguindo-se colocação para o mesmo trabalhar como pedreiro com o Sr. Max Erichsen, o qual ofereceu-lhe serviço na base de CR$ 5,00 a hora.
CORRESPONDÊNCIA EXPEDIDA: Foram expedidos 10 ofícios de comunicação da eleição da nova Diretoria, conforme cópia arquivada nesta Secretaria e mais quarenta ofícios expedidos, comunicando os interessados, componentes das diversas comissões nomeadas por esta Diretoria.
Nada mais havendo a se tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão e mandou que se lavrasse a presente Ata, a qual mandei lavrar.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Presidente Secretário
























ATA Nº 89 – SESSÃO DE DIRETORIA –13/02/1950

Aos treze dias do mês de fevereiro de mil novecentos e cincoenta, na sede Social, reuniu-se a Diretoria do Estrela Futebol Clube, com a presença dos Senhores: Armando O. Gemmer, Bertholdo Gaussmann, Raymundo A. Ely, Osvaldo Arenhardt e José Calvino Reis. Aberta a Sessão pelo Senhor Presidente, ordenou que fosse lida a Ata anterior, a qual foi aprovada.
NOVOS SÓCIOS: Foram aceitos como novos sócios os Senhores Oswaldo M.Kretzmann, João Fritsch e Frederico Griebler, propostas pelo Sr. J.Calvino Reis; Rudolfo Wirz e Antonio Odelio Oppermann, propostas por Bertholdo Gaussmann; Erno Dahmer e Osvaldo Frauken, por Osvaldo Sauer; Willibaldo Miguel Borgmann, proposto por Bruno Zart; Herberto Grumann, proposto por Almiro Graeff e João Oswaldo Eckert proposto por Arlindo J. Fischer.
SÓCIOS EM ATRASO: Foram avisados 14 sócios que se acham em atraso com a Tesouraria, conforme cópia no arquivo desta Secretaria de nº 6 à 20/50, dando o prazo até o fim do mês para satisfazerem os pagamentos.
LICENÇA DO PRESIDENTE: O Sr. Presidente, Armando O.Gemmer, pediu licença do cargo verbalmente, para fins de gozo de férias, em virtude de que, automaticamente, o Sr. Bertholdo Gaussmann, 1º Vice-Presidente, assumiu a Presidência.
FEDERAÇÃO: Foram expedidos três ofícios à mesma, o 3/50 comunicando que o 1º Vice-Presidente assumiu o cargo de Presidente; o 4/50, remetendo o Contrato que o atleta Artidor Dutra mantinha com o Esporte Clube Pelotas, um cheque de CR$5.000,00 do Banco da Província, para pagamento do passe do referido jogador e a fixa, digo, Ficha de Inscrição e Atestado de profissão do mesmo jogador e o nº5/50, fazendo a remessa de três fichas de não amador e sete fichas de amador – sendo os seguintes os atletas: Não amador: José Kovalski, Almo Flores, Novais de Matos. Amador: Lino Schwertner, Wilson Oswaldo Onzi, Nelson Schiling Nery, Nelson Noschang, Ataíde Schulz Ferreira, José Lauro Horn e Waldemar Stefani; sendo portador destes documentos o nosso prezado consócio Edmundo Hergemöller, o qual foi credenciado junto à Federação para maiores esclarecimentos, se preciso fosse.
ATLETA ARTIDOR DUTRA: Depois de muito estudo sobre as condições e situação deste atleta, esta Diretoria resolveu depositar a importância do passe do mesmo na Federação e que é na importância de CR$ 5.000,00; pois diversas negociações com o Clube do Pelotas não chegaram nunca a um bom termo, sendo que o atleta à margem citado, assinou ficha de não amador por dois anos e nas mesmas condições iniciais, ou sejam, luvas de CR$ 2.000,00, um emprego de CR$ 550,00 e pensão por conta do Clube.
PEDIDO DE DEMISSÃO: sem motivos justificados, pediu sua demissão o consócio Oscar R.Becker, em caráter irrevogável, a qual foi aceita.
CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA: Esta Secretaria recebeu comunicação da eleição de nova Diretoria das seguintes sociedades: Veterano F.Clube de Carazinho; Grêmio E. Fluminense de Caxias do Sul, Grêmio Esportivo Juventude de Guaporé, Esporte Clube Juventude de Caxias do Sul, da Federação Riograndense de Futebol, agradecendo a comunicação da eleição da Diretoria do nosso Clube, e do Banco do Rio Grande do Sul S.A também o recebemos.
Nada mais havendo a se tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão, e para constar mandei lavrar a presente Ata.


Bertholdo Gaussmann José Calvino Reis
Presidente Secretário











ATA Nº 90 – SESSÃO DE DIRETORIA – 20/02/1950

Aos vinte dias do mês de fevereiro de mil novecentos e cinquenta, em sua Sede Social, reuniu-se em Sessão, a Diretoria do Estrela F.Clube.Depois de lida e aprovada a Ata anterior, tratou-se do seguinte assunto:
PRESIDÊNCIA: De volta de sua viagem de férias e veraneio, assumiu seu cargo de Presidente, o Sr. Armando O. Gemmer. Tratou-se ainda de diversos outros assuntos referentes ao Clube e de menos importância pela qual, sua menção deixa de ser necessária.
Sendo o que tinha a tratar, a Sessão foi encerrada pelo Sr. Presidente, da qual mandei lavrar a presente Ata.

Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário


















ATA Nº 91 – SESSÃO DE DIRETORIA – 06/03/1950

Em sua Sede Social, achou-se reunida, aos seis dias do corrente mês, a Diretoria do Estrela Futebol Clube, que, com regular número de Diretores deliberou o seguinte; depois de lida e aprovada a Ata da Sessão anterior:
EXCURSÃO À ARROIO DO MEIO: À convite do Esportivo de Arroio do Meio, excursionaram ontem os 1ºs e 2ºs quadros do Estrela Futebol Clube àquela cidade, para disputa de duas partidas amistosas. Saímos vencedores em ambas as partidas pelo Escore de 2 x 1 e 6 x 0, respectivamente.
TORNEIO TRIANGULAR: Conforme regulamento elaborado pelos Clubes: Futebol Clube Santa Cruz, Esportivo Lajeadense e Estrela F.Clube, esta Diretoria resolveu tomar parte no mesmo, tudo de conformidade com o citado regulamento que se acha arquivado nesta Secretaria.
Nada mais havendo a tratar, foi a Sessão encerrada pelo Sr. Presidente. E, para constar, mandei que se lavrasse a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário













ATA Nº 92 – SESSÃO DE DIRETORIA – 13/03/1950

Aos treze dias do mês de março de mil novecentos e cinquenta, em sua Sede Social, com regular número de Diretores, reuniu-se a Diretoria do Estrela Futebol Clube, pelo Sr. Presidente, foi aberta a Sessão e logo após, lida e aprovada a Ata anterior. Foram ventilados diversos assuntos de importância como sejam:
TORNEIO TRIANGULAR – 1ª PARTIDA: Ontem dia 12, com grande assistência, enfrentamos em nosso gramado, o nosso tradicional e valoroso adversário, o Esportivo Lajeadense, na primeira partida pelo Torneio Triangular, depois dos renhidos e disputados noventa minutos a vitória não sorriu a nenhum dos dois bandos por quanto finalizou com o empate em 1(um) tento. O Esportivo Lajeadense, no entanto, já nos leva a vantagem de uma vitória que obteve em Santa Cruz, sobre o F.C.Santa Cruz, partida esta realizada no dia 5 do corrente mês.
Nada mais havendo a tratar, foi dada por encerrada a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.

Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário













ATA Nº 93 – SESSÃO DE DIRETORIA – 20/03/1950

Em sua sede Social, com regular número de Diretores, reuniu- se a Diretoria do Estrela Futebol Clube que, pela palavra do seu Presidente, deu por iniciados os trabalhos. Foi lida pelo Sr. Secretário, a Ata da Sessão anterior a qual estando em tudo conforme com o ocorrido, foi aprovada por todos os presentes. Foram expostos os seguintes assuntos:
TORNEIO TRIANGULAR – 2ª PARTIDA: A fim de cumprir o segundo compromisso, excursionamos à Santa Cruz com ambos os quadros, nessa partida fomos infelizes pois baqueamos frente ao Esporte Clube Santa Cruz, pelo apertado escore de 4 x 3.
ATLETA JOÃO CLAUDINO MOTTA: Esteve nesta cidade, o Sr. Osvino Selig, Presidente do F.C.Montenegro, com o qual solucionamos a situação do atleta acima mencionado, pagando a importância de CR$ 2.000,00 pelo passe do mesmo.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a presente Ata, mandei lavrar esta e eu assino.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário










ATA Nº 94 – SESSÃO DE DIRETORIA – 27/03/1950

Para resolver os assuntos abaixo mencionados, reuniu-se mais uma vez a Diretoria do Estrela Futebol Clube. Após a leitura e aprovação da Ata da Sessão anterior, tratou-se do seguinte:
TORNEIO TRIANGULAR – 3ª PARTIDA: Em prosseguimento do torneio triangular jogamos ontem em nosso campo com o valoroso Futebol Clube Santa Cruz, compareceu uma grande assistência, tal o interesse por este prélio, no entanto, por incrível que pareça, depois de estar a partida toda favorável a nós, dominando as jogadas, fomos ainda perder a mesma pelo escore de 2 x 1.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada, pelo Sr. Presidente, a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Presidente Secretário
















ATA Nº 95 – SESSÃO DE DIRETORIA – 03/04/1950

Aos três dias do mês de abril de mil novecentos e cinquenta, em sua Sede Social, com regular número de seus Diretores, os quais se acham registrados no Livro Ponto, reuniu-se a Diretoria do Estrela Futebol Clube. Em seguida foi aberta a Sessão com a leitura da Ata anterior feita pelo Sr. Secretário, sendo a mesma aprovada por unanimidade. Logo depois foram ventilados vários assuntos, alguns dos quais pela sua importância ficam registrados como segue:
TORNEIO TRIANGULAR – 4ª PARTIDA: Ontem, dia 2, fomos disputar o nosso 4º compromisso do Torneio Triangular, em Lajeado, com a presença de uma grande assistência e o natural e geral nervosismo, tanto de jogadores como de torcedores já pelo fato de termos empatado a primeira partida em um tento, foi dado início da sensacional pugna. Depois de transcorrido os 90 minutos saímos vitoriosos frente ao nosso aguerrido e tradicional adversário pelo ajustado escore de 2 x 1.
ATLETA OSMAR BERWING: A pedido do atleta e do Botafogo F.C. de Alegrete, fornecemos o passe liberatório deste atleta, que está servindo em uma das unidades do exército sediada naquela cidade.
Sendo o que se tinha a tratar, foi encerrada a Sessão, da qual mandei lavrar a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário












ATA Nº 96 – SESSÃO DE DIRETORIA – 17/04/1950

Convocada uma Sessão de Diretoria, compareceram regular número de Diretores do Estrela Futebol Clube, em sua Sede Social, aos dezessete dias do corrente mês. Depois de lida e aprovada a Ata da Sessão anterior, foi dado início aos trabalhos, pela ordem que segue:
TORNEIO TRIANGULAR – 5ª PARTIDA: Ontem excursionamos à Santa Cruz para cumprirmos com a quinta etapa do Torneio, jogado em campo neutro com o nosso tradicional adversário, o Esportivo Lajeadense. Daqui como de Lajeado, seguiram diversos ônibus lotados e grande quantidade de automóveis. A assistência presente ao gramado era enorme e a expectativa maior ainda. Fomos infelizes, o nosso “onze” estava irreconhecível, nunca se achou, só mesmo no fim do jogo é que houve um pequeno equilíbrio, perdemos por 2 x 0 .
Nada mais constava e por isto foi encerrada a Sessão da qual mandei que se lavrasse a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário












ATA Nº 97 – SESSÃO DE DIRETORIA – 08/05/1950

Achando-se presente regular número de membros, foi aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, o qual mandou que fosse lida a Ata da Sessão anterior, sendo a mesma aprovada.
ASSUNTOS ABORDADOS:
PARTIDA AMISTOSA: Realizou-se domingo, o grande prélio amistoso com o nosso co-irmão o Esporte Clube Aymoré de São Leopoldo. Foi uma partida muito disputada e finalizou com o justo empate de 1 x 1. Conforme ficou assentado verbalmente com os Diretores do referido Clube, futuramente retribuiremos esta visita.
FLÂMULA: Foi-nos também oferecido uma rica Flâmula do Clube visitante.
Nada mais havendo a constar, Foi encerrada a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário














ATA Nº 98 – SESSÃO DE DIRETORIA – 15/05/1950

Estando presente regular número de Diretores foi aberta a Sessão pelo Sr. Presidente . Depois de lida e aprovada a Ata da Sessão anterior, foi dado início aos trabalhos pela ordem que segue:
PARTIDA AMISTOSA: Continuando as nossas finalidades esportivas, colhemos ontem mais uma vitória sobre o aguerrido Esquadrão do São José de Lajeado, pelo escore de 3 x 2.
TREINADOR ACÁCIO LUZIA: A Comissão Técnica e os membros da Diretoria, não estando satisfeitos com os serviços profissionais do mesmo, resolveram dispensá-lo desta função.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão, da qual mandei que se lavrasse a presente Ata.



Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário















ATA Nº 99 – SESSÃO DE DIRETORIA – 22/05/1950


Com a presença dos membros da Diretoria, reunidos em sua Sede Social, foi aberta a Sessão com a leitura e aprovação da Ata anterior.
Os assuntos abordados obedeceram a seguinte ordem:
AVENIDA DE SANTA CRUZ: Devia ter-se realizado, domingo, dia 21, uma partida amistosa com o nosso co-irmão, no entanto, devido ao mau tempo esta não foi realizada. Ficou resolvido convidar-se o Esporte Clube Floriano, de Novo Hamburgo, para uma partida amistosa por ocasião dos tradicionais kerbs de Estrela, pedindo quais as condições.
Foi encerrada a Sessão por que nada mais tinha-se a tratar, por isto mandei lavrar a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário















ATA Nº 100 – SESSÃO DE DIRETORIA – 12/06/1950

Com regulamentar número, reuniu-se a Diretoria do Estrela Futebol Clube em sua Sede Social. Depois de lida e aprovada a Ata anterior, foi dado início aos trabalhos.
TORNEIO TRIANGULAR - FINAL: Finalmente a 8 de junho, jogamos a última partida do torneio em Lajeado (campo neutro) com o Esporte Clube Santa Cruz, nosso também tradicional e valoroso adversário, o derrotamos pela elevada contagem de 6 x 0, com esse resultado, ficamos colocados em segundo lugar no torneio, sendo campeão o Esportivo Lajeadense. Foi goleador deste torneio o nosso estimado atleta José João Duarte (Ieié) que conquistou fino mimo.
TORNEIO TAÇA MARABÁ: Conforme resolução desta Diretoria, ficou resolvido tomar-se parte neste novo torneio entre os Clubes Encantado, Esportivo Lajeadense e o Estrela F.Clube, tudo de conformidade com o respectivo regulamento. A primeira partida deste torneio foi realizada ontem em nosso campo, tendo o Estrela como adversário o Esporte Clube Encantado, o qual foi facilmente derrotado pelo escore de 3 x 1.
KERBS: Como não chegamos ao bom termo com o Esporte Clube Floriano, para o jogo a se efetuar domingo, dia 18 , resolvemos convidar o Esportivo Lajeadense, o qual aceitando nos deu a oportunidade de assistirmos o choque rei do Alto Taquari.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário











ATA Nº 101 - SESSÃO DE DIRETORIA - 19.06.50


Aos dezenove dias do mês de junho de 1950, em sua Sede Social, reuniu-se a Diretoria do Estrela F. Clube, a qual deliberou o seguinte: Que fosse lida a Ata anterior, bem como a matéria a ser discutida.
Os assuntos foram os seguintes:
PARTIDA AMISTOSA: Para comemorar os tradicionais “kerbs” de Estrela, defrontaram-se em nosso gramado, que se achava quase super-lotado, o nosso valoroso e tradicional adversário, o Esportivo Lajeadense; obtivemos uma bonita vitória, pois vencemos por 2 x 1.
ESPORTE CLUBE MONTENEGRO: Ficou resolvido convidar-se o Esporte Clube Montenegro para uma partida amistosa para o dia 25 do corrente, a se realizar em Estrela ou Montenegro, conforme fosse combinado.
Nada mais havendo a tratar foi encerrada a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.

Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário












ATA Nº 102 - SESSÃO DE DIRETORIA - 26.06.50


Com a presença dos membros da Diretoria reunidos em sua Sede Social, foi aberta a Sessão com a leitura e aprovação da Ata anterior.
Os assuntos obedeceram a seguinte classificação:
EXCURSÃO À SANTA CRUZ: Ficou resolvido, do Sr. Presidente entrar em entendimento com os Diretores do Esporte Clube Avenida de Santa Cruz, para realizar uma partida amistosa para o dia 29 do corrente, Dia Santificado. Nada mais havendo, etc...


Armindo O.Gemmar José Calvino Reis
Secretário


















ATA Nº 103 - SESSÃO DE DIRETORIA - 03.07.50


Aos três dias do mês de julho de mil novecentos e cinquenta, reunidos em sua Sede Social, os Diretores do Estrela F. Clube, pelo seu Presidente deu por iniciados os trabalhos. Depois de lida e aprovada a Ata anterior, foi tratada o seguinte assunto:
DIA DO FUTEBOL: Designado pela Federação Riograndense de Futebol, realizou-se, ontem, domingo, em nosso gramado, a partida do Dia do Futebol, sendo nosso adversário o Esporte Clube Guarany de Venâncio Aires, obtivemos uma fácil vitória por 4 x 1.
Sendo o que se tinha a tratar, foi encerrada a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.


Armando O.Gemmer José Calvino Reis
Secretário
















ATA Nº 104 - SESSÃO DE DIRETORIA - 24.07.50


Com regulamentar número de Diretores, reuniu-se a Diretoria do Estrela F. Clube, aos vinte e quatro dias do mês de julho de 1950, dando início aos trabalhos, foi lida e aprovada a Ata da Sessão anterior.
TORNEIO MARABÁ: Jogamos, ontem, em Lajeado, com o Esportivo Lajeadense, a segunda partida deste torneio. Saiu vencedor o Lajeadense pelo apertado escore de 2 x 1.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão. E, para constar mandei lavrar a presente Ata.


Armando O.Gemmer José Calvino Reis
Secretário


















ATA Nº 105 - SESSÃO DE DIRETORIA - 16/08/50


Aos dezesseis dias do mês de agosto de mil novecentos e cinquenta, em sua Sede Social, reuniu-se, com regulamentar número de seus Diretores, os quais estão registrados no competente Livro Ponto, a Diretoria do Estrela F. Clube.
Pelo Sr. Presidente foi aberta a Sessão. Em seguida, foi feita a leitura da Ata da Sessão anterior, a qual foi aprovada.
ASSUNTOS ELABORADOS:
PASSE DO ATLETA JOSÉ JOÃO DUARTE: Para normalização da situação deste atleta perante a F.R.G.F. à favor do nosso Clube, é público e notório o que esta Diretoria fez. Felizmente, com a intervenção do novo Delegado da Federação, nosso prezado consócio, Sr. Theodoro A.Bentz e nosso Vice-Presidente, Sr. Bertholdo Gaussmann, que entraram em entendimentos diretos com o Esportivo de Bento Gonçalves e conseguiram harmonizar toda a situação, pagando pelo passe do referido atleta a quantia de CR$15.000,00. O Esportivo de Bento Gonçalves mandou retirar a denúncia do processo que existia contra o Estrela F.Clube na F.R.G.F., ficando desta forma solucionado este assunto que tantos transtornos causou a esta Diretoria. Sentimo-nos satisfeitos com esta situação, pois o atleta em questão assinou Ficha de Não Amador por três anos pelo Estrela F. Clube, ao mesmo tempo, por termos ido de encontro aos desejos de nossos prezados consócios, pois foi um assunto que apaixonou não só os torcedores do Estrela F.Clube como todos a
queles que dele tinham conhecimento.
LOUVOR: É de justiça que se consigne em Ata, um voto de louvor aos prezados consócios Bentz e Gaussmann, pelo feliz desfecho ao assunto, e muito principalmente ao digno companheiro de Diretoria, Sr. Oswaldo Arenhart que, com sua costumeira fidalguia, nos adiantou o respectivo numerário.
SORTEIO DE UM RÁDIO: Para cobrir as despesas com a compra do passe do atleta Jejé, resolveu esta Diretoria fazer sortear um rádio, o que será providenciado imediatamente.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.



Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário
























ATA Nº 106 – SESSÃO DE DIRETORIA – 28/08/1950

Convocada uma Sessão, reuniu-se a Diretoria do Estrela F. Clube, em sua Sede Social, onde pelo Senhor Presidente, foram iniciados os trabalhos, com a leitura e aprovação da Ata anterior.
Assuntos tratados:
CAMPEONATO DE AMADORES – 1ª PARTIDA: De acordo com a designação da F.R.G.F e de conformidade com o carnet da mesma para os jogos do Campeonato de Amadores do Estado, enfrentamos em primeira partida do referido campeonato, na cidade de Lajeado, o nosso tradicional adversário, o Esportivo Lajeadense, foi juiz da partida o Sr. Julio Petersen, do quadro do F.R.G.F.
No decorrer da mesma, o Senhor Juiz se houve com uma infelicidade incrível, prejudicando o nosso quadro de uma forma tal, que chegou a revoltar a todos que assistiam a partida. Deu como válidos dois gols, sendo que o primeiro, nosso arqueiro foi empurrado com as mãos, sob as vistas complacentes do Sr. Juiz e de todos quantos o viram, para dentro do gol; o segundo, foi feito em flagrante e vergonhoso impedimento; o Sr. Juiz, ainda não satisfeito com isto, quando com justiça, nosso capitão do quadro lhe reclamou, em termos, pois até bem camarada eram, o expulsou do gramado juntamente com o nosso atleta Ataíde Ferreira. Com esta atitude do Sr. Julio, talvez lhe tenha voltado à consciência ou despertado a mesma, e quis ou procurou sanar a sua parcialeilíssima atuação, não impediu de deu por válido um gol, consignado pelo nosso atacante Prego, em um impedimento tão vergonhoso que qualquer leigo anularia. “O interessante é, que a torcida Lajeadense que sempre está pronta para prorromper em protesto, e os pr
óprios jogadores, nada reclamaram”. Terminando a partida, com o resultado de 2 x 1 à favor do Lajeado, é curioso se fazer esta menção. “Não houve alegria por parte da torcida, antes pelo contrário, todo mundo tratou de sair do campo o quanto antes possível”... O Sr. Juiz, Julio Petersen, consignou na súmula que o capitão João Claudino Motta, lhe havia perguntado “quanto ganhara para dar a vitória ao Lajeado”, e o atleta Ataíde, por ter dito a ele, Juiz, “porque não o expulsava também.”
Esta foi a primeira partida que jogamos pelo Campeonato de Amadores de 1950.
“Sem mais comentários!...”
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão, da qual mandei lavrar a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário






















ATA Nº 107 – SESSÃO DE DIRETORIA – 04/09/1950

Achando-se presentes todos os membros de Diretoria, foi aberta a Sessão pelo Sr. Presidente, o qual mandou ler a Ata da Sessão anterior, sendo aprovada. Tratou-se dos seguintes assuntos:
CAMPEONATO DE AMADORES – 2ª PARTIDA: Conforme determina o carnet da F.R.G.F., jogamos ontem em nosso campo, a segunda partida do Campeonato de Amadores, com o Esportivo Lajeadense; foi juiz do prélio o Sr. Paulo Howardt, da F.R.G.F. Se achavam presentes, também altas autoridades da Federação, Sr. Melechi, Tesoureiro, Leonel Alvin Filho, Secretário F.J.D e o capitão Mareu, assistente do Departamento do Interior. As dependências do campo estavam todas tomadas. A partida foi dura e muito disputada, o Lajeadense teve a chance de abrir a contagem, no entanto, o primeiro tempo do jogo terminou empatado em um gol, no segundo tempo começamos a pressionar mais e os Lajeadenses se perderam por completo, à ponto do zagueiro Eni agredir o nosso player Prego, sendo zagueiro expulso do campo; logo em seguida, por intermédio de Prego, com um gol de cabeça, de magnífica feitura, conquistávamos a vitória por 2 x 1. De acordo com o regulamento, jogamos a prorrogação de 30 minutos, com dois tempos de 15 minutos cada um; ne
sta prorrogação viu-se um futebol muito bonito e de classe, nos primeiros 15 minutos não houve abertura de escore, esta só veio aos 8 minutos e de autoria de Prego novamente, que desta forma deu a vitória ao Estrela F.C. pela contagem de, nos 90 minutos, 2 x 1 e na prorrogação, 1 x 0. Com esta esplêndida vitória, quebramos o tabu dos lajeadenses, não podendo eles usarem mais o pomposo título de Campeoníssimo do Alto Taquari, pois caíram frente ao tradicional, valoroso e leal adversário, o glorioso Estrela Futebol Clube. A atuação do Sr. Paulo Howardt, é de justiça que se houve, pois foi muito feliz, puniu todas as faltas com muita precisão e foi sempre autoridade em campo; quando da expulsão do atleta indisciplinado do Lajeadense, houve invasão de campo por parte dos Lajeadenses, os quais foram enfrentados por nossa torcida e com a ajuda dos policiais, foi posto água na fervura e tudo correu normalmente até o final. Com essa vitória, podemos afirmar aos que não presenciaram esta partida, que foi um acont
ecimento que raro se vê, pois, a alegria, o regosijo tomou conta de todos; rojões e foguetes estiveram por todos os cantos e não ficou só nisto, pois, as comemorações se prolongaram até altas horas da noite. Ficou ainda resolvido oferecer-se aos atletas um jantar monstro na Estação Rodoviária local, amanhã à noite. Domingo à noite foi pela Diretoria, oferecido aos atletas e representantes da Federação, uma janta, no Hotel Bentz. É preciso que se consigne nesta Ata, a boa impressão que os dignos representantes nos causaram, tanto na missão que os trouxe à nossa cidade e como verdadeiros “gentlemans”.
Merece especial menção também, e com justiça, não poderíamos esquecer o nome do nosso companheiro, o abnegado Aloysio Schwertner, nosso técnico, que soube levar à vitória o nosso glorioso esquadrão. Louvores ao Aloysio!!
NOSSA EQUIPE: É com simpatia, com housanas, com um grande obrigado aos destemidos atletas do Estrela Futebol Clube, Amaury, Nelsinho, Lamão, Ataíde, Tito, Laurinho, Talo, Ieié, Prego, Mirinho e Polaco, que nos referimos à eles, que nos trouxeram esta grande vitória.
Não havendo outros assuntos a tratar, encerrou-se a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino reis
Secretário












ATA Nº 108 – SESSÃO DE DIRETORIA – 18/09/1950

Em sua Sede Social, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. Foi aberta a Sessão com a leitura e aprovação da Ata anterior.
Assunto ventilado:
CAMPEONATO DE AMADORES – 3ª PARTIDA: Dando prosseguimento aos jogos do Campeonato de Amadores, depois de derrotarmos o Esportivo Lajeadense, enfrentamos o nosso segundo adversário na 1ª partida de melhor de quatro pontos, o campeão de Guaporé, o Esporte Clube Fortes e Livres, quadro esse que vinha de bonitas vitórias, pois sagrou-se campeão pela cidade de Guaporé e alijou do Campeonato o Esporte Clube Encantado. A partida foi no nosso gramado com regular número de assistentes. Foi uma partida fácil, pois derrotamos o adversário por 5 x 0, quando o resultado era de cinco gols, o nosso esquadrão passou a desinteressar do placard e fazíamos unicamente filigranas e deram uma lição de futebol ao adversário. Foi o juiz da partida, o Sr. Nunes da F.R.G.F, com boa atuação e muito fácil, diante da maior classe do onze estrelado.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão, da qual mandei lavrar a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário









ATA Nº 109 – SESSÃO DE DIRETORIA – 25/09/1950

Com a presença dos membros da Diretoria, reunidos em sua Sede Social, foi aberta a Sessão com a leitura e aprovação da Ata anterior.
Foram tratados os seguintes assuntos:
SUSPENSÃO DE ATLETAS: Foram suspensos pelo F.J.D, os atletas João Claudino Motta e Ataíde Schutz Ferreira, que haviam sido expulsos de campo na primeira partida com o Lajeadense; o primeiro por dois jogos e o segundo por um jogo.
CAMPEONATO DE AMADORES – 4ª PARTIDA: Jogamos ontem com o Esporte Clube Fortes e Livres, a 2ª partida, melhor de 4 pontos, na cidade de Guaporé. O nosso esquadrão jogou desfalcado de três elementos, o zagueiro Lamão, o Halff, volante Ataíde e o meia esquerda Mirinho, que foram substituídos por Theobaldo, Wilson e Renato. O gramado estava impraticável e jogamos com chuva. Foi Juiz do prélio o Sr. Queirolo Campos, com boa atuação, punindo com acerto as jogadas bruscas e pesadas de ambas as partes. Fomos novamente vitoriosos pela contagem de 2 x 1. Daqui por diante, o que subscreve esta, passa a narrar o seguinte: Com este resultado o Estrela F.C. conquistou o almejado e indiscutível título de “Campeão do Alto Taquari”. No nosso regresso, por todos os lugares por onde passamos, fomos festejados e vivados. A maior surpresa foi dada à comitiva em Vila Corvo! Estavam ali aguardando a missão, acima de 30 autos e ônibus. A cena de alegria é indiscritível. Foguetes, rojões e vivas ensurdecedores! Rumamos então
para a cidade, era lindo ver-se a longa fila e as luzes dos carros quando entramos na cidade. Fomos recebidos abaixo de vivas, foguetes e rojões, na Estação Rodoviária, achava-se uma verdadeira massa humana, percorremos todas as principais ruas da cidade, abaixo de vivas e rojões e o buzinar dos autos; descemos todos na rodoviária, aí haviam cenas de todos os feitios, alegria, comoção, até lágrimas (mas lágrimas de alegria), não se poderia descrever tudo o que se passou, só se pode dizer que foi um acontecimento grandioso.!...
Grande número de atletas, elementos da missão e torcedores, ficaram festejando tão grande vitória do Estrela F. C.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão, da qual mandei que se lavrasse a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário
























ATA Nº 110 – SESSÃO DE DIRETORIA – 02/10/1950

Com a presença dos membros da Diretoria, reunidos em sua Sede Social, foi aberta a Sessão com a leitura e aprovação da Ata anterior.
Assuntos tratados:
BOLO DA VITÓRIA: O moinho Cruzeiro do Sul, da Vila de Roca Sales, havia oferecido um bolo monstro para aquele Clube que fosse o campeão do Alto Taquari. Este bolo foi entregue em um ato solene e cujo ato foi irradiado pela Rádio Alto Taquari de Estrela. A cerimônia foi levada à efeito no Bar da Estação Rodoviária local, foi oferecido um chá onde se achavam presentes todos os atletas do Estrela F.C., a Diretoria, a madrinha do Clube, Dona Eunice Ribeiro Lopes, o Sr. Prefeito e outras altas autoridades e incalculável número de torcedores e associados de ambos os sexos. O bolo monstro estava lindamente ornamentado e viam-se artísticos cartões com os nomes dos atletas campeões do Alto Taquari. Fez a oferta em nome do moinho o nosso prezado amigo Chaves Garcia, da Rádio Local que, em bonitas palavras, elogiou os atletas campeões e felicitou aos Diretores do Estrela F.C. Em nome da Diretoria, falou o Sr. Rudolfo Maria Rath, orador do Clube, agradecendo a linda oferta.
CARTÃO DE PRATA EM UM LINDO QUADRO: Pela Srta Eunice Ribeiro Lopes, madrinha do Estrela Futebol Clube, foi oferecido um fino e artístico cartão de prata ao quadro Campeão do Alto Taquari. Agradeceu esta oferta o capitão da equipe, Tito. Foi uma noitada explêndida.
CAMPEONATO DE AMADORES – 5ª PARTIDA: Prosseguindo as partidas de campeonato, jogamos com o Esporte Clube Brasil em Farroupilha, campeão daquela chave. Foi árbitro o Sr. Queirolo Campos, da Federação, jogamos ainda desfalcados do atleta Lamão e Talo. Jogaram em substituição a esses atletas, Novais de Mattos e Geraldo Freitas. No decorrer da partida os players Mattos, Polaco e Mirinho se machucaram, na nossa linha, praticamente, tínhamos só dois homens, Prego e Ieié, assim mesmo derrotamos o “Brasil” no seu próprio campo por 2 x 1. A atuação do arbitro (Queirolo Campos) foi muito boa. Em nossa volta fomos muito aclamados e na Vila de Roca Sales nos ofereceram uma cervejada e houveram diversos discursos; na Vila de Corvo também estavam nos esperando, onde também fomos obsequiados. Devido ao adiantado da hora da chegada aqui em Estrela, assim mesmo tinha muita gente nos aguardando e fomos condignamente recebidos com muitos rojões e vivas e uma pequena festinha que se prolongou até tarde da noite.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão, da qual mandei lavrar a presente Ata.


José Calvino Reis
Secretário


















ATA Nº 111 – SESSÃO DE DIRETORIA – 09/10/1950

Com a presença dos membros da Diretoria, reunidos em sua Sede Social, foi aberta a Sessão com a leitura e aprovação da Ata anterior.
Assuntos abordados:
LUIZ BENNEMANN Fº - É de justiça que se faça uma especial menção a esse nosso prezado consócio, pela sua ação como correspondente que é do Jornal A Folha da Tarde, pelo bem compsilado noticiário desportivo e fotográfico que tem enviado a esse jornal, sendo que as fotografias são de autoria dele e sem nenhuma despesa para o Clube.
FOTOGRAFIA DO ONZE CAMPEÃO DO ALTO TAQUARI: Ficam aqui expressos, também os nossos agradecimentos pelo artístico quadro que o prezado consócio Benemann nos ofereceu.
CAMPEONATO DE AMADORES – 6ª PARTIDA: Continuando a série de vitórias no atual campeonato de amadores, derrotamos ontem, em nosso campo, por 4 x 2 o “Brasil” de Farroupilha, na segunda partida, alijando-o do Campeonato. Foi árbitro do encontro o Sr. Queirolo Campos, da Federação, e sua atuação podemos taxar de ótima, como tem sido em todas as partidas que tem arbitrado. Com o resultado desse jogo, nos colocamos para finalistas para campeão da zona leste, tendo que disputar com o campeão de Caxias, o Esporte Clube Juventude, o referido título.
Nada mais havendo, foi encerrada a Sessão da qual mandei que se lavrasse a presente Ata.


Armando O.Gemmer José Calvino Reis
Secretário








ATA Nº 112 – SESSÃO DE DIRETORIA – 16/10/1950

Convocada uma Sessão de Diretoria, compareceram, regulamentar número de Diretores, em sua Sede Social. Depois de lida e aprovada a Ata da Sessão anterior, foi dado início aos trabalhos pela ordem que se segue:
JOGO AMISTOSO COM O ESPORTE CLUBE FLORIANO: Aproveitando a folga que temos para a disputa das finais do Campeonato da Zona Leste, esta Diretoria resolveu submeter o onze do Estrela a uma prova de fogo, enfrentando no sábado, dia 14, em nosso gramado, o campeoníssimo de Novo Hamburgo, Vice-Campeão de Profissionais de 1949 e que neste ano já jogou 25 partidas e estava invicto. O Floriano entrou em campo com todos os seus titulares, o nosso onze também estava com todos os titulares, por ser o jogo em sábado e o tempo nublado, ameaçando chuva, assim mesmo compareceu regular assistência . Iniciada a partida, a qual foi arbitrada pelo juiz da Federação, Vilarinho, que acompanhava a missão visitante, viu-se um jogo muito bonito de ambas as partes, verdadeiro futebol à base de passes e jogadas inteligentes. Não se viu nenhum senão, não houveram jogadas bruscas ou violentas. No primeiro tempo o jogo foi muito parelho, coube ao Estrela abrir a contagem para depois de igualada pelos visitantes, nosso quadro com
eçou a pressionar mais e a atuação do juiz começou a tornar-se um tanto parcial, e a torcida estrelense começou a se manifestar. No segundo tempo, dos 15 minutos em diante, o Estrela começou a pressionar ainda mais, fizemos o 2º gol. O Floriano novamente igualou a contagem e finalmente fizemos o 3º e último tento da tarde. Foi com este resultado de 3 x 2 que derrubamos o Clube mais vezes campeão do Brasil, quebrando a sua invencibilidade. No decorrer do jogo, o Floriano procurou todos os meios para não se deixar derrotar, fez várias substituições mas de nada adiantou, teve que baquear mesmo diante de um quadro que jogava um futebol de 1ª água. À noite, falando com diversos membros da Diretoria do Floriano e o árbitro Vilarinho, pelos mesmos nos foi declarado que a vitória foi líquida e certa e elogiaram muito o nosso onze, devido ao bom futebol que apresentaram e um jogo bem coordenado . Declararam ainda, que com esse quadro, iríamos longe no atual Campeonato. É de justiça que nesta Ata fique con
signado um voto de louvor ao nosso destacado onze e seu treinador, Aloysio, sem distinção de nenhum, pois todos estiveram soberbos.
Nada mais havendo a se tratar, foi dada por encerrada a Sessão, da qual mandei lavrar a presente Ata.

Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário





















ATA Nº 113 – SESSÃO DE DIRETORIA – 30/10/1950



Com regulamentar número de Diretores, reuniu-se em sua Sede Social, a Diretoria do Estrela F.C.
Depois de lida e aprovada a Ata da Sessão anterior, passou-se os seguintes assuntos:
PARTIDA AMISTOSA COM O E.C.SÃO JOSÉ DA CAPITAL:
Como não se jogou domingo, dia 22, e passar mais uma semana sem jogar, resolvemos fazer passar o nosso onze por mais uma prova de fogo, antes das finais, para disputa do Campeonato da Zona Leste, enfrentamos em nosso gramado, o homogêneo esquadrão de profissionais do E.C.São José de Porto Alegre. Foi árbitro da partida um elemento da comitiva visitante, o qual foi fraquíssimo, parcialíssimo e tudo o quanto é “íssimos” que poderíamos aplicar, mas, como se tratava de uma partida amistosa, sendo os diretores da missão pessoas amigas e um até filho do Estrela, fomos tolerando a má atuação do referido juiz; houve ocasião em que foi paralizado o jogo e nesta altura se fez ver aos componentes da missão visitante que, quase seria necessária a substituição do juiz, por ser muito fraco, parcial e mesmo porque permitiu o jogo violento, por parte do São José (pois diga-se de passagem, que é o quadro de Porto Alegre que tem a defesa mais pesada) no entanto, o cidadão foi até o final da partida.
O jogo durante os 90 minutos pendeu sempre ao nosso onze, sempre marchamos na frente no placard, quando estava para terminar o jogo, o placard marcava 4 x 2 favorável a nós; nesta altura a partida estava muito fácil para nós e, por isso, por um pequeno cochilo (brincadeira) de um de nossos zagueiros, resultou no 3º gol dos visitantes, terminando o jogo com mais uma bonita vitória do Estrela F. Clube, pela contagem de 4 x 3.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão da qual mandou lavrar a presente Ata.

Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário





























ATA Nº 114 – SESSÃO DE DIRETORIA – 06/11/1950


Achando-se presente número regulamentar de membros da Diretoria, pelo Senhor Presidente foi aberta a Sessão. Depois de lida e aprovada a Ata anterior, foi tratado do seguinte assunto:
CAMPEONATO DE AMADORES – 7ª PARTIDA: Para apurar o campeão da Zona Leste, depois de alijarmos o campeão de Lajeado, Guaporé e Farroupilha, colocando-nos no entanto para finalistas do campeão da zona leste, coube a nós enfrentar o nosso co-irmão E.C.Juventude, de Caxias, finalista daquela chave, o qual alijou o campeão Bento Gonçalves, Nova Prata e Veranense. A 1ª partida foi realizada ontem em nosso gramado, com uma grande assistência, o tempo estava muito carregado e fazia intenso calor, sendo que no 2º tempo, chovendo torrencialmente; jogamos desfalcados de nosso médio volante, Ataíde, que se achava impossibilitado de jogar devido uma lesão no joelho, em seu lugar jogou Wilson; a partida correu normalmente, com cargas revesadas, no começo; depois o nosso quadro começou a pressionar mais, houveram diversos tiros a gol, uns quais as traves do golo visitante os defendeu, o goleiro e o zagueiro esquerdo do juventude, estiveram num grande dia. Terminou o primeiro tempo sem abertura de contagem. No segundo
tempo o nosso onze entrou pressionando muito e dessa pressão se aproveitou o médio direito Laurinho, para com um potente chute, assinalar o primeiro tento da tarde para o Estrela. Daí por diante, pressionamos mais ainda, mas com a chuva torrencial que caia, os nosso atletas cederam um pouco e faltando poucos instantes para o término da peleja; uma bola “morta” a rumo do gol, sem perigo algum para a meta, o nosso goleiro fez a intervenção, sendo infeliz na mesma, pois, estando a bola molhada, lhe escorregou das mãos e consignando desta forma o empate, pois, em seguida, foi dada por terminada a partida. Foi juiz da partida o Sr. Queirolo Campos, da F.R.G.F.; queremos aqui fazer uma especial menção que achamos ser de justiça e que deve constar dos anais do Estrela F.C., é referente ao árbitro Sr. Queirolo Campos. Arbitrou, o mesmo, 4 partidas deste campeonato, onde o Estrela jogou; uma em Guaporé, uma em Farroupilha e duas em nosso gramado, demonstrando em todas as partidas ser perfeito conhecedor do s
eu metier, sempre se fez respeitar em campo, enfim, foi feliz em suas atuações. Fora de campo e particularmente portou-se sempre como um verdadeiro “gentlemann”; parabéns ao Sr. Queirolo Campos. A Direção do Clube e o nosso onze já estava viciado com tantas vitórias que o empate dessa partida teve o sabor de uma derrota, pois assim o foi mesmo, o empate em nosso gramado veio dar uma chance muito grande ao nosso adversário, pois jogará a segunda partida em seu gramado e lhes basta um empate para que conquiste o título de Campeão da Zona Leste, mas não devemos culpar ninguém, todos jogaram para obter a vitória, mas sempre há o “azar” e este foi nosso. Devemos nos preparar e estar confiantes na vitória, domingo, em Caxias.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a presente Sessão, da qual mandei que se lavrasse a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário












ATA Nº 115 – SESSÃO DE DIRETORIA – 20/11/1950

Reunidos os membros da Diretoria, em sua Sede Social, deu-se por iniciados os trabalhos com a leitura e aprovação da Ata anterior.
Assunto tratado:
CAMPEONATO DE AMADORES – 8ª PARTIDA: Depois de empatarmos a primeira partida por 1 x 1 com o Esporte Clube Juventude, para apuração do Campeão da Zona Leste, jogamos, ontem, em Caxias com o mesmo, a segunda partida. Os nossos atletas seguiram sábado de manhã e ficaram concentrados no aprazível recreio de Ana Rech. No dia do jogo e na véspera seguiram muitos autos e ônibus lotados daqui para Caxias; calculamos que tenham ido, no mínimo, umas 300 pessoas daqui para assistirem esta partida, ora isto vem provar de que houve um grande interesse da torcida estrelense, e ainda mais, a grande possibilidade e porque não dizer, a convicção de que tínhamos quadro para ganhar do Juventude. Mas tal não se deu devido diversos fatores que vieram nos prejudicar, uns intencionais e outros de forçados e azar. Não sabemos onde havemos de começar se pela descrição do jogo ou a atuação do muito digno juiz da Federação Paulo Howardt (convém gravar bem na memória este simpático, distinto e honrado nome), continuando, vamos
misturar as cousas. Iniciamos bem a partida, partimos para cima do adversário e botamos a meta contrária em constantes perigos. O goleiro e a zaga caxiense tiveram que se empregar à fundo, aos 6 minutos do jogo o nosso ponteiro direito Talo, sofre, em uma disputa com Brito, uma distenção muscular e é retirado de campo. Ficamos desta forma com 10 homens, mesmo assim, continua a pressão de nosso quadro, é quando entra em ação o Sr. Juiz e começa a nos castigar no apito; a uma escapada do Juventude, chutaram à gol de longe, Nelsinho rebate livre, no entanto, a bola retruca em um adversário e se aninha nas redes guarnecidas por Amaury. O jogo se equilibrou mais um pouco com ataques de um e de outro lado, o juiz procurando nos prejudicar sempre, apesar de estarmos praticamente jogando com três homens só na linha, pois Polaco estava simplesmente de enervar, numa moleza e não queria nada com a bola. O nosso médio Ataíde, notava-se que ainda estava se rescindindo da contusão no joelho, mesmo assim seguidamente
o arqueiro do Caxias tinha que se empregar a fundo para conter os chutes de Ieié, Mirinho, Prego e Ataíde, mesmo até zagueiro Lamão. Quase no fim do primeiro tempo o centro avante do Juventude em um impedimento tão flagrante, que a defesa e até o nosso arqueiro ficaram parados olhando para o juiz, o atleta em questão alinhou a bola nas redes e o digno juiz, Paulo Howardt, deu por válido o tento, terminando assim o primeiro tempo.
No segundo tempo o “homenzinho” se desandou ainda mais, castigando o nosso quadro, repreendendo por qualquer cousa nossos atletas e desta forma procurando descontrolar os nossos. Começamos a pressionar novamente, Talo com uma perna quase de arrasto, passou a jogar na ponta esquerda e a moleza do Polaco na direita, Talo neste estado, assim mesmo conseguiu fazer do marcador dele o que bem entendia, não marcou mais dois tentos por pura falta de sorte. Ieié atira rasteira, a bola bate no poste direito e volta, este coloca-a rasteira, novamente, no outro canto e parece incrível, o goleiro vai buscá-la. Mirinho, atira violentíssimo, a bola bate em um adversário e o arqueiro desequilibrou-se e na queda foi ter com a bola ou esta com ele. Em uma carga do Juventude o “centro” achava-se só na “banheira”, como se costuma dizer, aí recebeu a bola, mesmo assim, o zagueiro Lamão sai em perseguição do mesmo e consegue chutar a bola para lateral, o digno juiz, no entanto, consigna um penalty que, cobrado, redundou no
3º tento; não satisfeito, ainda, quando da entrada perigosa de um avante contra o nosso Center-haff Tito, este na qualidade de capitão do quadro, foi reclamar ao juiz, foi expulso sumariamente, daí por diante a desmoralização do juiz foi um fato, foi um verdadeiro carnaval em campo. A Rádio de Caxias ao dar a notícia no programa desportivo, disse que anunciou o seguinte: Resultado do jogo de hoje: Juventude 1 gol, Paulo Howardt 2 golos, Estrela zero. Foi assim que terminou a disputa pelo campeonato da Zona Leste, onde saímos Vice-Campeões. Sem mais comentários....
Nada mais havendo a tratar, encerrou-se a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário






















ATA Nº 116 – SESSÃO DE DIRETORIA – 04/12/1950

Reunidos em sua Sede Social, os membros da Diretoria, deram início aos trabalhos com a leitura e aprovação da Ata anterior.
Assunto tratado:
PARTIDA AMISTOSA COM O GUARANY DE GARIBALDI: Jogamos amistosamente ontem, com o nosso co-irmão de Garibaldi, o Esporte Clube Guarany, que vinha de brilhantes vitórias sobre o Pratense e Montenegro; foi uma partida fácil, derrotamos o nosso contendor pelo alto escore de 5 x 1 e os nossos se desinteressaram pelo placard e começaram a bailar o adversário.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.



Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário














ATA Nº 117 – SESSÃO DE DIRETORIA – 11/12/1950

Achando-se presente regulamentar número de membros da Diretoria, pelo Sr. Presidente foi aberta a Sessão depois de lida e aprovada a Ata anterior. Foi tratado do seguinte assunto:
JOGO AMISTOSO COM O INDEPENDENTE DE GUAPORÉ: De bonitas vitórias e bonitos feitos perante quadros de Passo Fundo, resolvemos convidar esse nosso co-irmão para uma amistosa, a qual se realizou ontem, em nosso gramado. A partida foi um tanto fácil e os nossos atletas não se empregaram a fundo e resolvemos a partida com a nossa fácil vitória de 5 x 2.
Nada mais havendo, foi encerrada a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.


Armando O. Gemmer José Calvino Reis
Secretário

















ATA Nº 118 – SESSÃO DE DIRETORIA – 29/12/1950

Reunidos em sua Sede Social, regulamentar número de Diretores do Estrela F.C., deliberaram o seguinte, depois de lida e aprovada a Ata anterior:
LICENÇA DO SENHOR PRESIDENTE: O Sr. Armando O. Gemmer, Presidente, pediu licença verbalmente, para fins de gozo de férias, em virtude do que o 1º Vice-Presidente, Sr. Bertholdo Gaussmann, assumiu a presidência.
DR. SALVO ABECH: Em vista dos grandes serviços prestados por este nosso prezado consócio, durante esta gestão, auxiliando a Diretoria em todos os setores do nosso esporte, quer esta Diretoria esclarecer que o referido consócio tornou-se elemento útil e “persona grata” do Estrela F.C., desfazendo com isto, completamente, uma Ata existente contra ele no ano de 1949.
Nada mais havendo, foi encerrada a Sessão, da qual mandei lavrar a presente Ata.



Bertholdo Gaussmann José Calvino Reis
Secretário











ATA Nº 119 – SESSÃO DE DIRETORIA – 12/01/1951

Com a presença dos membros da Diretoria, reunidos em sua Sede Social, foi aberta a Sessão com a leitura e aprovação da Ata anterior. Os assuntos foram tratados como se segue:
LUIZ BENNEMANN Fº: Recebemos deste nosso prezado consócio, um fino e artístico quadro com a fotografia do nosso consagrado atleta Nelson Schiling Nery e nos almejando felicidades e vitórias para o ano de 1951. Em longo ofício, desta Secretaria, fizemos as justas e devidas notas de agradecimento a este nosso digno e abnegado consócio, que tanto tem feito pelo nosso Clube.
ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA: De conformidade com os nossos Estatutos, esta Diretoria resolveu convocar a mesma para o dia 22 do corrente, com a seguinte ordem do dia:
1º - Prestação de Contas e leitura do Relatório da Diretoria Gestão 16.01.1950 a 22.01.1951
2º - Aumento de jóia
3º - Eleição da nova Diretoria
A proposta do aumento de joia da ordem do dia da Assembléia é nossa opinião que deva começar da data da inauguração do Estádio “Walter Jobim”.
BALANCETES, RELATÓRIO ANUAL E OUTROS DOCUMENTOS: Lembramos a nova Diretoria e especialmente o novo titular da Secretaria, que os documentos acima referidos devem ficar apensos à Ata de Assembleia, devidamente rubricados pelo Sr. Presidente, para o histórico do Clube.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão da qual mandei lavrar a presente Ata.


Bertholdo Gaussmann José Calvino Reis
Secretário












ATA Nº 120 – ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA
REALIZADA EM 23 DE JANEIRO DE 1951

No dia 23 de janeiro, no salão nobre da Sociedade Ginástica, foi realizada a Assembleia Geral Ordinária do Estrela Futebol Clube, como aliás só acontece anualmente no mês de janeiro.
Pelo Vice-Presidente em exercício, Sr. Bertholdo Gaussmann, foi convidado o atual Presidente da Sociedade Ginástica, Sr. José Moesch, para presidir os trabalhos que indicou a mim, Arlindo Fischer, para Secretariar a presente Sessão de Assembleia.
Iniciando os trabalhos o Sr. Presidente mandou que fosse lida pelo Secretário, o convite para a presente Assembleia.
Foi, outrossim, por ordem do Sr. José Moesch, lida a Ata da última Assembleia Geral Ordinária realizada em 16 de fevereiro de 1950, que foi aprovada “in totum”.
Prosseguindo, o Sr. José Calvino Reis, a convite do Sr. Presidente Moesch, apresentou aos associados reunidos um minucioso relatório das atividades da Diretoria do Estrela Futebol Clube no exercício de 1950, abordando, assim, o primeiro ponto da ordem do dia. Em continuação às atividades desta Assembleia, o Sr. Willimar Schneider, da Comissão do Estádio Walter Jobim, fez aos presentes, resumindo, relatório sobre o andamento das obras, despesas realizadas, plano a perfetuar nesta grandiosa obra do Estrela Futebol Clube.
O Sr. Célio Brust, pedindo a palavra, fez um veemente apelo para que a Comissão nos esmorecesse e tudo fizesse para concluir em breve o Estádio Walter Jobim.
O Sr. José Moesch, Presidente desta Assembleia, garantiu que a Executiva Municipal terá o máximo interesse em pagar o quanto antes os auxílios de CR$ 12.000,00 concedidos.
Passou-se após, ao segundo ponto da ordem do dia: Aumento da Joia. Falaram os Srs. Willimar Schneider e José Calvino Reis, que discordam sobre este assunto. Expôs também, seu ponto de vista sobre o assunto, o Sr. Namur Nery.
Este ponto, o aumento da joia, foi resolvido por votação expressa. A casa manifestou-se favorável ao aumento da joia de CR$ 50,00 para CR$ 100,00 após inaugurado o novo Estádio Dr. Walter Jobim.
Passamos, então, ao último ponto, o terceiro: Eleição da nova Diretoria. Foi apresentada aos sócios uma chapa oficial.
O Sr. José Moesch convidou como escrutinadores aos associados Helmuth Mallmann, Namur Nery e Ataíde Ferreira.
Feita a apuração verificou-se o seguinte resultado:
PRESIDENTE: Sr. Bertholdo Gaussmann
1º VICE-PRESIDENTE: Sr. Ivo Mallmann
2º VICE-PRESIDENTE: José Osvaldo Arenhardt
1º SECRETÁRIO: Sr. José Azambuja
2º SECRETÁRIO: Sr. José Calvino Reis
1º TESOUREIRO: Sr. Emilio Kreutz
2º TESOUREIRO: Sr. Raymundo A. Ely
DIRETOR TÉCNICO: Sr. Aloysio Schwertner
DIRETOR SOCIAL: Sr. Armando O. Gemmer
CONSELHO FISCAL: Sr. Antonio Cardoso
Sr. Carlos A. Mallmann
Sr. Nilo Luchese
Sr. Fridolino Stapenhorst
Sr. Oscar Chaves Garcia
O Sr. José Moesch convidou os eleitos a tomarem assento à mesa, sendo todos muito aplaudidos.
Pedindo a palavra o Secretário José C. Reis referindo-se a três atletas do Estrela F.C., Nelsinho, Lino e Negrão, solicitou à digna Assembleia que estes três valorosos defensores do glorioso Estrela fossem laureados na inauguração do novo e majestoso Estádio Dr. Walter Jobim. Uma calorosa salva de palmas foi a resposta eloquente à proposta do Sr. Reis.
Levantando-se o Sr. José Moesch, presidente dos trabalhos empossou a nova Diretoria concitando a trabalhar sempre melhor pela grandeza do esporte bretão.
Empossado o novo presidente, Sr. Bertholdo Gaussmann solicitou um voto de louvor ao associado Sr. José Azambuja, por ter auxiliado o primeiro.......... no exercício de 1950, solicitação esta que recebeu franco apoio por parte da Assembléia.
Agradeceu o Sr. Gaussmann a confiança nele depositada, apelando veementemente aos associados e estrelenses para que se interessassem mais pelo Estrela, a fim de que se tornasse sempre mais conhecido e prosseguisse em sua trajetória luminosa no cenário esportivo do Alto Taquari e do Rio Grande do Sul.
O Sr. José Moesch, esclareceu ainda a Assembléia que devia a Folha e Correio não recebe mais notícias esportivas.
O Sr. Célio Brust pediu um voto de louvor à Diretoria e ao Sr. José Oswaldo Arenhart, Armando O. Gemmer e Bertholdo Gaussmann, no que foi prontamente atendido.
A pedido do Sr. Willimar Schneider foi lido pelo tesoureiro , Sr. Ernânio Oppermann o Balancete do ativo e passivo.
Em seguida o Sr. José Calvino Reis, Secretário, apresentou à Assembléia uma explicação sobre alguns pontos do relatório e especialmente sobre o balancete do ativo e passivo.
O Sr. Namur Nery, propôs que fosse organizado um baile em benefício dos valorosos atletas do Estrela F.C., que tão brilhantemente defenderam suas cores em 1950. Sobre este assunto informou o Sr,. Presidente Bertholdo Gaussmann que em uma palestra com o Sr. José Moesch, este lhe adiantou que é possível ceder a Sala da Sociedade Ginástica. Ficou o Sr. Namur Nery encarregado de arrumar uma comissão para a realização deste baile.
O Sr. Aquiles Moraes, ofereceu-se espontaneamente para colaborar na realização do baile, em benefício dos briosos defensores do Estrela F.C.
O Sr. Bertholdo Gaussmann, pediu que todos os presentes levassem propostas para novos sócios, lançando assim a campanha aos novos sócios.
O Sr. Edmundo Hergemöller sugeriu que seria interessante organizar o Departamento feminino ao Estrela F.C. com pagamento de pequena mensalidade.
O Sr. Namur Nery falando disse que se congratulava com a Assembleia e pediu que houvesse sempre a máxima franqueza nas Assembleias e se discutissem os assuntos com toda a convicção e camaradagem.
Nada mais havendo a tratar o Sr. Bertholdo Gaussmann declarou encerrada a Assembleia.
Eu, Arlindo Fischer, Secretário, lavrei a presente Ata que devidamente assinada
Estrela, 23 de janeiro de 1951.


José Moesch


Arlindo José Fischer














ATA Nº 121 – SESSÃO DE DIRETORIA – 02/02/1960



Achando-se presente regulamentar número de membros da Diretoria do Estrela F.C, foi realizada mais uma reunião, tendo como local a Agencia da Estação Rodoviária desta cidade.
Aberta a Sessão pelo Sr. Presidente foram abordados os assuntos seguintes: Primeiramente em relação a conservação do Estádio pois é do conhecimento desta Diretoria que o Sr. Aloysio, morador e responsável tanto pela Direção Técnica do time de futebol, como pela manutenção do Estádio, está por transferir residência de nossa praça esportiva.
O Sr. Armando Gemmer aventou a possibilidade de colocarmos como zelador do Estádio um jogador com sua respectiva família, pois além de possibilitar-se moradia a um atleta, este compensaria com os cuidados ao campo, bem como alambrado, cerca e fardamento. Na impossibilidade de momento haver alguém que preenche estas formalidades, o Presidente achou que o campo não poderia ficar abandonado em face da possibilidade de depredação do mesmo, sendo este portanto, um assunto a ser resolvido com certa prioridade.
Em face da parada esportiva destes meses e sendo escassos os assuntos, o Sr. Presidente no uso de suas atribuições estatutárias e também por deliberação da Diretoria, resolveu convidar uma Assembleia Geral Ordinária para a eleição da nova Diretoria, que regerá os destinos desportivos do Estrela F.C. no ano de 1960.
Ficou resolvido e de acordo com o artigo 27 dos Estatutos que não havendo número legal para funcionamento em primeira convocação às 20 horas, a mesma funcionará (1) hora após, ou seja, às 21 horas no mesmo local, isto é, no reservado da Sociedade Ginástica de Estrela .
Dado por encerrada a presente Sessão, pois nada mais havendo por tratar-se o Sr. Presidente ordenou que da mesma se lavrasse esta Ata.

Ary Steimer Wilde Prunes
Presidente Secretário





























ATA Nº 122 – ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA


Aos 19 dias do mês de fevereiro do ano de 1960, tendo como local o reservado da Sociedade Ginástica de Estrela, foi realizado, com o comparecimento de grande número de associados do Estrela F.C. a presente Sessão de Assembleia Geral Ordinária.
Precisamente às 21 horas o Presidente, Sr. Ary Steimer, declarou aberta a Sessão, iniciando por uma explicação do porque da não apresentação da leitura do Relatório das atividades esportivas propriamente ditas pelo Sr. Loy Fauth, entusiasta Diretor de Futebol, em virtude do mesmo achar-se ausente da cidade, pois o dito Diretor, é de conhecimento de todos, elaborou no decurso do ano um perfeito levantamento e relatório das atuações da equipe de futebol bem como das demais atividades com relação aos jogadores, contratos, partidas realizadas, vitórias, empates, etc, etc.
O Relatório da Tesouraria não foi apresentado, limitando-se o Sr. Tesoureiro a fazer uma ligeira explanação dos gastos e dando ao conhecimento dos presentes a uma pequena dívida pendente desta gestão do ano de 1959.
O Sr. Presidente, continuando com a palavra pediu licença aos associados para continuar suas explanações e considerações, sentado, o que foi plenamente aceito.
A chave do êxito, disse o presidente, continuando em suas considerações, ele acreditava em primeiro plano do trabalho de equipe desta Diretoria onde houve entrosamento, coordenação e distribuição das atividades, foi uma verdadeira máquina mal comparando, com suas engrenagens em perfeita harmonia para a execução das múltiplas tarefas, algumas ..................que se teve que vencer.
Em segundo lugar foi o fato de se ter chegado a conclusão que não havia mais ambiente ou melhor condições econômicas para a prática do futebol profissional. Em face deste apurado estudo da situação optou-se por uma linha exclusivamente amadorista. Com exceção de um atleta todos os demais atletas para gaudio nosso e gloria do Estrela F.C., se comprometeram a cooperar, sem visar nenhuma retribuição monetária. Como terceiro fator do sucesso apontou o Sr. Presidente, a mobilização dos esportistas desta cidade, da cooperação das autoridades e da população em geral. Terminou o Sr. Presidente dizendo da situação bem mais favorável que se encontra no momento o Estrela F.C. , bem diversa daquela quando esta Diretoria que agora entrega o mando, encontrou, em abril de 1959.
A seguir o Secretário fez a leitura da Ata anterior a qual foi aprovada.
Antes da eleição da nova Diretoria o Sr. Presidente pediu para constar em Ata um voto de louvor ao Sr. Aloysio Schnwertner e Bertholdo Gaussmann pelo muito que cooperaram e, sem os quais, o Estrela F.C., sem os seus préstimos não teria podido chegar ao ponto que chegou no cenário esportivo , não só da região do Alto Taquari como do Estado.
A seguir, usou a palavra o Sr. Darcy Kasper, e pedindo no final de suas considerações, uma salva de palmas a Diretoria que naquela noite deixava a Direção do Estrela F.C.
A seguir procedeu-se a eleição da nova Diretoria que após a apuração realizada pela junta apuradora constituída do Srs. Bertholdo Gaussmann, Ervino Eckert e Wilde Prunes, proclamou os novos Diretores do Estrela F.C., para a gestão do ano de 1960, ficando assim constituída:
PRESIDENTE: José de Freitas Bello
1º VICE-PRESIDENTE: Ary Steimer
2º VICE-PRESIDENTE: Armando Gemmer
1º SECRETÁRIO: Milton Fauth
2º SECRETÁRIO: Fernando Bentz
1º TESOUREIRO: Laudelino Rodrigues da Silva
2º TESOUREIRO: Universimo Ferreira
DIRETORES DE FUTEBOL: Eugenio Noll
Loy Fauth
DIRETOR SOCIAL:Thomas Pereira Neto
CONSELHO FISCAL: Emilio Kreutz
Norberto Sommer
Gunther Wagner
CONSELHO DELIBERATIVO: Aloysio Schwertner
Bertholdo Gaussmann
Calvino Reis
Antonio Viana Caminha
Bruno Zart
Wilde Prunes
Erny Thinming
Darcy Kasper
Lino Schnwertner
Fritz Seiboth
A seguir usou da palavra o Sr. José de Freitas Bello, presidente eleito e ali mesmo empossado. Agradeceu da escolha de sua pessoa e da confiança nele depositada pelos esportistas da cidade de Estrela, e pediu para constar em Ata um voto de louvor a Diretoria passada pelo trabalho realizado, principalmente, do futebol em nossa terra.
Disse o Sr. Presidente que as atenções maiores em sua gestão seria orientada no que diz ao time de futebol. Em face desta sua orientação já tinha tomado a iniciativa em conseguir assistência médica e dentária gratuita para os jogadores, sendo aquela fornecida pelos Drs. Armin e Wernes Schink e a dentária pelo associado Wilde Prunes.
Ampliação do quadro social, campanha a ser iniciada logo, colaboração da Rádio Alto Taquari e propaganda em nosso ...... foram outros itens que abordou o Sr. Presidente.
Terminando, o Sr. Presidente formulou um apelo ao Sr. Bertholdo Gaussmann que na qualidade de Prefeito da cidade e de grande esportista a quem o Estrela F.C. muito deve, dê a sua colaboração; colaboração esta nunca por ele negada, em vezes e jornadas anteriores. Pediu a seguir também a colaboração dos componentes da nova Diretoria para trabalharem com denodo em continuação e para o engrandecimento e glória do Estrela F.C.
Posta a palavra a disposição pelo Sr. Presidente, fez uso dela o Prefeito, Sr. Bertholdo Gaussmann, comprometendo-se a cooperar, tanto na qualidade de associado como na de Prefeito e que fará tudo que estiver ao alcance de suas possibilidades.
Não havendo mais ninguém que de palavra a disposição quisesse fazer o uso, o Sr. Presidente deu por encerrada esta Assembleia Geral Ordinária da qual lavrei esta Ata.
Aprovada em 01.08.1961.

José de Freitas Bello
Presidente



















ATA Nº 123 – SESSÃO DE DIRETORIA – 22/02/1960

Aos 22 de fevereiro de 1960, tendo como local o consultório do Dr. Wilde Prunes, foi realizada a primeira Sessão da Diretoria, eleita em 19 do corrente.
Havendo número legal, conforme o Livro de Presença, o Sr. Presidente abriu a Sessão.
A seguir foram debatidos os seguintes assuntos:
O Sr. Eugenio Noll, teceu comentários a respeito do torneio – Início da A.E.F.A.
Logo após, o Sr. Ary Steimer, apresentou três propostas para serem estudadas referentes ao cargo de zelador do Estádio Dr. Walter Jobim, sendo escolhida a do Sr. Pedro Borges.
Foi debatido a seguir, o caso da Direção Técnica, e ficou resolvido que o Sr. Aloysio Pereira, o popular Taticão, continuará no cargo, em virtude da dedicação e carinho que tem demonstrado até a presente data.
O Sr. Presidente informou aos demais membros da Diretoria, que já havia entrado em entendimentos com os Srs. Drs. Werner Schink e Armin Mohr, no sentido de conseguir assistência médica gratuita aos atletas, no que foi feliz, pois os referidos médicos acederam ao apelo feito pelo Sr. José Bello.
O Dr. Wilde Prunes, também colocou-se a disposição da Direção do Estrela F. C. e prometeu assistência dentária gratuita, prontificou-se ainda, a iniciar imediatamente os trabalhos, selecionando, primeiramente, os atletas que se acham mais necessitados.
Os Srs. Loy Fauth e Eugenio Noll, Diretores de Futebol, afirmaram que é necessária uma completa remodelação nos vestiários e na maneira como atualmente são entregues os fardamentos aos atletas.
Foi criado o cargo de Diretor de Divulgação, sendo nomeado pelo presidente o Sr. Wilde Prunes, que aceitou o convite.
Foi encetada a Campanha de Novos Associados, que terá a duração de 60 dias, sendo seu início em 22.02.1960 e seu término em 22.04.1960.
Durante a campanha haverá um concurso, ou seja, o Associado que conseguir maior número de novos sócios, será premiado com a isenção da mensalidade durante dois anos, o segundo colocado terá o prêmio de 1 ano de isenção.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Sessão, da qual mandei lavrar a presente Ata.

José Bello Milton Fauth
Presidente Secretário























ATA Nº 124 – SESSÃO DE DIRETORIA – 29/02/1960


Aos 29 de fevereiro de 1960, tendo por local a residência do Sr. Armando Gemmer, gentilmente cedida, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C., para tratar de assuntos diversos, como segue:
O Sr. Almiro Graeff, foi convidado a participar da reunião, para entrar em entendimento sobre a vinda do Grêmio Esportivo Província, da capital do Estado.
Foram tomadas as providências necessárias, com relação ao jogo com o E.C. Gaúcho de Teutonia, que será realizado no próximo domingo, dia 6 , em Teutônia.
Após, os Diretores trocaram idéias sobre a permanência ou não do Sr. Engellmann, como cobrador, chegando à conclusão de que o referido Senhor deve continuar no seu cargo.
Foram apresentadas 38 propostas para novos associados, sendo aceitas todas. Os Diretores a seguir debateram o caso da “Lista de Resistência e Mensalidades”.
Os 38 novos associados, aceitos na Sessão de hoje, são os seguintes:
Werno Spellmeier, Ivo Diedrich, Erico Driemeyer, Fernando Tl.Bentz, Rudy Wink, Mahemud Samarah, Albino Wanderer, Arno Ruschel, Arnoldo Pereira dos Santos, Sady V. Vasques, Mário Claudio Vier, Alideo Nicolau Heissler, Gabriel Aloysio Mallmann, João Bortoluzzi Filho, Günther Ricardo Wagner, Oscar B. de Moura, Darcy Pedro Kasper, Giacomo Peduzzi, Oswaldo Carlos Von Leuwen, Clarindo D. Peruffo, Rudy Stadtlober, Nelson Knack, Adão Valmor Pereira, Paulo Rucker, Osmar de Souza Conceição, Aldeino Schmidt, Oscar Schossler, Rodolfo Th.Bentz, Dr. Armindo Heinem, Ebenor Reginatto, Laudelino R. da Silva, Albano Sulzbach, José Osmar Sulzbach, José Carlos M. de Britto, Egídio de Lucca, Elemar Corbelini, Aloysio Lopes Souza, Edson da Luz Fleck.
Nada mais à constar, mandei lavrar a presente Ata.

José Bello Milton Fauth
Presidente Secretário


























ATA Nº 125 – SESSÃO DE DIRETORIA – 09/03/1960

Aos 9 de março de 1960, numa das dependências da Estação Rodoviária, estando presentes regular número de Diretores, conforme o Livro Ponto, reuniu-se novamente a Direção do Estrela F.C. quando foram tratados os assuntos abaixo discriminados:
Dando por iniciada a Sessão, o Sr. Presidente exibiu aos demais colegas o telegrama que recebeu do F.C. Sta.Cruz, vazado nos seguintes termos: “Informem possibilidade jogo aí domingo, base CR$ 8.000,00.” A Diretoria resolveu oficiar aquela agremiação, que não possível em virtude de já termos assumido compromisso com o E.C. Juventude de Garibaldi, o que foi feito.
Após, foram tomadas as providências com relação ao jogo do próximo domingo. Ficou estabelecido os preços dos ingressos que será o seguinte: Pavilhão, CR$ 40,00 – Geral, CR$ 30,00 – ½ Geral, CR$20,00.
O Sr. Thomaz Pereira Neto prontificou-se a palestrar com o Sr. Musskopf, solicitando ao referido Senhor patrocinar os programas que serão impressos com relação ao jogo do dia 13.
O Sr. Loy Fauth, advertiu aos demais companheiros cientificando-os do péssimo estado do gramado do Estrela F.C., sendo necessário que a mesma seja cortado ainda esta semana.
Após todos os presentes tecerem comentários com respeito a necessidade de pintar novamente o pavilhão do Estádio Dr. Walter Jobim, resolveram então, pintar de momento somente a parte interna do pavilhão, e que isso poderia ser feito por firmas desta cidade, as quais colocariam ali e nas demais dependências do estádio, suas propagandas, devendo pagar uma taxa anual ao Estrela F.C., baseada nas dimensões da respectiva propaganda; ficou resolvido o preço de CR$ 500,00 o metro.
A seguir foram escolhidos os Senhores Aloysio Schwertner, José Calvino Reis e Erico Thieming, para formarem a comissão de recepções do Estrela F.C.
Foram apreciadas a seguir, 16 propostas de novos associados, sendo todas aceitas e cuja relação nominal é a seguinte: Willibaldo Goettens, Henrique C.Prade, Egon Diedrich, Eugenio Strehl, Luiz Carlos Pretto, Renê Ruschel, Antonio Odilo Petter, Romeu A.Horn, Willy Aldino Eidelwein, Erni Hauschild, Nilo Fenterseifer, Ary Becker, Alfredo Cardoso, Paulo Santos Gomes, Mareu dos Santos e Y.Mario Haupt.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão da qual lavrei a presente Ata.


Milton Fauth Visto: José Bello
Secretário Presidente





















ATA Nº 126 – SESSÃO DE DIRETORIA – 16/03/1960

Aos 16 de março de 1960, numa das dependências da Estação Rodoviária, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. tendo comparecido regular número de Diretores, conforme o Livro Ponto.
O Sr. Presidente iniciou os trabalhos informando aos presentes que adquiriu um aparelho de raios ultra violeta, o qual é necessário na recuperação dos atletas contundidos.
O Sr. Tesoureiro fez uma rápida explanação sobre a situação econômica do Clube.
Após, o Sr. Presidente disse que o Sr. Aloysio Pereira estivera em sua residência poucos minutos antes da Sessão, ocasião em que pediu verbalmente sua demissão de Técnico, a qual foi aceita pela Diretoria.
O Sr. Eugenio Noll pediu autorização para adquirir o material necessário para uso dos atletas a qual foi concedida.
A seguir foram apresentadas 10 propostas de novos associados, sendo todas aceitas, sendo estes os novos sócios: Oscar Meinke, João A. Worm, Ivo Gilberto Keller, Waldomiro O. da Silva, Flávio da Silva, Oliverio Mallmann, Emilio Spellmeier, Domingos Garcia dos Santos, Arivaldo Werle e Almiro Feldens.
Nada mais havendo, lavrei a presente Ata.

José Bello Milton Fauth
Presidente Secretário












ATA Nº 127 – SESSÃO DE DIRETORIA – 23/03/1960

Aos 23 de março de 1960, tendo por local o consultório do Dr. Wilde Prunes, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C.
Estiveram presentes regular número de Diretores, conforme demonstrou o Livro Ponto, mais os Srs. Almo Juarez Flores e Erno Prade, respectivamente Presidente e Secretário da A.E.F.A.
O Sr. Presidente declarou aberta a Sessão, e dando início aos trabalhos fez uma longa explanação a respeito do Torneio Início da A.E.F.A que será realizado no próximo domingo, 27.03.1960.
Após os debates, resolveu-se que os associados do Estrela F.C. não pagarão ingressos. O preço das bebidas foi tabelado, sendo cerveja CR$ 30,00 – Pepsi-Cola CR$ 12,00 e demais refrigerantes CR$ 15,00.
A seguir, o Presidente informou aos seus companheiros que recebeu um telegrama do Sr. Edmundo Helgemöller o qual solicitava fosse devolvida à Prefeitura Municipal uma máquina de cortar grama manual que haviam emprestado ao Estrela F.C. tempos atrás. A referida máquina foi devolvida hoje, conforme recibo que se acha arquivado.
O Sr. Presidente cientificou aos demais que o Estrela F.C. deve à Prefeitura Municipal aproximadamente CR$ 3.000,00 referentes a conferências telefônicas e instalações elétricas.
Os membros da Diretoria foram informados que o nosso Técnico do Estrela F.C. será o Sr. Carlos Viola, o qual receberá CR$ 3.000,00 mensais. Quanto a situação do massagistas, Diretores e o Sr. Blum estiveram palestrando e, nessa oportunidade, o referido massagista pediu CR$ 2.500,00 mensais, sendo consideradas elevadas suas pretenções, ficando os Diretores de Futebol encarregados de fazer uma contra-proposta.
Foram apresentadas 3 propostas de novos sócios, sendo aceitos os Srs. Oswaldo Hahn, Erno Horst e Milton Lohmann.
O Sr. Eugenio Noll informou a Diretoria que, à convite, estivera presente a uma reunião de ex-atletas do Estrela F.C. os quais solicitaram fosse criado o Departamento dos Veteranos do Estrela F.C.. Esse Departamento seria organizado pelos próprios atletas veteranos, com a supervisão do Sr. Eugenio Noll e sem ônus para o Estrela F.C.
O pedido dos veteranos foi aceito pela Diretoria e seus treinamentos deverão se realizar nas sextas-feiras juntamente com o Juventus A.C.
Após os Diretores sugeriram que fosse criado também o Departamento Juvenil e o Sr. Loy Fauth, prontificou-se a conversar com o Sr. Egidio Abech e solicitar ao conhecido esportista assumir a Direção Técnica dos juvenis.
Nada mais havendo a tratar o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão e mandou lavrar a presente Ata.


José Bello Milton Fauth
Presidente Secretário















ATA Nº 128 – SESSÃO DE DIRETORIA – 30/03/1960

Havendo número legal, o Sr. Presidente deu por aberta a Sessão, agradecendo inicialmente aos componentes da Diretoria a valorosa colaboração prestada por ocasião do Torneio da A.E.F.A.
Usando ainda a palavra, o Presidente participou à Diretoria o pedido de demissão formulado pelo atual zelador do Estádio, Sr. Pedro Borges, que alegou não dispor de tempo necessário para esse compromisso, em virtude de seus afazeres particulares.
Sabedor do pedido de demissão do Sr. Borges, o Sr. Werner Hartmann, dirigiu um ofício ao Presidente, solicitando reservar para si a vaga existente. No entanto, ficou resolvido que somente na próxima reunião será escolhido o novo zelador, por haver mais candidatos interessados.
Após, os Diretores de Futebol disseram estar descontentes com os atletas Darcy e Ely; o primeiro por não acatar as ordens dos seus superiores, o segundo por viajar com muita frequência a Bom Retiro do Sul, sem permissão, domingo último atuou na preliminar em Lajeado, terça-feira chamado ao treino disse encontrar-se lesionado. Decidiu-se que o Técnico Carlos Viola dará a última palavra sobre os referidos atletas.
Ficou assentada uma partida amistosa para o próximo domingo aqui em nosso Estádio, com o E.C.Fortes e Livres de Mussum.
A seguir foram admitidos onze (11) novos associados à saber: Ito Rocha, Wilson Pereira, João Soares, Lauro Alfredo Eckert, Dino Vaz de Lima, Paulo Ignácio Horn, Deoday S.Alvez, Gárcio João Eckert, Nilvo Francisco Azambuja, Gilberto O. Fischer e Lauro Eckert.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão e mandou lavrar a presente Ata.

José Bello Milton Fauth
Presidente Secretário












ATA Nº 129 – SESSÃO DE DIRETORIA – 06/04/1960

Aos 6 de abril de 1960, tendo como local o Escritório da Agência Ford, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C.
Havendo número legal, o Sr. Presidente deu por aberta a Sessão, pedindo fosse lida a Ata da Sessão anterior a qual foi aprovada.
EXPEDIENTE: Circular do Tênis Clube Estrela, comunicando a eleição e posse da nova Diretoria daquele Clube para o período 1960-1961.
TELEGRAMA DO E.C.VERANENSE DE VERANÓPOLIS, propondo uma partida amistosa no próximo dia 10 aqui em Estrela e outra dia 17 em Veranópolis nas mesmas condições = CR$ 10.000,00 bruto.
2 OFÍCIOS DO GINÁSIO CRISTO REI, um informando terem recebido nossa circular nº 01-1960, o segundo respondendo nosso ofício nº 15-1960, no qual solicitamos informar o número de professores daquele educandário, para remetermos os ingressos permanentes aos mesmos.
OFÍCIO DO LIONS CLUBE DE ESTRELA E ESCOLA NORMNAL MARTIN LUTHER, o primeiro acusando o recebimento de nossa Circular nº 01-1960, o segundo respondendo nosso ofício nº 16-1960.
Após foi estudada e aprovada a venda das cadeiras cativas para esta temporada, foi fixado o preço de CR$ 200,00, para uma cadeira e CR$ 300,00 para duas.
Foi novamente transferida a escolha do futuro zelador do Estádio.
Nada mais havendo a tratar, o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão, da qual lavrei a presente Ata.

Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente
EM TEMPO: Foram apresentadas 16 propostas de novos associados, todos aceitos: Álvaro Thomaz, Ichea Abech, Roberto W.Viana, Taufik M. Atalla, Oscar Chaves Garcia, Alcides José Ramos, Valmir J. Hauschild, Elmar Wink, Gelsy P.da Silva, Geraldo Ruschel e Iquacio Ruschel, Guido J. Wallauer, Flavio Helio Kirst, José Vicente Reckziegel, Willibaldo Ignácio Reckziegel, Romualdo Horn.

Milton Fauth
Secretário





















ATA Nº 130 – SESSÃO DE DIRETORIA – 13/04/1960



Aos 13 de abril de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C.. Havendo número legal, o Sr. Presidente deu por aberta a Sessão, ordenando fosse lida a Ata da Sessão anterior que foi aprovada.
EXPEDIENTE: Ofícios do Grêmio F. Porto Alegrense, E.C.Floriano de Novo Hamburgo, E.C. São José de Lajeado e Futebol C. Santa Cruz de Santa Cruz do Sul, todos acusando o recebimento de nossa Circular nº 01/1960.
TELEGRAMA DO VERANESE DE VERANÓPOLIS: Informando hora da chegada e o número de pessoas que virão.
Da F.R.G.F informando a remessa de 7 carteiras de atletas profissionais e um demonstrativo das despesas e pagamentos efetuados pelo Estrela F.C. até o dia 27.02.1960.
Após foi debatido o caso de zelador do Estádio, o escolhido foi o Sr. Ito E. de Souza.
O Sr. Hengelmann, cobrador das mensalidades do nosso clube pediu 5% sobre a arrecadação da lista de resistência para realizar mais este serviço, o Sr. Eugenio Noll foi indicado para falar com ele.
O Sr. Presidente informou aos presentes que as despesas do jogador Osmar Braga Pereira, correrão por conta do associado Darcy P. Kasper, que se prontificou a pagar as despesas, como (Lole) quarto para dormir e as refeições.
Foram apresentadas 11 propostas de novos associados, sendo todos aceitos, são os seguintes: Waldomiro P. da Silva, Bernardo Jansen, Erno Fucks, Ricardo H. Einsfeldt, Aury M. da Silva, Jorge Freitag, Huberto Vier, Leobaldo de Souza, Arthur J.Bohn, Lauro............ e Octavio Göergen.
Nada mais havendo a tratar o Sr. Presidente deu por encerrada a Sessão da qual lavrei a presente Ata.

Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente

PS. – O Sr. Darcy P. Kasper prontificou-se a pagar somente o quarto para o jogador Osmar.
27-04-1960

Milton Fauth





















ATA Nº 131 – SESSÃO DE DIRETORIA – 27/04/1960

Havendo número legal, o Sr. Presidente deu por aberta a Sessão dizendo inicialmente do seu contentamento pelo total êxito alcançado nas negociações que haviam mantido com o atleta Gaiteiro, que assinou Contrato por uma temporada, agradeceu ao grupo de estrelenses anônimos que doaram Gaiteiro ao Estrela F.C.
No próximo domingo excursionaremos à cidade de Veranópolis, retribuindo a visita que nos fez o C.A.Veranense. Horário da saída: 6.30 horas.
Após foi lido um rápido apanhado das finanças atuais feitas pelo Sr. Tesoureiro.
O Sr. Presidente informou aos demais Diretores que o E.C.São José, da capital do Estado, deseja CR$ 20.000,00 livres, para realizar uma partida com a nossa equipe; quantia essa considerada muito elevada.
O Sr. Antônio Carlos Porto, solicitará redução das pretensões do Clube Santo, pedirão também data ao Clube Zequinha.
Nada mais havendo a tratar foi encerrada a Sessão, da qual lavrei a presente Ata.


Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente










ATA Nº 132 – SESSÃO DE DIRETORIA – 02/05/1960

Havendo número legal o Sr. Presidente abriu a Sessão.
vEXPEDIENTE: Circular do C.A.Veranense de Veranópolis, informando nova Diretoria para 1960.
Telegramas do E.C.Floriano de N.Hamburgo e E.C. Juventude de Caxias do Sul, sobre base para uma partida.
Ofício do Grêmio Atlético Juvenil de Bento Gonçalves, propondo a realização de duas partidas, uma aqui em Estrela, outra em Bento Gonçalves.
Foram tomadas as seguintes providências referentes a visita do E.C. Floriano, no próximo domingo.
PREÇO DOS INGRESSOS:
PAVILHÃO: CR$ 70,00
GERAL: CR$ 50,00
½ GERAL: CR$ 30,00
SÓCIOS E COLEGIAIS: CR$ 20,00
PESSOAL ESCALADO:
PORTÃO DOS SÓCIOS: Laudelino R. da Silva
Fernando Bentz e
Cobrador Sr. Engelmann
BILHETERIA: Universimo Ferreira
Wilde Prunes
PORTARIA: Thomaz Pereira Netto
PAVILHÕES: Armando Gemmer
Ary Steimer
Milton Fauth
O Sr. Presidente manifestou seu desejo de fazer uma exposição dos trabalhos realizados no Estádio Dr. Walter Jobim, aos membros dos Conselhos Deliberativo e Fiscal, mais convidados especiais, nessa ocasião seria oferecido um churrasco aos mesmos . A idéia foi aprovada.
Foram aceitos 16 novos sócios: Dr. Antônio Brasil, Arthur Dewitte, Ivo Marais, Hans H. Huber, Wilhen Christian Meyer, Telmo Petter, Helmuth Sieben, Dr. Hélio M. de Rose, Renato A. Mallmann, João W.Groth, Dr. Dorvalino Fauretto, Antonio I. Müssnich, Aldino Bald, Ibaré A. Souza, Percy de Quadro, José Ernesto da Silva.
Nada mais havendo a tratar, lavrei a presente Ata que vai por mim assinada e pelo Sr. Presidente.


Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente



















ATA Nº 133 – SESSÃO DE 09/05/1960

Aos 9 de maio de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. quando foram debatidos os seguintes assuntos:
1º EXPEDIENTE: Ofício do Ginásio Cristo Rei, informando o número de professores daquele educandário em 1960.
Grêmio A. Glória de Carazinho, acusando o recebimento de nossa Circular nº 1-1960.
Circular nº 2-60, da F.R.G.F indicando o Sr. Helmuth H. Mallmann, para o cargo de Delegado da Mater, no corrente ano.
Circular do E.C.Fortes e Livres de Mussum, comunicando-nos a eleição da Diretoria para o próximo exercício .
O Sr. Eugenio Noll, indicou os Srs. Eugenio Strehl, Orlando Sauer, Oswaldo Sauer e Carlos Spohr para cônsules do Estrela F.C. em Beija Flor – Boa Vista – Bom Retiro do Sul e Corvo, respectivamente. Indicação aprovada.
Após, decidimos enviar uma circular aos associados com os seguintes itens:
1º) O pavilhão social é de uso exclusivo dos associados e seus pendentes.
2º) Não terão ingresso no pavilhão social, pessoas residentes nesta cidade e não associadas, mesmo acompanhadas de sócios.
3º) As cadeiras cativas somente poderão ser cedidas a sócios e forasteiros mediante o cartão de identificação.
4º) O ingresso dos sócios no Estádio, será sempre pelo portão lateral, salvo determinação em contrário e para ingressar no pavilhão o associado deverá retirar naquele portão a senha “sócio”.
Nada mais havendo, lavrei a presente Ata.

Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente

P.S. – Foram admitidos no quadro social os Srs. Osvaldo R. dos Santos, Mário Peduzzi, Selmiro Gregory, Rosa M.Vanderveem, Antonio R. da Silva, Nelson A. Silva, José A. Feyh, Hélio Gerhardt, Olívio F. Silva, Aprígio Cardoso, Werner Haussmann, Egon Haussmann, Arthur V. Hauschild, Ivo Rocha, Eloi Musskopf, Nelson Closs, Selveira P. Closs, Arno Eckel, Arlindo J. Mallmann.



















ATA Nº 134 – SESSÃO DE 18/05/1960

Havendo número legal, o Sr. Presidente abriu a Sessão.
Inicialmente foram fixadosos preços dos ingressos para o jogo com o G.E.Arsenal de Guerra de General Câmara:
Pavilhão: CR$ 50,00
Geral: CR$ 30,00
½ Geral : CR$ 20,00
Colegial: CR$ 10,00
O Sr. Presidente informou à Diretoria a confirmação do jogo com o E.C.São José de Porto Alegre dia 05.06.1960.
Nesta oportunidade será sorteada a importância de CR$10.000,00.
Foi aventada a possibilidade de jogarmos uma partida amistosa com o C.E.Lajeadense no próximo dia 12, por ocasião dos kerbs em nossa cidade.
A Comissão de Programação dos jogos estudará.
Foram apresentadas propostas de sócios: José Antonio de Borba, João P. Lopes, Theobaldo Linke, Osmar A.Kollet, Osvaldo Augusto Müller, Heitor Maioli, João Medeiros da Silva, Evaldo G. Henz.
Nada mais havendo, lavrei a presente Ata que vai assinada por mim e pelo Presidnete.


Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente









ATA Nº 135 – SESSÃO DE DIRETORIA – 25/05/1960

Aos 25 de maio de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. Havendo número legal, o Sr. Presidente abriu a Sessão.
Após foram tratados diversos assuntos de interesse do Clube.
EXPEDIENTE: Ofícios do E.C.Juventude de Caxias do Sul, acusando o recebimento de nossa Circular nº 01/60; do C.R. Vasco da Gama do Rio de Janeiro, informando a nova Diretoria para o exercício de 1960-1961; do Deputado Arnoldo Schiphorst Jr. comunicando que era seu desejo nos contemplar com parte de sua verba pessoal, no entanto, dado ao seu afastamento, tal não é possível, no corrente ano.
A seguir, foram apresentados propostas de novos sócios: Ernani Dienstmann, Alfredo da Silva, Arno Altmann, Ermindo Eggers, Henrique Bücker, Júlio Berrá, Rudy Korte, Romeu José Heberle, Nilo Ruschel, Leobaldo Erny Matte, Rosalino da Silva, Nelson Ruschel, José ..... Fernando Sabóia Carreiro Leão, Helmuth Horst, Nelson Jesus da Silva, Raymundo Webber, Arnaldo Ruschel, Paulo Luiz Horn, Rosalino da Silva, José A.Kleber, Frederico Griebeler, Clementino Cardoso, Silvério Wendt, Mirio Becker, Harry Osterkamp, Harry Lieckmeier.
Nada mais havendo lavrei a presente Ata.

Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente








ATA Nº 136 – SESSÃO DE DIRETORIA 01º/06/1960

Aos 1º de junho de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C., ocasião em que foram abordados os assuntos abaixo:
Havendo número legal, o Sr. Presidente abriu a Sessão lendo inicialmente o expediente.
Alvará de Licença do Conselho Regional de Desportos e Circular do E.C.Pelotas comunicando-nos a eleição e posse da Diretoria para o corrente exercício.
Foram apresentados 12 propostas de sócios: Srs. Erwino Weber, Affonso R. Wagner, Albano Rückert, Manoel S.Bizarro, Romualdo Schneider, Felisberto Morais da Silva, Manoel J. Moraes, Maria A. Schneider, Elmar Horn, Willibaldo Becker, Dercio Ferreira e Fridoldo Trapp.
O Diretor de Futebol Eugenio Noll, fez uma longa explanação sobre o estado atual do plantel, e indicou diversos atletas que estão aprovando nos testes e devem ser contratados.
Após foi discutida e aprovada a prorrogação da campanha de novos sócios até o dia 15 do corrente.
À seguir foram fixados os preços dos ingressos para o jogo com o E.C. São José : Pavilhão: CR$ 70,00 – Geral: CR$ 50,00 – ½ Geral: CR$ 30,00 – Colegial e sócio: CR$ 20,00.
Nada mais havendo a tratar, lavrei a presente Ata que vai por mim assinada e pelo Presidente.

Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente










ATA Nº 137 – SESSÃO DE DIRETORIA 08/06/1960

Aos 8 dias de junho de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. Havendo número legal, o Sr. Presidente abriu a Sessão, ordenando que fosse lida a Ata da Sessão anterior que foi aprovada.
EXPEDIENTES:
# Boletim Oficial da F.R.G.F..
# Telegramas do Grêmio Esportivo Flamengo de Caxias do Sul, confirmando a realização da partida dia 12, aqui em Estrela.
# Da F.R.G.F. informando haverem registrado o contrato de Osmar Berwig – Gaiteiro.
# Oficio do Juventus A.C desta cidade, respondendo o nosso do dia 31 de maio.
# Ofício do Grêmio Esportivo Taquariense de Taquari, propondo jogo dia 19 em Taquari, base CR$ 4.000,00.
Foram admitidos os seguintes sócios: Elli H.Neururer, Raymundo Weber, Ione Maria Ghislene, Iater Orlandi, Ivo Britto, Arnoldo E. Ruschel, A.Bruno Eckert, Milton Dexheimer, Carlos T. Fritsch, Ito João Wendel, Ernandi da Silva, Decio Wendt, Milton Friedrich, Loreno Petter, Germano W. Schmidt, Telmo E. Fell, Walter Gerhardt, Arlindo José Fischer, Catarina A. Silva, Hugo Schneider, Harry Gartner, ........O.Willrich, Luiz Carlos Moraes, Manoel da Silva, Oscar Schneider, Octavio Oliveira, Pedro Rodrigues da Silva, Paulo Luiz Horn.
Para o jogo do próximo domingo com o G.E.Flamengo de Caxias, vigorarão os seguintes preços dos ingressos:
# Pavilhão 70,00 # Geral: 50,00
# ½ Geral: 30,00 # Colegiais: 20,00


Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente











ATA Nº 138 – SESSÃO DE DIRETORIA – 15/06/1960

Aos 15 de junho de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. . Havendo número legal, o Sr. Presidente abriu a Sessão.
Inicialmente foi lida e aprovada a Ata da Sessão anterior.
Após, foi apresentado o relatório da “Rifa Brasília”, que acusou o lucro de CR$ 21.000,00 (vinte e um mil e cem cruzeiros).
Compareceu à reunião à convite o Sr..........Abech, contemplado com a viagem à Brasília, nesta oportunidade recebeu o prêmio das mãos do Sr. Presidente, agradecendo em rápidas palavras.
Para o jogo do próximo domingo, em Lajeado, com a briosa equipe do C.E.Lajeadense, decidiu-se que a delegação partirá do Estádio Dr. Walter Jobim, às 14. 30 horas em condução particular e os jogadores fardados.
Para a próxima reunião serão convidados para tomarem parte na mesma, as gentis senhoritas Marlize Lenhard, Dalva Maria Porto e Suely Maria Hauschild, candidatas escolhidas pela Diretoria para participarem do concurso pelo qual, será eleita a madrinha do Estrela F.C.
Foram admitidos os seguintes sócios: Theobaldo E. Fell, Arlindo José Fischer, Cezar Mariante, Claudio Wermann, Nelson Borba, Milton Rocha, Oswaldo Sauer, Theobaldo Frauzemauer, Ademar Farias, Arnaldo Eidelwein, Eugenio Schneider, Fernando Schmidt, Guilherme Prade, João L. Kremer, Henrique Prade, Luiz C. Lenhard, Mario R. da Silva, Odilo Dullius, Silvério Wendt, Osvaldo M. Kretzmann, Ivo Dillemburg, José A. Hoss, Elmo Petter, Adelmo Friedrich, Universimo Ferreira , Milton Fauth.
Nada mais havendo, lavrei a presente Ata que vai por mim assinada e pelo Presidente.

Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente











ATA Nº 139 – SESSÃO DE DIRETORIA – 23/06/1960

Havendo número legal foi aberta a Sessão. Inicialmente foi lida e aprovada a Ata da Sessão anterior.
O Diretor de futebol Eugenio Noll, usando a palavra pediu aos presentes que se resolvesse urgentemente o caso do jogador José Roque Eidelwein “Zepelin” que deve ser operado dos meniscos.
Ficou resolvido que faremos nova rifa de CR$ 10.000,00 por ocasião do jogo com o C.E.Lajeadense – a venda proveniente dessa rifa será empregada nas despesas da operação orçada em CR$ 20.000,00.
Nada mais havendo, lavrei a presente Ata, que vai por mim assinada e pelo Sr. Presidente.


Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente
















ATA Nº 140 – SESSÃO DE DIRETORIA – 29/06/1960

Aos 29 de junho de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. Havendo número legal o Sr. Presidente abriu a Sessão.
Inicialmente foram apresentados o nome do Juiz para o jogo com o C.E.Lajeadense. Foram propostos os Srs. Cyro Stralmans e Mario Mallmann de Santa Cruz do Sul e Vetar o Sr. Brandão de Lajeado.
O Sr. Presidente informou que acertou com Diretores do Flamengo de Caxias do Sul, duas partidas amistosas; a primeira seria 10 de julho em Caxias e a segunda dia 17 do mês próximo aqui em Estrela. As referidas partidas serão confirmadas ou não na próxima segunda-feira, dia 04-07-1960.
Após, o Sr. Eugenio Noll teceu comentários à respeito do plantel referindo-se de um modo especial aos jogadores Doca – Nema – Adauto.
Nada mais havendo lavrei a presente Ata que vai por mim assinada e pelo Sr. Presidente.


Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente












ATA Nº 141 – SESSÃO DE DIRETORIA – 18/07/1960

Aos 18 de julho de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. . Havendo número legal, o Sr. Presidente abriu a Sessão.
Como expediente consta Fonograma do E. C. Guarany de Caí.
O representante do Estrela F.C. junto à F.R.G.F. para o período de 1960-1961, será novamente o Sr. Antônio Carlos Porto.
Foram admitidos no quadro social: Carolina Ferreira, Luiz da Silva e Waldomiro Hermel.
A seguir o tesoureiro fez uma rápida prestação de contas.
Após foi debatido o caso mais grave até agora surgido para a atual Diretoria:Trata-se dos jogadores Adauto e Erico; o primeiro deseja receber a quantia mensal de CR$ 3.500,00 até que a Direção do Estrela F.C. lhe arrume um emprego, quando isto acontecer não teremos que continuar desembolsando aquela quantia mensalmente. O segundo, é Erico que pediu a importância de CR$ 2.600,00 mensais para o pagamento de sua pensão.
Ficou resolvido que se convocaria o Conselho Deliberativo para depois de seu Parecer, resolvermos se continuaremos como até agora, somente com jogadores amadores e abriremos mão daqueles jogadores, ou faremos uma excessão.
Ficou resolvido também que devido as despesas oriundas das remodelações no estádio, compra de material esportivo e diversas despesas que não são necessárias nomear, devemos aumentar imediatamente as mensalidades e a lista de resistência.


Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente













ATA Nº 142 – SESSÃO DE DIRETORIA – 27/07/1960

Aos 27 de julho de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. Havendo número legal o Sr. Presidente abriu a Sessão.
Inicialmente foi lida e aprovada a Ata da Sessão anterior.
EXPEDIENTE: Circulares nº 9 e 10 da F.R.G.F. e ofício do Grêmio Esportivo Juventude de Guaporé.
Após foram tomadas as providências referentes ao Campeonato Estadual da segunda divisão de profissionais, cujo início está marcado para o próximo domingo.
O primeiro compromisso do Estrela F.C. no certame do corrente ano, será na cidade de Guaporé contra o E.C.Juventude.
Resolveu-se ainda convidar a Srtª Beatriz Forster para participar do Concurso “Madrinha do Estrela F.C.”, devendo a mesma comparecer na próxima Sessão de Diretoria, juntamente com as demais candidatas.
Nada mais havendo, o Sr. Presidente encerrou a Sessão da qual lavrei a presente Ata.


Milton Fauth José Bello
Secretário











ATA Nº 143 – ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA EM 01º/08/1960

Aos 1º de agosto de 1960, tendo como local o Salão de Festas da Sociedade Ginástica, realizou-se a presente Sessão de Assembleia Geral Extraordinária, que teve a seguinte ordem do dia: 1º) Aumento das mensalidades - 2º) Assuntos diversos.
Não havendo número legal para a primeira convocação a presente Assembleia foi realizada uma hora após, com regular número de sócios presentes.
O Sr. Presidente deu por aberta a Sessão, ordenando, inicialmente, que se procedesse a leitura da Ata da Assembleia anterior a qual foi aprovada.
Referindo ao 1º item da ordem do dia, ou seja: aumento das mensalidades, o Sr. Presidente fez uma longa explanação sobre a necessidade do aumento.
Posta em votação a sugestão da Diretoria, a mesma foi aprovada por unanimidade passando as mensalidades de CR$ 30,00 para CR$ 50,00 mensais.
A seguir o presidente levou ao conhecimento dos associados presentes os planos para o futuro que tinha em mente e os que já estavam sendo realizados pela Diretoria do Estrela Futebol Clube.
Para tanto, frisou o Sr. Presidente, é necessário que os associados e a população em geral, continuem dando seu integral apoio as iniciativas do Estrela F.C.
Agradecendo a presença dos associados, em especial ao Sr. Bertholdo Gaussmann, Prefeito Municipal, o Sr. Presidente deu por encerrada a presente Assembleia Geral Extraordinária, da qual lavrei a presente Ata.

José Bello Milton Fauth
Secretário















ATA Nº 144 – SESSÃO DE DIRETORIA – 03/08/1960

Aos 3 de agosto de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F. C. Havendo número legal o Sr. Presidente deu por aberta a Sessão.
Inicialmente foi lida e aprovada a Ata da Sessão anterior.
EXPEDIENTE: Pedido de licença do associado Sr. Armindo Fleck – Fonograma do E.C. Juventude de Guaporé sobre o Campeonato Estadual. O Sr. Presidente informou que palestrou pelo telefone com Diretores da F.R.G.F e, nesta oportunidade, soube que a primeira partida que deveria realizar-se no dia 31 p.passado, em Guaporé, será jogada somente no dia 21, e a segunda dia 28 do corrente aqui em Estrela.
A ampliação da lista de resistência está progredindo.
A Direção do Veterano de Carazinho, ofereceu novamente ao Estrela F.C. 150 cautelas da rifa de um automóvel, ao preço de CR$ 200,00 cada. Recebendo o Estrela F.C. 50% s/ venda, as cautelas que não conseguir vender serão devolvidas conforme acordo firmado entre ambos.
Após foram trocadas idéias, apresentadas sugestões sobre os próximos jogos do Estrela F.C.
Os Srs. Wilde Prunes e Ary Steimer foram indicados para palestrarem com as candidatas do concurso Madrinha do Estrela Futebol Clube.
Nada mais havendo foi encerrada a Sessão, da qual lavrei a presente Ata.


Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente















ATA Nº 145 – SESSÃO DE DIRETORIA – 17/08/1960

Aos 17 de agosto de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C.
EXPEDIENTE: Pedido de demissão do sócio Ivo Osmar da Rocha – demissão concedida, devendo atualizar-se com a tesouraria. Aviso da F.R.G.F. referente ao débito s/diferença contrato de Osmar (arqueiro).
O E.C. Nacional de Cruz Alta, ofereceu ao Estrela F.C. cautelas de uma rifa de um automóvel. Não foi aceita em virtude das dificuldades em sua colocação.
A delegação do Estrela para o jogo em Guaporé é a seguinte: José Bello – Eugênio Noll – Universimo Ferreira – Wilde Prunes – Don Viola – Ito de Souza – Oswaldo Blum - mais os jogadores: Osmar – Claudio – Erico – Lampião – Doca – Checo – Adão – Adauto – Mirinho – Nema – Decio – Osmar – Loy – Gaiteiro – Rui – Airton – Saída às 7 horas. Como convidado da imprensa falada e escrita, seguirá o Sr. João Carlos Terlera.
Nada mais havendo foi encerrada a Sessão.



Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente











ATA Nº 146 – SESSÃO DE DIRETORIA EM 24/08/1960

Aos 24 de agosto de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. Havendo número legal, o Sr. Presidente abriu a Sessão, dizendo inicialmente que o E.C. Cruzeiro de P. Alegre, pediu CR$ 20.000,00, mais ônibus, almoço e janta para jogar uma partida em nossa cidade.
Após foram tomadas as providências para o jogo do próximo domingo com o Juventude de Guaporé, dando prosseguimento ao Campeonato Estadual da 2ª Divisão de Profissionais, Zona 3.
O preço das localidades para o mencionado encontro é o seguinte: Pavilhão: 70,00 – Geral: 50,00 – ½ Geral: 30,00 – Colegiais: 20,00.
Foram escalados:
BILHETERIAS: Dr. Wilde Prunes
Universimo Ferreira
PORTÕES: Thomaz Pereira
Laudelino R. Silva
Fernando Bentz
COBRADOR: Sr. Engelmann
PAVILHÕES: Armando Gemmer
Ary Steimer
Milton Fauth
Nada mais havendo, foi encerrada a Sessão da qual lavrei a presente Ata.


Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente




ATA Nº 147 – SESSÃO DE DIRETORIA EM 19/09/1960

Aos 19 de setembro de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. Havendo número legal, foi aberta a Sessão.
Inicialmente, o Sr. Presidente informou que a reunião fora antecipada em virtude das providências referentes ao jogo com o “GEPO” de Tupanciretã, que será realizado no próximo domingo.
Resolveu-se que a Delegação partirá da Estação Rodoviária, em condução particular às 11.30 horas de sábado – dia 24.
Após foi formada a delegação, a qual será composta de 14 jogadores, técnico, massagista, roupeiro. Será chefiada pelos Srs. José Bello – Eugenio Noll e Ary Steimer.
Nada mais havendo, lavrei a presente Ata.


Milton Fauth José Bello
Secretário Presidente
















ATA Nº 148 – SESSÃO DE DIRETORIA EM 12/10/1960

Aos 12 de outubro de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C.
A reunião foi realizada à tarde, na Estação Rodoviária; esteve presente o Sr. Bertholdo Gaussmann, Prefeito Municipal.
Para conduzir a missão estrelada à cidade de Alegrete, foi contratado um ônibus pela importância de CR$ 25.000,00.
Devido à crise financeira que atinge todos os Clubes de Futebol, na atualidade, resolveu a Direção do Estrela F.C. fazer um apelo ao Comércio e Indústrias de nossa cidade, com o objetivo de minorar as despezas referentes a excursão à Alegrete.
O Prefeito Municipal, prontificou-se a dar seu apoio moral e material, em virtude da magnífica campanha que está realizando o Estrela F.C. no Campeonato Estadual do corrente ano.
Nada mais havendo, lavrei a presente Ata.


Milton Fauth José Bello
Secretário














ATA Nº 149 – SESSÃO DE DIRETORIA EM 19/10/1960

Aos 19 de outubro de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C.
Presidiu a reunião o Sr. Ary Steimer, Vice-Presidente, em virtude do Presidente encontrar-se ausente da cidade.
DEMISSÃO: O associado Alvaro Thomaz, enviou a Diretoria do Estrela F.C., um ofício, no qual solicita demissão do quadro social; “concedida”.
Para a partida do próximo domingo, com a equipe do E.C. Guarani de Alegrete, foi providenciado o seguinte:
Haverá duas (2) preliminares, a 1ª reunirá as esquadras da Escola Normal Estrela da Manhã X Brazil de Boa Vista; a segunda Oriental FC X União Lajeadense Estudantes Secundários-ULES.
Vigorarão os seguintes preços:
PAVILHÃO: CR$ 70,00
GERAL: CR$ 50,00
½ GERAL: CR$ 30,00
COLEGIAIS: CR$ 20,00
Escalação do pessoal:
BILHETERIA: Dr. Wilde e Universimo
PORTÕES: Laudelino, Pereira e Engelmann
PAVILHÕES: Ary, Gemmer e Milton
Nada mais havendo a tratar o Presidente em execício mandou lavrar a presente Ata.

José Bello Milton Fauth
Secretário










ATA Nº 150 – SESSÃO DE DIRETORIA EM 14/11/1960

Aos 14 de novembro de 1960, reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C. quando foram abordados os seguintes assuntos:
Com referência ao jogo do dia 15 (amanhã) que será realizado na cidade de Lajeado, no gramado do E.C. São José, e que será a decisiva do Campeonato Estadual da 2ª Divisão de Profissionais.
As bilheterias estarão a cargo dos Srs. Universimo Ferreira e Tomaz Pereira Netto, que seguirão para Lajeado pela manhã, o mesmo acontecendo com o Presidente José F. Bello.
Quanto aos jogadores, sairão após o almoço em condução particular.
A torcida estrelense será conduzida por um sem número de ônibus, automóveis e cargueiros.
Nada mais havendo à tratar, foi encerrada a Sessão, da qual lavrei a presente Ata.

José Bello Milton Fauth
Secretário














ATA Nº 151 – SESSÃO DE DIRETORIA EM 21/11/1960

Aos 21 de novembro de 1960 reuniu-se a Diretoria do Estrela F.C.
Havendo número legal o Sr. Presidente abriu a Sessão, agradecendo inicialmente aos demais componentes da Diretoria e aos associados pela magnífica colaboração que prestaram ao Estrela F.C. durante a Campanha do Campeonato Estadual, lamentando a infelicidade dos nossos jogadores quando perderam o título máximo.
Após foram trocadas idéias e apresentadas sugestões referentes aos próximos compromissos do Estrela F.C.
Decidiu-se que jogaremos 2 partidas amistosas com o C.E.Lajeadense, faltando somente acertar as datas.
Nada mais havendo o Sr. Presidente deu por encerrada a presente Sessão, da qual lavrei a presente Ata.


José Bello Milton Fauth
Secretário














ATA Nº 152 – REUNIÃO COMEMORATIVA DO
40º ANIVERSÁRIO DO ESTRELA FUTEBOL CLUBE

Aos dezessete dias do mês de novembro do ano de mil novecentos e setenta e um (17-11-1971) no Salão-Restaurante 20 de Maio, reuniram-se a municipalidade, devidamente representada, as classes produtoras, os ex-membros de Diretorias do Estrela Futebol Clube, o Conselho Deliberativo do mesmo, associados comparecentes e representantes de toda a coletividade estrelense, honrados com a presença do Sr. Rubens Hoffmeister, D.D.Presidente da Federação Gaúcha de Futebol – FGF, acompanhado do Diretor de Futebol Profissional da mesma, Sr. Gastão Prudente e do cronista e jornalista da Cia. Jornalística Caldas Júnior, Sr. Antônio Carlos Pôrto, após convocação da imprensa falada da localidade à convite do Conselho Municipal de Desportos, sob a magnânime direção do Sr. Érico Sauer, para comemorar a passagem do 40º (quadragésimo) aniversário do Estrela Futebol Clube, e eleição da nova Diretoria do mesmo.
Aberta a reunião, pelo Sr. Érico Sauer, que dizendo dos objetivos da mesma, ressaltou a importância do ressurgimento do Estrela Futebol Clube para a coletividade estrelense, citando como exemplo a briosa participação do Conselho Municipal de Desportos, na competição estadual, êste ano realizado em Novo Hamburgo, como um dos veículos promotores da localidade. Orgulhoso, ressaltou ou melhor, participou aos presentes a importante conquista de duas medalhas de ouro, uma de disciplina e outra de simpatia, obtidas pelas equipes integrantes do Conselho Municipal de Desportos, oferecidas pelo Departamento de Educação Física da Secretaria de Educação e Cultura do Estado, na mencionada competição. Agradeceu a prestigiosa presença do Sr. Rubens Hoffmeister, Presidente da F.G.F, mencionado, a seguir, a necessidade de se eleger uma nova Diretoria para que o Estrela Futebol Clube reiniciasse suas atividades. Imediatamente, solicitou ao Sr. Prefeito Municipal, Bertholdo Gaussmann, que fizesse uso da palavra . Após a
clamação dos presentes, o Sr. Prefeito Municipal, convidou a todos, digo, convidou todos a que , de pé, saudassem o pavilhão do E.F.C., com uma salva de palmas. Saudado o pavilhão, em viva manifestação e maravilhosa aclamação dos presentes, disse o Sr. Prefeito Municipal, que ao se festejar o 40º aniversário de fundação do E.F.C., completava ele no mesmo dia, 40 anos de residência na cidade de Estrela, manifestando-se orgulhoso de sua terra Natal, Beija-Flor. Não pretendendo discursar, mas relatar acontecimentos que marcaram os quarenta anos que participou e acompanhou o E.F.C.; contou episódios significativos da história do clube. Enaltecendo a amizade que tem com o Sr. Presidente da F.G.F., o patrono do E.F.C. congratula-se com a participação do mesmo e com a disposição com que dirige a entidade mater do Futebol Gaúcho. A seguir, o Sr. Érico Sauer, presidindo a reunião pediu ao Sr. Rogério Nonnemacher que fizesse uso da palavra para saudar o Sr. Rubens Hoffmeister, Presidente da F.G.F . Enaltecendo a
figura do mesmo, que por sua tenacidade, coragem, decisão e determinação atingiu o elevado posto, expressa a certeza do seu apoio ao E.F.C.. Conclamando os presentes à união de esforços para que voltados ao passado, orientados ao presente e futuro, dessem um voto de confiança àqueles que por ventura fossem aclamados como membros da nova Diretoria, para que ressurgisse o futebol, algo que parecia ao mesmo, faltava à coletividade estrelense. Lembrou que somente duas rivalidades marcaram o futebol gaúcho, a de Grêmio e Internacional, e a de Estrela e Lajeado. Fazendo votos que ressurgisse o futebol e não as rivalidades bairristas, encerrou dizendo que nesta noite devemos, voltados para a juventude estrelense, fazer ressurgir o E.F.C.. A seguir, falou o Sr. Antônio Carlos Pôrto que recordando sua passagem e seus amigos no E.F.C conclamou os presentes a unirem-se para o reerguimento do futebol nesta cidade. Esclarecendo sua atividade disse o Sr. Antônio Carlos Pôrto, que, na qualidade de crítico, se às v
ezes faz corrigendas, através da imprensa da capital, é por entender que as coisas andam erradas por aqui, segundo sua convicção e o faz para que sua cidade natal seja progressista. Ressaltando as qualidades de nossa gente, disse, Antônio Carlos Pôrto, de sua admiração por aquilo que nesta noite acontecia, a comemoração de aniversário de uma entidade que se achava paralisada, entendendo que somente na terra onde o amor une, é que tal pode acontecer. Finalmente, fazendo uso da palavra, o Sr. Rubens Hoffmeister, DD Presidente da F.G.F., que profundamente emocionado pela aclamação dos presentes e pelo gesto do Sr. Prefeito Municipal, quando convidou a todos para saudar o pavilhão do E.F.C., disse, após relatar sua correria futebolística, sentir saudades dos tempos que o futebol era para ele praticado como amadorista. Justificando sua presença nesta cidade, comentou o Sr. Rubens Hoffmeister, que estando no Rio de Janeiro e recebendo convite do Sr. João Havelange e do General Jerônimo Bastos, para lá perman
ecer a fim de tratar de assunto de interesse do futebol nacional, não o fêz, por que havia se comprometido com o E.F.C., para aqui estar nesta noite, prontamente aclamado, reverenciou a figura do grande Presidente Médici, como torcedor número um do futebol brasileiro. A seguir, dizendo que após viajar este Brasil de norte a sul, leste a oeste, acompanhando as Delegações de Grêmio e Internacional, compreendeu a importância do futebol gaúcho. Não entendendo a grandeza do futebol gaúcho, somente em Grêmio e Internacional, disse que o futebol gaúcho é a soma das potencialidades futebolísticas de todo estado, de grandes e pequenos, principalmente destes. Assim sendo “saio desta casa não tão somente como Presidente da Federação Gaúcha de Futebol, mas, com entusiasmo afirmo; um soldado para o reerguimento do Estrela F.C.”.
Tomando a palavra, o Sr. Érico Sauer, de conformidade com os dispositivos estatutários do Clube, apresentou a composição do Conselho Deliberativo e Fiscal do Estrela F.C., conclamando-os, prontamente com os presentes, para que elegessem uma nova Diretoria. Declinada a chapa sugestão composta por:
PRESIDENTE: Edmundo Hergemöller
1º VICE: Nilo Ruschel
2º VICE: Nelson Knack
1º SECRETÁRIO: Sérgio Afonso Mânica
2º SECRETÁRIO: Miguel Oliveira Figueiró
1º TESOUREIRO: Silvio Willrich
2º TESOUREIRO: Elemar Horn
DIRETOR TÉCNICO: Érico Sauer
DIRETOR SOCIAL: José Knack
Foi aclamada pelo referido conselho e pelos presentes como a nova Diretoria do E.F.C.
Contando com a presença dos médicos Luiz Alberto Keunecke e Helio Keunecke, que apresentados pelo Sr. Érico Sauer como responsáveis pelo Departamento Médico, aceitaram, sob a aclamação dos presentes. Falando a seguir, o Sr. Edmundo Hergemöller, disse que como estrelense que é, nunca fiquei a encargos que a coletividade estrelense entendesse, digo, estrelense entendesse que os devia exercer, por isso aceitava, a presidência do Clube, e que esperando a colaboração dos que aí se encontravam, e de tôda coletividade, fazia votos para que no próximo ano, estivéssemos novamente reunidos para festejar mais um aniversário do E.F.C., em atividades, com a presença de atletas, dirigentes e classes promotoras da coletividade estrelense.
Nada mais havendo a tratar e relatar, foi encerrada a reunião.
Estrela, 17 de novembro de 1971.

Edmundo Hergemöller Sérgio Afonso Mânica
Presidente Secretário













ATA Nº 153 – REUNIÃO DA DIRETORIA

Aos vinte e dois do mês de novembro do ano de mil novecentos e setenta e um (22/11/1971) numa das dependências da Sociedade Ginástica, às 14.30 horas, presentes: O Presidente, Edmundo Hergemöller, o 1º Secretário, Sérgio Afonso Mânica; o 2º Secretário, Miguel Oliveira Figueiró; o Diretor Técnico, Érico Sauer e o Diretor Social, José Knack, reuniram-se, os mesmos, após convocação de todos os membros, para tratar do reinício das atividades do Estrela Futebol Clube, sob a presidência do Sr. Edmundo Hergemöller.
Ficou assentado que as decisões que orientarão os destinos do E.F.C, são tomadas, conjuntamente, por toda a Diretoria reunida; que se fará na Sessão, ou melhor, reunião de terça-feira próxima, dia 23, às 20.30 horas, neste mesmo local, a homologação da composição de toda a classe dirigente do E.F.C. que, se planejará a reestruturação do quadro social do Clube; que se promoverá no fim do ano, juntamente com o Jornal Nova Geração o Réveillon 71-72; que, se instalará a sede do Clube, numa sala localizada nesta cidade, para melhor atender as ocupações sociais do Clube; e, finalmente, que, no dia 26 próximo, realizar-se-á o Encontro de Jogadores e Diretoria, para concretizar o reinício das atividades futebolísticas com denôdo e congraçamento ou melhor dito, ainda, fraternidade.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a reunião.
Estrela, 20 de novembro de 1971


Edmundo Hergemöller Sérgio Afonso Mânica
Presidente Secretário





ATA Nº 154 – REUNIÃO DE DIRETORIA

Aos vinte e três dias do mês de novembro de mil novecentos e setenta e um (23/11/1971), numa das dependências da Sociedade Ginástica, presentes, Edmundo Hergemöller, Presidente; Sérgio Afonso Mânica, 1º Secretário; Érico Sauer, Diretor Técnico; reuniram-se os mesmos, após convocação de todos os membros da Diretoria do E.F.C para tratar da indicação dos demais membros da Diretoria do E.F.C, da reestruturação do quadro social e assuntos gerais de interesse do Clube.
Aberta a reunião, o presidente, Edmundo Hergemöller, pediu ao Secretário que fizesse a leitura das Atas anteriores, que após lidas foram aprovadas.
Imediatamente, o Sr. Presidente, dirigindo a reunião solicitou aos presentes que aprovassem sua decisão de enviar ofício de agradecimento pela cobertura jornalística e por serviços prestados ao E.F.C, aos Srs. Rubens Hoffmeister, Presidente da F.G.F, Ataíde Ferreira, jornalista; Cláudio Dienstmann, Antônio Carlos Pôrto e Carlos Camarão, solicitando ao mesmo tempo sua colaboração.
Após o Sr. President
e, pediu ao Secretário que procedesse a leitura de um ofício recebido da Sociedade Esportiva Alto da Bronze, que solicitam o campo do E.F.C para disputa do Campeonato Municipal de Amadores.
Após diversas alusões feitas pelos presentes ao referido ofício, o Sr. Presidente, sugeriu que se emprestasse o campo, com a verba para o E.F.C da exploração da copa, isto pelo prazo de dois meses, mais ou menos, isto é, dezembro e janeiro.
Fixando-se no entanto, se porventura viesse o mesmo a ser utilizado pelo E.F.C, com a prerrogativa de rescindir o empréstimo concedido.
Após a aprovação da sugestão apresentada, o Sr. Presidente, pediu ao Secretário que oficiasse ao dirigente da Soc. Esp. Alto da Bronze, nos termos da referida decisão.
Dando continuidade aos trabalhos, ficou referendada a reestruturação do quadro social, que será efetuada através de uma campanha organizada pelos Departamentos Promocionais do E.F.C, por meio de folhetos propaganda, com picotado para compromisso do associado.
O Departamento de Futebol, falando através do Diretor Técnico comunicou aos presentes, contato mantido pelo mesmo, com o Sr. Teobaldo Miro Pereira, “Mirinho” que submeti a apreciação da Diretoria, a aprovação do referido cidadão, para ser técnico do E.F.C. Aprovado com voto de louvor, pela boa vontade demonstrada pelo Departamento de Futebol e pelo já aprovado técnico, em trabalhar gratuitamente em benefício do E.F.C.
Apresentado os demais membros da Diretoria do E.F.C., foi imediatamente homologada pelos membros dirigentes do Clube, ficando assim constituída a referida Diretoria:
CONSELHO FISCAL: Nelson Nery
Guilherme Weidlich
Odilo A. Thomé
Albano Lagemann
João Zart
DIRETORES DE COPA: Werno Halmenschlager
Frederico Griebeller
Egon Haussmann
..............................
Edvino Eckert
Evaldo Henz
DIRETOR DE PATRIMÔNIO: Guinther Müller
DIRETOR DE PROPAGANDA: Antônio Rücker
Renato Paz.
Aceitos os cargos, o Sr. Presidente convocou nova reunião, para sábado dia 27.
Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a reunião.
Estrela, 23 de novembro de 1971.

Sérgio Afonso Mânica
Secretário











ATA Nº 155 – REUNIÃO DA DIRETORIA DO
ESTRELA F.C.

Aos vinte e cinco dias do mês de abril de mil novecentos e setenta e dois, tendo por local à Soc. Ginástica, às 20.30 horas, em cumprimento do disposto no Edital de Convocação de Assembleia Geral Extraordinária, reuniram-se os Diretores e associados do Estrela F.C.. Não havendo número legal no 1º horário estabelecido, tendo o Sr. Presidente aguardado o tempo necessário, para proceder a chamada em segunda convocação, quando então, de acordo com os Estatutos, registrou a presença de número legal, às 20.45 horas.
Em seguida o Sr. Presidente iniciou os trabalhos, e mandou a mim, secretariar os mesmos.
Em seguida foi lido o Edital de Convocação de Assembleia que havia sido devidamente publicado na Imprensa, e cuja ordem do dia era a seguinte:
1) Eleição da nova Diretoria.
2) Assuntos gerais.
Em seguida, o Sr. Presidente explicou aos presentes os motivos que o levaram a convocar a Assembleia.
Justificou sua impossibilidade de continuar na presidência, em virtude de seus inúmeros compromissos particulares.
Submeteu logo após aos presentes uma chapa sugestiva, com a nominata dos membros e desportistas por serem eleitos nesta oportunidade.
Logo após, foi procedida a votação, tendo após o Sr. Presidente, convidado os Srs. João Henrique Zart e Walmir José Diel para procederem o escrutínio, que concluído, apontou a seguinte composição da nova Diretoria:
PRESIDENTE: Érico Sauer
VICE-PRESIDENTE: Henrique João Zart
2º VICE-PRESIDENTE: Walmir José Diel
3º VICE-PRESIDENTE: Dragutin Hirtenhauf
4º VICE-PRESIDENTE: Nilo Ruschel
SECRETÁRIO: Guilherme Weidlich
2º SECRETÁRIO: Milton Sérgio Fauth
TESOUREIRO: Silvio Willrich
2º TESOUREIRO: Elmar Horn
DIRETOR DE FUTEBOL: Theobaldo Pereira
DIRETOR DEP. VETERANOS: Valdomiro Preto
DIRETOR DEP. JUVENIS: Ebanor Reginatto
DIRETOR PROPAGANDA: Antonio Rucker
Renato Paz
Roque Schwertner
DIRETOR SOCIAL: José Carlos Britto
DIRETOR PATRIMÔNIO: Guinther W.Müller
DIRETOR COPA: Frederico Griebeller
Werner Halmenschlager
MÉDICOS: Dr. Luiz Alberto Keunecke
Dr. Hellius Keunecke
DEPARTAMENTO JURÍDICO: Dr. Adonis Fauht
Dr. Jorge Raul Ruschel
DEP. EM PORTO ALEGRE: Oscar Chaves Garcia
Antônio Carlos Pôrto

Logo após o Sr. Presidente estabeleceu a data de 09 de maio para a posse da nova Diretoria.
Posteriormente foram tratados diversos assuntos de interesse do Clube.
Nada mais havendo a tratar o Sr. Presidente agradeceu o comparecimento de todos, e encerrou a reunião de Assembleia, mandando lavrar a presente Ata, que após lida vai por mim assinada.

Érico Sauer
Secretário – ADE HOC









L.R. SCHWERTNER & CIA LTDA. - RUA 13 DE MAIO, 310 - CENTRO
CX. POSTAL 50 - 95880-000 - ESTRELA (RS)
FONE: 51 3712-2066 FAX: 51 3720-4137
opaladino@opaladino.com.br